GP2 Series: Em casa, Timo Glock vence e amplia liderança

Timo Glock tornou-se neste sábado o primeiro piloto a ganhar duas corridas na Fórmula GP2 em 2007. O alemão da iSport venceu a 10ª etapa, disputada no circuito de Nürburgring (Alemanha), e ampliou a liderança sobre Lucas di Grassi (ART GP), segundo colocado na corrida no campeonato.

O japonês Kazuki Nakajima (DAMS) completou o pódio. A segunda prova da rodada dupla do GP da Europa está marcada para amanhã, com largada às 5 horas (Brasília) e exibição ao vivo pelo SporTv.

Correndo com apoio do público, Glock não aproveitou a pole e foi superado na largada por Lucas di Grassi, que fechou a primeira fila do grid. O brasileiro liderou até à nona volta, quando parou para a obrigatória troca de dois pneus. Di Grassi retornou em 12º e perdeu tempo no tráfego, enquanto Glock tirou proveito da pista limpa para aumentar o ritmo e, depois de seu pit stop, retornar à sua frente. Depois que todos trocaram os pneus, Glock assumiu a ponta e administrou uma escassa vantagem até à bandeirada final. Os três primeiros colocados finalizaram separados por 2,7 segundos.


Os outros brasileiros chegaram em posições intermediárias. Xandinho Negrão (Medley) chegou em 12º e Bruno Senna ficou em 15º. Xandinho fez uma boa corrida, levando-se em conta os problemas que enfrentou desde a partida. Saiu em 17º e caiu para o fundo do pelotão ao evitar um choque com o carro de Luca Filippi, envolvido em toque com Sébastien Buemi. “Tive de sair para a grama e perdi tudo que havia ganhado na largada. Vim recuperando, mas novamente me atrasei no pit stop porque um mecânico demorou na troca do pneu. Recomecei tudo outra vez e passei um monte de gente. Se não fossem esses contratempos, principalmente na largada, teria chegado bem à frente, talvez até mesmo na zona de pontos, e teria uma perspectiva bem melhor na prova de amanhã”, comentou Xandinho.


O resultado final da 10ª etapa:


1 – Timo Glock (Alemanha), iSport, 35 voltas em 1h01min32s032
2 – Lucas di Grassi (Brasil), ART GP, a 2s274 3 – Kazuki Nakajima (Japão), DAMS, a 2s723
4 – Giorgio Pantano (Itália), Campos GP, a 18s937
5 – Kohei Hirate (Japão), Trident Racing, a 19s706
6 – Pastor Maldonado (Venezuela), Trident Racing, a 33s680
7 – Adrian Zaugg (África do Sul), Arden, a 35s779
8 – Javier Villa (Espanha), Racing Engineering, a 36s960
9 – Nicolas Lapierre (França), DAMS, a 37s478
10 – Roldán Rodríguez (Espanha), Minardi Piquet Sports, a 56s548
11 – Vitaly Petrov (Rússia), Campos GP, a 1min00s889
12 – Xandinho Negrão (Brasil), Minardi Piquet Sports, a 1min01s420


A nova classificação: 1, Timo Glock, 51 pontos; 2, Lucas di Grassi, 45; 3, Luca Filippi, 35; 4, Giorgio Pantano, 28; 5, Bruno Senna, 24; 6, Pastor Maldonado, 22; 7, Kazuki Nakajima, 21; 8, Andreas Zuber, 20; 9, Javier Villa, 15; 10, Mike Conway, 13; 21, Xandinho Negrão, 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *