GP2 Series: GP2 abre última bateria de testes pré-temporada na Espanha

No circuito de Barcelona, Luiz Razia e o Team AirAsia têm terça-feira atarefada, com muito trabalho de acerto base e aerodinâmico, quatro dias após andar de F-1 na China

Principal porta de acesso à Fórmula 1, a GP2 deu início nesta terça-feira à sua última bateria de testes pre-temporada, no circuito de Barcelona. A três semanas do início do campeonato 2011, no circuito de Istambul, na Turquia, todos trabalharam intensamente, entre eles o brasileiro Luiz Razia e o Team AirAsia.

Apenas quatro dias após estrear em uma sessão oficial da F-1 com o carro do Team Lotus, no treino livre para o GP da China, Razia teve bastante trabalho: sua equipe decidiu trabalhar de forma diferente nos dois carros e o baiano trabalhou acertos opostos aos do companheiro Davide Valsecchi, fazendo testes de velocidade em linha reta, largadas, acerto base e completando 52 voltas, com o tempo de 1min30s364.

“De manhã a pista tinha pouca aderência, mas fizemos um bom trabalho _usamos apenas um jogo de pneus e guardamos os outros para depois, enquanto outras equipes usaram logo de cara. Davide e eu tivemos carros completamente diferentes e testamos coisas diferentes”, analisa o baiano de 22 anos, que já venceu duas corridas na categoria.

“Nesta tarde, fizemos muitos testes aerodinâmicos e colocamos pneus novos, conseguindo um desempenho muito competitivo. Para fechar o dia, treinamos um pouco de largadas, então podemos considerar que hoje foi muito produtivo. Amanhã vamos testar outro acerto e ver onde estamos”, completou Razia, endossado pelo engenheiro chefe da equipe, Humphrey Corbett.

“Luiz fez muito trabalho de base na parte aerodinâmica _precisava ser feito e sou muito grato a ele, pois conseguimos comparar estes dados com as informações que recebemos da Dallara. Amanhã teremos novos programas diferentes para fazer o acerto fino do que descobrimos hoje”, analisa o especialista técnico. Os testes prosseguem nesta quarta-feira.

Resultado do segundo treino livre:

1°. Davide Valsecchi (Team AirAsia), 1min29s718
2°. Luca Filippi (Super Niva), 1min29s743
3°. Jules Bianchi (Lotus ART), 1min29s912
4°. Michael Herck (Coloni), 1min30s262
5°. Romain Grosjean (Dams), 1min30s371
6°. Esteban Gutierrez (Lotus ART), 1min30s402
7°. Luiz Razia (Team AirAsia), 1min30s544
8°. Max Chilton (Carlin), 1min30s602
9°. Marcus Ericsson (iSport), 1min30s780
10°. Christian Vietoris (Racing Engineering), 1min30s807

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *