GP2 Series: Em dobradinha brasileira, Lucas avança no campeonato

Com segundo lugar neste sábado (20), Di Grassi chegou a 24 pontos e subiu ao terceiro lugar na classificação geral.

A GP2 assistiu neste sábado (20) à primeira dobradinha de pilotos brasileiros desde a sua criação, em 2005. Alberto Valério, da Piquet GP, conquistou sua primeira vitória na categoria e teve ao seu lado no pódio o compatriota Lucas Di Grassi (Eurobike/Schioppa) na corrida de abertura da quarta rodada dupla da temporada, em Silverstone, na Inglaterra.

A corrida movimentada e o desempenho abaixo do esperado dos carros da Addax, equipe dos líderes do campeonato Romain Grosjean e Vitaly Petrov, permitiu a Di Grassi diminuir a vantagem dos adversários na classificação geral. Mais: com o segundo lugar na prova, o brasileiro subiu do quinto para o terceiro lugar na tabela, com 24 pontos. Grosjean, que largou na pole, terminou apenas em quinto e recuperou a liderança, agora com 37 pontos. Petrov, 15º na corrida, permanece com 33. “No final de tudo foi bom, porque consegui me aproximar dos líderes diminuindo a vantagem deles, e este era o objetivo. Agora temos que continuar nesta ascendente”, apontou Lucas.

O brasileiro da Racing Engineering fez uma largada eficiente, pulando da quinta para a terceira posição, colocando pressão em Alberto Valério, que largou em segundo. “Quase fui para segundo na largada, mas o carro não estava tão bom no início da corrida”, afirmou. No decorrer das primeiras voltas, Valério pressionou e ultrapassou Romain Grosjean relegando-o ao segundo lugar, posição que alguns giros depois também foi conquistada por Lucas.

Após a rodada de pit stops, Di Grassi trocou os quatro pneus do carro (enquanto a maioria optou por trocar apenas dois) e voltou em terceiro, atrás de Nico Hulkenberg, da ART. “Paramos tarde demais nos boxes e aí tive que lutar para reconquistar a posição”, lembrou. O brasileiro, que voltou à pista com uma desvantagem de 4,9 segundos para o alemão, foi minando a diferença até conseguir a ultrapassagem, a três voltas do final. Na bandeirada, Lucas cruzou a linha de chegada a apenas 1,2 segundo de Valério. “Foi bem perto. Talvez com uma estratégia diferente para as paradas de box, poderíamos ter lutado pela vitória, mas o carro da Piquet GP vem se mostrando o melhor neste final de semana em Silverstone”, analisou.

Como os oito primeiros colocados largam em posições invertidas na corrida deste domingo (21), Lucas parte do sétimo posto na prova mais curta. “Vamos tentar fazer novamente uma boa corrida, ganhar o máximo de posições possível e tentar chegar de novo no pódio. Para o campeonato, seria ótimo”, disse.

A corrida deste domingo tem largada programada para as 5h30 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pelo canal por assinatura SporTV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *