GP2: Pastor Maldonado vence em Hungaroring

O venezuelano Pastor Maldonado (Rapax) venceu no sábado (31/07), em Hungaroring, na Hungria, a prova de abertura da 7ª etapa da temporada. Foi a 5ª vitória de Maldonado no ano. O alemão Christian Vietoris (Racing Engineering) foi o 2º, com o mexicano Sergio Pérez (Barwa Addax Team) completando o pódio.

A largada foi atrasada por duas vezes, após problemas com a dupla da primeira fila. Primeiro com o italiano David Valsecchi (iSport) , que ficou parado na volta de apresentação, depois com o pole-position, o inglês Sam Bird (ART), que levantou os braços, acusando problemas em seu carro. Os dois mais o sul-africano Adrian Zaugg (Trident) largaram dos boxes.

Sem os carros da primeira fila, os primeiros colocados na largada passaram a ser o inglês o inglês Oliver Turvey (iSport) e Maldonado. Turvey largou mal, com Maldonado assumindo a ponta na primeira curva.

Logo na segunda curva a prova foi interrompida depois de um forte acidente. O francês Jules Bianchi (ART) saiu da pista, perdeu o controle do carro e voltou para a pista, acertando o espanhol Dani Clos (Racing Engineering), que continuou na prova. Na sequencia o chinês Ho-Pin-Tung (Dams) e o espanhol Rodolfo Gonzalez (Arden), se enroscaram, com o chinês acertando com força Bianchi.

Com a bandeira vermelha Tung foi retirado de seu carro e levado de helicóptero para um hospital. Bianchi foi levado ao centro médico do circuito.

Maldonado manteve a ponta na relargada, abrindo uma confortável vantagem nas voltas seguintes até o Saferty-Car ser acionado, depois de uma batida entre os dois brasileiros da prova, na 25ª volta.  Luiz Razia, parceiro de equipe do venezuelano, vinha atrás de Alberto Valério (Coloni), que abriu demais em uma curva, com Razia entrando por dentro, e acertando o carro do compatriota que abandonou.

Na segunda relargada Maldonado aproveitou que o búlgaro Vladimir Arabadzhiev (Coloni), com uma volta de atraso, estava entre ele e Vietoris, para abrir três segundos de vantagem na primeira volta em bandeira verde.     

Coma vitoria de Maldonado sacramentada Vietoris teve que controlar os avanços de Pérez e Turvey nas voltas finais, para garantir o segundo lugar.

O holandês Giedo van der Garde (Barwa Addax Team) terminou em 5º, seguido pelo belga Jerome d’Ambrosio (Dams). A dupla da DPR, o romeno Michael Herck, e o italiano Giacomo Ricci fecharam a zona de pontos, com Ricci garantindo a pole para a segunda prova.

Razia terminou em 10º.

Maldonado lidera o campeonato com 77 pontos. Pérez em 2º, soma 51.

Final:

1 – Pastor Maldonado – Rapax – 37 voltas em 1h18m45s734
2 – Christian Vietoris – Racing Engineering – 5″865
3 – Sergio Perez – Addax – 6″511
4 – Oliver Turvey – iSport – 7″109
5 – Giedo Van der Garde – Addax – 10″225
6 – Jerome D’Ambrosio – Dams – 12″044
7 – Michael Herck – DPR – 12″487
8 – Giacomo Ricci – DPR – 12″941
9 – Davide Valsecchi – iSport – 13″538
10 – Luiz Razia – Rapax – 14″381
11 – Charles Pic – Arden – 18″640
12 – Marcus Ericsson – Super Nova – 21″705
13 – Sam Bird – ART – 25″344
14 – Luca Filippi – Super Nova – 28″060
15 – Adrian Zaugg – Trident – 29″716
16 – Dani Clos – Racing Engineering – 30″498
17 – Max Chilton – Ocean – 32″154
18 – Vladimir Arabadzhiev – Coloni – 1 volta

Volta mais rápida: Pastor Maldonado 1’30″767

Abandonos:

Alberto Valerio – Coloni – 24 voltas
Fabio Leimer – Ocean – 14 voltas
Johnny Cecotto – Trident – 9 voltas
Rodolfo Gonzalez – Arden – 0 volta
Jules Bianchi – ART – 0 volta
Ho Pin Tung – Dams – 0 volta

Campeonato:

1.Maldonado 77; 2.Perez 51; 3.Clos 43; 4.Bianchi 39; 5.Van der Garde 31.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *