GP2 Series: Artem Markelov e Nobuharu Matsushita vencem em Mônaco

O russo Artem Markelov (RUSSIAN TIME) e o japonês Nobuharu Matsushita (ART Grand Prix) foram os vencedores da segunda etapa da temporada, disputa no Circuito de Monte Carlo, em Mônaco.

Prova 1:

Markelov venceu na sexta-feira (27/05), a primeira prova da etapa. O francês Norman Nato (Racing Engineering) e o britânico Oliver Rowland (MP Motorsport) completaram o pódio.

Pole-position, o russo Sergey Sirotkin (ART Grand Prix) não largou bem, perdendo a liderança para Nato na primeira curva.  Nas primeiras voltas, Nato conseguiu abrir uma pequena vantagem sobre Sirotkin  Até um Safety-Car Virtual, depois de um enrosco entre o francês Pierre Gasly (PREMA Racing) e o sueco Jimmy Eriksson (Arden International) juntar os carros.

Tentando retomar a liderança Sirotkin foi para cima de Nato. Contudo na 24ª volta, o russo acabou errando na curva da Piscina, e acertou o muro. Abandonando om o carro danificado. O Safety-Car Virtula foi acionado.

Na relargada, Nato manteve a ponta, seguido pelo britânico Jordan King (Racing Engineering). King deu um toque na barreira de proteção, sendo obrigado a recolher o carro para os pits.

Na 31ª volta Nato entrou nos boxes, para a parada obrigatória. A Racing Engineering se enrolou na troca do pneu dianteiro direito, com Nato perdendo muito tempo.

Sem ter parado ainda nos pits, Markelov, que havia alinhado na 15ª posição, assumiu a ponta. Na 36ª volta, o italiano Luca Ghiotto (Trident) parou na pista, provocando mais um Safety-Car Virtual. Na relargada, na 38ª volta, Markelov entrou nos pits, para colocar os pneus super-macios. Retornando a pista logo a frente de Nato.

Com pneus novos, Markelov resistiu à pressão de Nato nas voltas finais. Para vencer pela primeira vez na categoria. Rowland foi o terceiro.

O britânico Alex Lynn (DAMS) terminou em quarto, seguido pelo neozelandês Mitch Evans (Jagonya Ayam Campos) e o italiano Raffaele Marciello (RUSSIAN TIME).

O alemão Marvin Kirchhofer (Carlin), Matsushita, o holandês Daniel de Jong (MP Motorsport) e o francês Arthur Pic (Rapax) completaram a zona de pontos.

Final, prova 1:

1. Artem Markelov RUS RUSSIAN TIME 42 voltas
2. Norman Nato FRA Racing Engineering +1.541s
3. Oliver Rowland GBR MP Motorsport +3.187s
4. Alex Lynn GBR DAMS +8.239s
5. Mitch Evans NZL Jagonya Ayam Campos +11.723s
6. Raffaele Marciello ITA RUSSIAN TIME +15.025s
7. Marvin Kirchhofer GER Carlin +21.153s
8. Nobuharu Matsushita JPN ART Grand Prix +21.582s
9. Daniel de Jong NED MP Motorsport +22.343s
10. Arthur Pic FRA Rapax +23.333s
11. Antonio Giovinazzi ITA PREMA Racing +25.037s**
12. Sergio Canamasas ESP Carlin +30.192s
13. Sean Gelael INA Jagonya Ayam Campos +31.295s
14. Gustav Malja SWE Rapax +39.900s*/**
15. Pierre Gasly FRA PREMA Racing +49.748s
16. Philo Paz Armand INA Trident +1 volta**

Abandonos:

Luca Ghiotto ITA Trident 37 voltas
Jimmy Eriksson SWE Arden International 34
Jordan King GBR Racing Engineering 29
Nabil Jeffri MAL Arden International 25
Sergey Sirotkin RUS ART Grand Prix 24
Nicholas Latifi CAN DAMS 23

* 5 segundos de punição por excesso de velocidade nos pits
** 5 5 segundos de puniçã por exceder os limites da pista

Prova 2:

Neste sábado (28/05), Matsushita venceu a segunda prova da etapa (a prova curta). Kirchhofer e Marciello completaram o pódio.

Matsushita powers to victory in Monaco

Pole-position (grid dos oito primeiros da primeira prova invertidos) Matsushita venceu de ponta a ponta. Foi a sua segunda vitória na categoria. Kirchhofer foi o segundo, distantes trezes segundos atrás do vencedor. Marciello fechou o pódio.

Evans terminou em quarto, seguido por Lynn e Nato. Rowland e Markelov fecharam os oito que pontuam na prova curta (Sprint Race).

Nato lidera o campeonato com 49 pontos, um a mais do que Markelov. Lynn é o terceiro com 39. Gasly, que começou a etapa como líder do campeonato, mas saiu zerado de Mônaco, caiu para quarto com 33.

A próxima etapa, no circuito de Baku, no Azerbaijão, acontece nos dias 18 e 19 de junho.

Final, prova 2:

1. Nobuharu Matsushita JPN ART Grand Prix 30 voltas
2. Marvin Kirchhofer GER Carlin +13.660s
3. Raffaele Marciello ITA RUSSIAN TIME +15.453s
4. Mitch Evans NZL Jagonya Ayam Campos +20.894s
5. Alex Lynn GBR DAMS +32.560s
6. Norman Nato    FRA Racing Engineering +33.038s
7. Oliver Rowland GBR MP Motorsport +33.594s
8. Artem Markelov RUS RUSSIAN TIME +33.874s
9. Arthur Pic FRA Rapax +36.777s
10. Daniel de Jong NED MP Motorsport +47.646s
11. Gustav Malja SWE Rapax +54.291s
12. Sergio Canamasas ESP Carlin +55.476s
13. Pierre Gasly FRA PREMA Racing +55.981s
14. Luca Ghiotto ITA Trident +56.501s
15. Jimmy Eriksson SWE Arden International +58.682s
16. Jordan King GBR Racing Engineering +1m 09.193s
17. Nabil Jeffri MAL Arden International +1m 17.922
18. Antonio Giovinazzi ITA PREMA Racing +1m 17.997s

Abandonos:

19. Nicholas Latifi CAN DAMS 12 voltas
20. Sergey Sirotkin RUS ART Grand Prix 10
21. Sean Gelael INA Jagonya Ayam Campos 7
22. Philo Paz Armand INA Trident 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *