GP2 Asiática: Bruno Senna mantém vice-liderança

Mesmo não pontuando na prova, Bruno Senna (iSport) manteve a vice-liderança da Fórmula GP2 Ásia. A segunda corrida da rodada dupla inaugural da série neste fim de semana no Autódromo de Dubai (Emirados Árabes Unidos) foi vencida novamente pelo francês Romain Grosjean (ART GP), que aumentou a vantagem na ponta da tabela. O campeonato voltará a ser movimentado dias 15 e 16 de fevereiro em Sentul, na Indonésia.

O drama de Bruno Senna começou na volta de apresentação. Segundo colocado na véspera e sétimo no grid deste sábado – a categoria inverte as posições de partida dos oito primeiros -, o brasileiro viu a temperatura do motor subir acima do normal quando se dirigia para a largada. “Vários motores apresentaram problemas no sistema de arrefecimento aqui em Dubai. Fizemos uma limpeza completa e achamos que estava tudo resolvido. Mas o fato é que não consegui aquecer os pneus adequadamente, saí mal e perdi várias posições”, explicou.

Quando percebeu que o rendimento do motor não estava sendo afetado, Bruno partiu para a recuperação e subiu para o 8º lugar, aproximando-se da zona de pontos dos seis primeiros. Não contava, no entanto, com mais um contratempo. “O carro começou a pular e fui obrigado a entrar nos boxes. Lá, a equipe viu que o pneu traseiro direito estava furado e perdi mais um tempo para a troca. Voltei para a pista, mas sem qualquer chance de fazer alguma coisa”, continuou Bruno, que cruzou a linha de chegada com uma volta de atraso na 19ª colocação.

Com seu maior rival fora da disputa, Grosjean aproveitou a oportunidade e, beneficiado ainda por abandonos e erros dos pilotos que partiram à sua frente, conquistou a segunda vitória na categoria. O atual campeão europeu de Fórmula 3 tem agora 10 pontos sobre Bruno Senna, que conservou a tranqüilidade. “É uma diferença considerável, mas o calendário ainda está no início. Teremos mais oito corridas e ainda dá tempo para descontar.”

O resultado da segunda etapa em Dubai:

1 – Romain Grosjean (França), ART GP, 28 voltas em 43min32s991
2 – Fairuz Fauzy (Malásia), Super Nova, + 3s778
3 – Karun Chandhok (Índia), iSport International, + 5s974
4 – Hiroki Yoshimoto (Japão), Qi-Meritus Mahara, + 12s147
5 – Alberto Valerio (Brasil), Durango, + 12s854
6 – Davide Valsecchi (Itália), Durango, + 18s367
7 – Andy Soucek (Espanha), DPR, + 19s360
8 – Jérôme D’Ambrosio (Bélgica), DAMS, + 25s052
9 – Vitaly Petrov (Rússia), Campos GP, + 25s687
10 – Ho-Pin Tung (China), Trident, + 26s339
19 – Bruno Senna (Brasil), iSport International, + 1 volta

Melhor volta: Romain Grosjean, 1min22s453

Classificação do campeonato:

1) Romain Grosjean, 19 pontos
2) Bruno Senna, 9
3) Andy Soucek, Hiroki Yoshimoto, Karun Chandhok e Fairuz Fauzy, 6
7) Adrian Valles, 5
8) Luca Filippi, 4
9) Alberto Valério, 2
10) Davide Valsecchi, 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *