GP2 Series Asiática: Romain Grosjean mantém liderança do campeonato

O francês Romain Grosjean, da ART, manteve a liderança do campeonato da GP2 Series Asiática após a rodada dupla disputada neste final de semana em Sentul, na Indonésia. Grosjean soma 27 pontos, dez a mais do que o vice-líder, o brasileiro Bruno Senna, da iSport.

No sábado (16/02), a vitória foi do francês Sébastien Buémi, da Arden, seguido pelo espanhol Adrían Vallés, da FMS e inglês Ben Hanley, da Campos.


A vitória de Buemi veio depois da desclassificação do italiano Luca Fillipi, da Meritus. Fillipi venceu a prova, mas uma trapalhada de sua equipe, durante a troca de pneus, levou a punição do italiano. Ao parar nos boxes, ainda na segunda volta, foram colocados em seu carro os pneus de seu companheiro de equipe, o japonês Hiroki Yoshimoto, o que gerou a punição pouco tempo depois do final da prova.


Bruno Senna liderava a prova até levar um drive-trough, e terminar em 8º, e ganhando uma posição com a desclassificação de Filippi. O pole-position, o russo Vitaly Petrov, parceiro de Senna na iSport, foi o 6º. O líder da temporada, Grosjean, terminou na 4º posição.


Os brasileiros; Alberto Valério, da Durango, e Diego Nunes, da DPR, abandonaram a prova.



O malaio Fairuz Fauzy, da Arden, com a 8º posição, garantiu a pole para a prova deste domingo (17/02).


Fauzy venceu a segunda prova, seguido por Senna e Petrov.


Antes do início da prova, devido ao temporal que se aproximava, a direção de prova decidiu que a largada seria com o safety-car a frente do grid. Logo na segunda volta o brasileiro Alberto Valério e o letão Harald Schleghelmilch, da Trident, ambos com pneus slick, rodaram e abandonaram a prova.


Na 7º volta o safety-car entrou nos boxes, voltando a pista cinco voltas depois, com a rodada de Fillipi, que ficou parado no meio da pista.


Com a pista limpa Fauzy liderava com tranqüilidade, seguido por Senna. Na luta pelo terceiro lugar Petrov passou o sérvio Milos Pavlovic, da BCN, com Grosjean indo no embalo para também superar o sérvio. Um pouco mais atrás Hanley acabou acertando por trás Pavlovic, que abandonou trazendo o safety-car pela terceira vez a pista.


A pista foi liberada faltando apenas seis minutos para o término da corrida. Na penúltima volta, devido ao carro do italiano Marcello Puglisi, da Piquet, estar parado no meio da pista, Fauzy e Senna tiveram que diminuir a velocidade para não acertarem o carro do italiano. Petrov aproveitou e passou Senna, mas como estava em bandeira amarela o russo devolveu a posição para não ser punido. Senna tentou pressionar Fauzy, que conteve os ataques do brasileiro vencendo com 1s480 de vantagem.


Grosjean foi o 4º, com o vencedor da etapa anterior, Buémi, na 7º posição.


Nunes terminou em 10º lugar.


Grosjean lidera o campeonato com 27 pontos, dez a mais do que Senna, o vice-líder. Vallés é o 3º, com 15.


A próxima rodada dupla acontece nos dias 22 e 23 de março, em Sepang, na Malásia.


Final, prova 1:


1.  Sébastien Buemi  Arden  46 voltas
2.  Adrian Valles  FMSI a 09.388 
3.  Ben Hanley  Campos a 11.321 
4.  Romain Grosjean  ART a 16.483 
5.  Vitaly Petrov  Campos a 20.966 
6.  Milos Pavlovic  BCN a 41.345 
7.  Bruno Senna  iSport a 43.439 
8.  Fairuz Fauzy  Super Nova a 48.867 
9.  Michael Herck  FMSI a 71.721 


Abandonos:
       
Alberto Valerio  Durango  36 voltas
Hiroki Yoshimoto  Qi- Meritus  33 
Davide Valsecchi  Durango  30
Ho-Pin Tung  Trident  29  
Jérôme d’Ambrosio  DAMS  26  
Marco Bonanomi  Piquet  25 
Arman Ebrahim  DPR  20
Diego Nunes  DPR  18
Karun Chandhok  iSport  15
Adam Khan  Arden  1
Jason Tahinci  BCN  1 
Christian Bakkerud  Super Nova  0
Harald Schlegelmilch  Trident  0


Não largaram:
       
Kamui Kobayashi  DAMS   
Marcello Puglisi  Piquet   


Excluídos:
       
Luca Filippi  Qi- Meritus   
Stephen Jelley  ART   
     
Volta mais rápida: Bruno Senna 1’15″686



Final, 2º prova:


1.  Fairuz Fauzy  Super Nova  25 voltas 
2.  Bruno Senna  iSport a 1.480 
3.  Vitaly Petrov  Campos a 1.700 
4.  Romain Grosjean  ART a 2.243 
5.  Adrian Valles  FMSI a 5.079 
6.  Ho-Pin Tung  Trident a 7.208 
7.  Sebastien Buemi  Arden a 7.538 
8.  Marco Bonanomi  Piquet a 10.199 
9.  Arman Ebrahim  DPR a 14.556 
10.  Diego Nunes  DPR a 16.549 
11.  Adam Khan  Arden a 18.197 
12.  Michael Herck  FMSI a 19.389 
13.  Karun Chandhok  iSport a 19.632 
14.  Christian Bakkerud  Super Nova a 30.798 
15.  Kamui Kobayashi  DAMS a 30.813 
16.  Ben Hanley  Campos a 31.378 
17.  Jason Tahinci  BCN a 33.431 
18.  Marcello Puglisi  Piquet a 2 voltas 
19.  Davide Valsecchi  Durango a 2 
20.  Hiroki Yoshimoto  Qi- Meritus a 3  
21.  Luca Filippi  Qi- Meritus a 3  


Abandonos:


Milos Pavlovic  BCN  16 voltas
Stephen Jelley  ART  16 
Jerome d’Ambrosio  DAMS  9  
Harald Schlegelmilch  Trident 4  
Alberto Valerio  Durango  3 
     
Volta mais rápida: : Fairuz Fauzy – 1:23.203

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *