GP2 Asiática: Bruno Senna não completa Grande Prêmio da Malásia da GP2

Russo surpreende e vence corrida tumultuada no circuito de Sepang.

Nem Bruno Senna, nem Romain Grosjean. Numa prova tumultuada pela chuva e pelas inúmeras escapadas da pista, os favoritos da abertura da rodada dupla do GP da Malásia de Fórmula GP2 não confirmaram a expectativa e viram o russo Vitaly Petrov conquistar uma surpreendente vitória neste sábado no circuito de Sepang. Apenas 10º no grid, Petrov soube superar melhor as armadilhas da prova – que chegou a ser interrompida – para ganhar a quinta etapa do campeonato.


Quarto colocado na largada, Bruno Senna chegou a liderar a primeira volta. Enquanto o pole Grosjean permaneceu parado ao apagar das luzes vermelhas, o brasileiro saiu bem e assumiu a ponta. Mas foi também a vítima número 1 da chuva que começou logo a seguir. Passou reto na curva 4 e ficou para trás, mas a quantidade de carros rodando foi tamanha que a prova foi interrompida pela bandeira vermelha. Na relargada, Bruno, que havia retornado na 9ª colocação, deixou o motor apagar e precisou ser empurrado pelos fiscais até o pit lane, onde os mecânicos da iSport conseguiram colocá-lo em movimento. Com as chances completamente comprometidas, voltou à corrida até abandonar definitivamente por causa de outra escapada no asfalto molhado.


“Acho que tudo o que poderia ter dado de errado deu hoje”, comentou Bruno, que caiu da segunda para a quarta posição no campeonato, ao mesmo tempo em que o líder Grosjean – embora terminasse apenas em 9º – ainda colhia o ponto extra pela volta mais rápida. “Foi uma corrida complicada, onde espero ter cometido todos os erros do ano”, resumiu Bruno, que partirá em 20º no complemento do programa neste domingo em Sepang. A corrida terá apenas 22 voltas e a pole do letão Harald Schleghelmich, que terminou em 8º e se beneficiará do sistema de grid invertido dos oito primeiros adotado pela categoria.


O resultado da prova foi este:


1 – Vitaly Petrov (Rússia), Barwa-Campos Team, 48 voltas
2 – Fairuz Fauzy (Malásia), SuperNova, a 6s5
3 – Jérome D’Ambrosio (França), DAMS, a 7s7
4 – Davide Valsecchi (Itália), Durango, a 11s0
5 – Kamui Kobayashi (Japão), DAMS, a 11s3
6 – Yelmer Buurman (Holanda), Arden, a 15s2
7 – Milos Pavlovic (Sérvia), BCN Competición, a 35s8
8 – Harald Schleghelmich (Letônia), Trident, a 41s2
9 – Romain Grosjean (França), ART GP, a 51s1
10 – Diego Nunes (Brasil), DPR, a uma volta


A nova classificação do campeonato: 1, Romain Grosjean, 29 pontos; 2, Fairuz Fauzi, 21; 3, Vitaly Petrov, 18; 4, Bruno Senna, 17; 5, Adrian Vallés, 15; 6, Sébastien Buemi, 12.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *