GP Gerais: Prova inaugura Circuito dos Cristais com ótimos pegas e emoção dentro e fora da pista

Depois de um sábado de muita emoção, um domingo que promete ainda mais velocidade e pegas no mais novo autódromo do país. Devida e oficialmente inaugurado com os treinos e corridas da primeira etapa do GP Gerais – mineiro de Motovelocidade e Marcas e Pilotos, o Circuito dos Cristais, em Curvelo, impressionou a quem esteve dentro e fora da pista e colocou o centro geográfico do estado no mapa do automobilismo e do motociclismo. E ainda tem mais, com a segunda corrida da categoria Superbikes (Pro/Master/Stock) e do Marcas e a primeira da 600 Supersport (Pro/Stock/Master) e da Light. Uma programação que começa às 8h45 e vai até o meio da tarde.

O fato de entrar para a história como os primeiros vencedores da pista era um atrativo a mais, tanto nas duas quanto nas quatro rodas. E nas motos foi o que moveu o capixaba Fernando Guerra. Dono de uma trajetória de muita luta desde que estreou na extinta Copa Hornet, há uma década e com passagens em provas até no Uruguai, o piloto de Vila Velha chegou a Curvelo disposto a não ver ninguém pela frente e, depois de registrar a pole pela manhã (2min02s357), repetiu a dose na corrida, mantendo a ponta assim que os sinais vermelhos se apagaram. Ele fez a festa ao receber a bandeirada, sem economizar elogios para o traçado. “É uma pista animal, alucinante. Comecei o dia pensando que queria ser o primeiro a vencer aqui e deu certo. É um incentivo e tanto para minha carreira”, comentou o piloto da equipe Racer, que hoje tem a chance de repetir a dose. Um dos principais rivais de Guerra nos treinos, o paulista Juninho Trudes foi surpreendido por um problema em sua moto na volta de apresentação, caiu e, na base da garra, conseguiu largar e completar algumas voltas.

Entre os carros, o grid com 24 máquinas e feras como o brasiliense Lucas Foresti (piloto da Stock Car) e o mineiro Edson Coelho Júnior (que disputa o Brasileiro de Turismo) fazia prever pegas de qualidade mas, ao fim das 11 voltas, a história acabou se repetindo, com emoção ainda maior. Curvelano de nascimento e acostumado às disputas do Campeonato Paulista, em Interlagos, Gustavo Mascarenhas não imaginava que um dia teria a chance de correr literalmente em casa. E não desperdiçou a oportunidade, com pole e vitória comemorada já no início da subida da reta dos boxes, no comando do Uno 87 da equipe Fast Racing/Curvel.Com direito a lágrimas de toda a família, a começar pelo pai, Cássio Perácio, que também alinhou, com um Palio. “Estou muito feliz, vencer aqui é maravilhoso. O fato de ter tantos adversários fortes só aumenta o valor da vitória. Tenho que agradecer à torcida e a quem acreditou no sonho de um autódromo em Curvelo”.

Por boa parte da corrida, Gustavo sofreu a pressão do também mineiro Leandro Freitas que, com problemas em seu VW Gol, perdeu rendimento, mas manteve a segunda posição. Mauro Neuenschwander completou o pódio – Felipe Rabello foi o melhor entre os inscritos na Light e João Lemos venceu na Novatos. Não faltaram alguns toques e espalhadas típicas das provas de turismo e que mostraram como ninguém aliviou na disputa.

Um início promissor para a mais nova competição do esporte motor brasileiro, que neste domingo escreve as páginas restantes de seu primeiro capítulo. A julgar pelo que se viu hoje, vem muita coisa boa por aí.

O GP Gerais tem o patrocínio de Orange BH KTM, O2BH Kawasaki, Fiat, Casa do Celular  – VIVO, Cervejaria Backer, Água Mineral Ingá, Refrigerante Mate Couro, Carnes Plena, X11 e Zoom Motocenter. Tem o apoio da Prefeitura Municipal de Curvelo, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar de Minas Gerais, Polícia Civil de Minas Gerais, CDL BH, CDL Curvelo, World Trade Center Minas Gerais, TecRacing – Circuito dos Cristais, BH Convetion & Visitors Bureau, Motostreet, Caju Vídeos, Federação de Moto Clubes de Minas Gerais, Hotel Sagarana, Resort Chalé da Prata, Hotel Bandeirante, Associação Curvelana dos Catadores de Recicláveis. A supervisão é da CBM, CBA, FMEMG, FMA, Trail Clube de Minas Gerais e Moto Trial Brasil.

A Realização é do BEMC. O evento tem a TV Record Minas e a Rádio Centro Minas FM como emissoras oficiais e conta com o apoio de mídia: moto.com.br, motonline.com.br, Revistas Pro Moto e Moto Adventure. Informações (38) 3721-1138, whatsapp GP Gerais (38) 99877-2016 ou através do email: contato@gpgerais.com.br.

 

GP Gerais (primeira etapa)

Circuito dos Cristais (Curvelo)

Superbikes (primeira bateria)

1) Fernando Guerra (Pro/Kawasaki)    9 voltas em 21min00s406

2) Bruno Teixeira (Stock/Yamaha)          a 7seg819

3) Rodrigo Dazzi (Stock/BMW)    a 10s304

4) Fabrício de Castro (Stock/Kawasaki)   a 16s696

5) Jirios Abboud (Master/Kawasaki)    a 41s269

 

Marcas e Pilotos (primeira bateria)

1) Gustavo Mascarenhas (Super/Fiat Uno)    11 voltas em 28min56s476

2) Leandro Freitas (Super/VW Gol)    a 13s895

3) Mauro Neuenschwander (Super/GM Celta)   a 24s760

4) Felipe Rabello (Light/Fiat Palio)    a 27s282

5) João Lemos (Novatos/GM Corsa)    a 28s431

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *