GP2 Series: Fórmula 1 reforça equipe de Bruno Senna no final

A Red Bull cederá técnicos para a equipe de Bruno Senna na reta final da Fórmula GP2. Essa é a conseqüência mais importante das conversas entre o piloto brasileiro e o inglês Christian Horner, sócio do time de Fórmula 1 e proprietário da Arden International na divisão de acesso. O objetivo é recobrar a competitividade do início da temporada, quando Bruno Senna surpreendeu ao conquistar a vitória no GP da Espanha logo na terceira etapa do calendário.

O GP da Turquia, neste fim de semana, encerra as “férias” da Fórmula GP2 e da Fórmula 1 depois do GP da Hungria. O reforço de pessoal, no entanto, ainda não estará disponível para Bruno Senna no circuito de Istambul. “Fizemos um balanço de toda a temporada e abordamos as causas da queda de produção a partir do GP da Inglaterra. Chegamos à conclusão de que algumas áreas, como a telemetria, necessitavam de atenção especial, o que deverá ocorrer a partir do GP da Itália”, explicou Bruno Senna, 9º colocado com 24 pontos depois de ter ocupado a vice-liderança no início do campeonato.

Bruno Senna acredita que a meta de terminar seu ano de estréia entre os seis primeiros continua em curso. “Estou a apenas 11 pontos do terceiro colocado. Acredito essa fase de resultados abaixo do esperado poderá acabar na Turquia. Nunca andei em Istambul, mas meu engenheiro Mick Cook lembrou que o desenho está mais para Magny-Cours, onde fomos bem, do que Mônaco ou Hungaroring, circuitos onde nosso carro não se acertou. Esse desconhecimento tem peso relativo. O carro mudou do ano passado para cá e a pista é uma daquelas onde os pilotos menos correram.”

Depois dos GPs da Turquia e da Itália restarão apenas as rodadas duplas da Bélgica e Valência (Espanha). Esta última é a única descolada da programação da Fórmula 1. “Acho que o final da temporada poderá ser tão bom quanto o começo. É natural que o Christian Horner tenha dedicado mais tempo à Fórmula 1, mas é um cara que conhece a receita do sucesso. Com exceção dos líderes, os demais estão embolados. Só preciso voltar a pontuar para dar uma subida na classificação”, comentou o brasileiro.

Os boxes de Istambul Park serão abertos na sexta-feira para a sessão única de treinos livres pela manhã e a tomada classificatória da 14ª etapa, ambas com duração de apenas 30 minutos. Sábado, a largada das 34 voltas será autorizada às 10 horas (Brasília); domingo, a prova de fechamento começará às 5 horas. O SporTv transmite as provas ao vivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *