GP2 Series: Álvaro Parente vence na abertura da temporada

O português Álvaro Parente, da Super Nova, venceu neste sábado (25/04), a prova de abertura da temporada em Barcelona, na Espanha. O brasileiro Bruno Senna, da iSport, ficou em 2º, seguido pelo austríaco Andreas Zuber, da Piquet Sports, fechou o pódio.

Na largada Parente passou o pole-position, o venezuelano Pastor Maldonado, da Piquet Sports. Maldonado largou lentamente causando uma grande confusão na primeira curva. O norueguês Christian Bakkerud, da Super Nova, atingiu o italiano Luca Fillipi, da ART. Na volta seguinte o inglês Ben Hanley, da Campos, parou no mesmo lugar, com o espanhol Roldán Rodríguez, da FMSI, e o chinês Ho-Pin Tung, da Trident, ficando parados atrás do inglês. Como o inglês Mike Conway, da Trident, também ficou parado, o safety-car foi acionado.


Os pilotos aproveitaram para irem aos boxes, com Parente voltando em primeiro, com Senna ganhando a posição de Zuber.


Parente foi pressionado por Senna no restante da prova, não perdendo a liderança em nenhum momento. Ele venceu pela primeira com apenas 0s579 de vantagem sobre o brasileiro. Zuber foi o 3º.


O italiano Giorgio Pantano, da Racing Engineering, terminou em 4º, seguido pelo campeão da GP2 Asia, o francês Romain Grosjean, da ART. O russo Vitaly Petrov, da Campos, chegou na 6º posição, com o suíço Sebastein Buemi, da Arden, em 7º e o japonês Kamui Kobayashi, da Dams, fechando os seis primeiros e garantindo a pole-position para a segunda prova, no domingo. O grid é definido pela inversão dos oito primeiros colocados na primeira prova.


Os outros dois brasileiros na temporada, os estreantes Alberto Valério, da Durango e Diego Nunes, da DPR, terminaram, respectivamente, em 13º e 15º lugares.


Final:


1 – Alvaro Parente – Super Nova – 38 voltas em 1.01’09″902
2 – Bruno Senna – iSport – 0″579
3 – Andreas Zuber – Piquet – 1″511
4 – Giorgio Pantano – Racing Engineering – 3″768
5 – Romain Grosjean – ART – 8″155
6 – Vitaly Petrov – Campos – 19″729
7 – Sebastien Buemi – Arden – 27″326
8 – Kamui Kobayashi – Dams – 27″945
9 – Karun Chandhok – iSport – 30″394
10 – Davide Valsecchi – Durango – 34″573
11 – Luca Filippi – ART – 34″816
12 – Pastor Maldonado – Piquet – 38″600
13 – Alberto Valerio – Durango – 42″489
14 – Javier Villa – Racing Engineering – 43″200
15 – Diego Nunes – DPR – 1’09″867
16 – Giacomo Ricci – DPR – 1’10″152
17 – Paolo Nocera – BCN – 1’28″749
18 – Adrian Valles – FMSI – 1’28″778


Volta mais rápida: Adrian Valles 1’30″357


Abandono:


Christian Bakkerud – 20 voltas
Yelmer Buurman – 18 voltas
Ben Hanley – 15 voltas
Jerome D’Ambrosio – 15 voltas
Roldan Rodriguez – 4 voltas
Ho Pin Tung – 1 voltas
Mike Conway – 0 volta
Milos Pavlovic – 0 volta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *