GP Gerais: Prova consagra seus primeiros campeões no mais novo autódromo do país

A mais nova competição do esporte motor brasileiro consagrou seus primeiros vencedores num domingo quente dentro e fora da pista e com a certeza de que é apenas a primeira de muitas páginas a serem escritas no Circuito dos Cristais, o mais novo autódromo internacional do Brasil, na mineira Curvelo. Motos e carros voltaram a dar show num fim de semana em que, além das disputas no asfalto, havia o Brasileiro de Trial, a largada do Enduro da Independência, reunião das máquinas do Alfa Romeo Clube e atrações musicais. Como bem definiu Rogério Moreira, diretor da equipe paulista RF Racing de motovelocidade, “quem não acompanhou de perto perdeu um espetáculo da velocidade”. O bom da história é que em outubro tem mais.

As expressões de cansaço dos pilotos ao fim de cada corrida foram a melhor prova da seletividade do traçado de 4.420m, elogiado de forma unânime. E o público viu ótimos pegas, começando pela prova do Marcas e Pilotos, em que, nas primeira voltas chegou a haver três carros emparelhados descendo o retão dos boxes na disputa por posições. No fim, nem mesmo o fato de largar em sexto por conta das três primeiras filas invertidas no grid impediu o piloto da casa Gustavo Mascarenhas de vencer pela segunda vez. Nessa, depois de uma bela disputa com o brasiliense Fernando Dalabona. Na soma das duas baterias, Gustavo foi o grande vencedor, seguido por Leandro Freitas e Dalabona.
 
Na Light, nem mesmo os problemas mecânicos em seu Fiat Palio tiraram a vitória de Felipe Rabello, superando Célio Teixeira e Yuri Thomé. João Lemos foi o melhor na Novatos, à frente de Gustavo Veronez e Milton Santos/Leonardo Vinícius.
 
Intervalo na hora do almoço e foi a vez das duas rodas. Começando pela categoria Light, disputada em prova única e dominada pelo goiano Rodrigo Martins, à frente do mineiro Túlio Santos e do também goiano Vigmar Cardoso. A Supersport 600cc ((também em corrida única). O mineiro Toninho Franzen surpreendeu o experiente paulista Sérgio Laurentys, tomando a ponta na largada e com direito a empinada na bandeirada. Por fim, as feras da Superbike Pro/Master/Stock, com a perspectiva do pega entre o capixaba Fernando Guerra e o paulista Juninho Trudes, que não ocorreu na véspera devido aos problemas mecânicos com o segundo.
 
E as primeiras voltas respeitaram as expectativas, com a perseguição implacável de Juninho ao líder. Até que o superaquecimento da máquina do paulista o obrigou a diminuir o ritmo para garantir o segundo posto. Na Stock, festa do mineiro Rodrigo Dazzi, com o também mineiro Jirios Abboud vencendo a Master. Na soma das provas, Fernando Guerra, João Reis e Trudes fizeram o pódio da Pro. Dazzi, Bruno Teixeira e Fabrício de Castro foram os melhores na Stock, enquanto Jirios, Marcelo Strunk e Michel Abboud fizeram a festa na Master. Deu gosto de quero mais, e a segunda etapa acontece nos dias 8 e 9 de outubro.

O GP Gerais tem o patrocínio de Orange BH KTM, O2BH Kawasaki, Fiat, Casa do Celular  – VIVO, Cervejaria Backer, Água Mineral Ingá, Refrigerante Mate Couro, Carnes Plena, X11 e Zoom Motocenter. Tem o apoio da Prefeitura Municipal de Curvelo, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar de Minas Gerais, Polícia Civil de Minas Gerais, CDL BH, CDL Curvelo, World Trade Center Minas Gerais, TecRacing – Circuito dos Cristais, BH Convetion & Visitors Bureau, Motostreet, Caju Vídeos, Federação de Moto Clubes de Minas Gerais, Hotel Sagarana, Resort Chalé da Prata, Hotel Bandeirante, Associação Curvelana dos Catadores de Recicláveis. A supervisão é da CBM, CBA, FMEMG, FMA, Trail Clube de Minas Gerais e Moto Trial Brasil.

A Realização é do BEMC. O evento tem a TV Record Minas e a Rádio Centro Minas FM como emissoras oficiais e conta com o apoio de mídia: moto.com.br, motonline.com.br, Revistas Pro Moto e Moto Adventure. Informações (38) 3721-1138, whatsapp GP Gerais (38) 99877-2016 ou através do email: contato@gpgerais.com.br.

GP Gerais

Primeira etapa (classificação final)

Motovelocidade

Superbike Pro

1) Fernando Guerra

2) João Reis

3) Juninho Trudes

Superbike Stock

1) Rodrigo Dazzi

2) Bruno Teixeira

3) Fabrício de Castro

Superbike Master

1) Jirios Abboud

2) Marcelo Strunk

3) Michel Abboud

600cc Supersport

1) Antônio Franzen (Pro)

2) Sérgio Laurentys (Master)

3) Alysson Resende (Master)

Light

1) Rodrigo Martins

2) Túlio Santos

3) Vigmar Cardoso

 

Marcas e Pilotos

Super

1) Gustavo Mascarenhas

2) Leandro Freitas

3) Fernando Dalabona

Light

1) Felipe Rabello

2) Célio Teixeira

3) Yuri Thomé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *