GP2 Series: Guerin surpreende e Calado é pole na Espanha

Estreante brasileiro acerta carro em Barcelona com dicas de Felipe Massa.

Melhor que o esperado. Foi assim que o brasileiro Victor Guerin resumiu o 21º no treino classificatório de sua corrida de estreia na Fórmula GP2 em Barcelona (Espanha). Com apenas meia hora de treinos livres para conhecer o carro, sofrendo uma pane eletrônica no acelerador que roubou 20 minutos de pista e ainda pagando o preço da escolha duvidosa da equipe em relação aos pneus, o paulista de 19 anos deixou cinco pilotos para trás no grid da 5ª etapa, cuja largada às 10h40 (Brasília) deste sábado terá o inglês James Calado na pole.
Guerin está correndo a temporada regular da Auto GP e disputou a rodada dupla da Fórmula 2 em Portimão. Apesar do reduzido tempo de adaptação ao Dallara-Renault da série que integra a programação da Fórmula 1, sentiu-se quase imediatamente à vontade com o carro. “Estou feliz com meu desempenho e a equipe também gostou bastante. Foi até mais fácil de me acostumar do que com o da Fórmula 2”, explicou. Guerin só não partirá ainda mais adiante porque ficou retido no tráfego na última tentativa de volta rápida, quando as parciais já indicavam um ganho de quatro décimos, e também porque foi o único a classificar com os compostos duros. “Eles são de cinco a sete décimos mais lentos que os macios. Gastei o jogo de pneus moles pela manhã porque a equipe entendeu que seria mais indicado à minha familiarização, mas não estou convencido da conveniência da decisão”, disse Guerin, que também em Mônaco, dentro de duas semanas, será companheiro do holandês Nigel Melker na Ocean Technology.
Depois da tomada classificatória, Guerin foi até os boxes da Ferrari conversar com o amigo Felipe Massa, com quem dividiu equipe nas 500 Milhas da Granja Viana de kart. “Ele me deu dicas legais em relação aos pneus, que são os mesmos da Fórmula 1. Como a temperatura está alta, acelerando o consumo da borracha, ele me avisou para pedir à equipe para deixar o carro sair de frente no começo e de traseira a partir da metade. Com isso, dará para economizar um pouco, principalmente os pneus de trás”, contou.
Guerin não esconde que a participação nessas quatro corridas – em Barcelona e Mônaco – têm como objetivo unicamente lhe proporcionar experiência numa categoria importante e permitir o acesso inicial ao mundo da Fórmula 1. “Nem faço projeção de resultado. Vou procurar me manter na pista e usar esta primeira prova como treino mesmo. A prova do domingo tende a ser mais competitiva”, avisou.
O grid da 5ª etapa da Fórmula GP2:
1 – James Calado – Lotus GP – 1min30s655
2 – Fabio Leimer – Racing Engineering – 1min30s865
3 – Stéphane Richelmi – Trident Racing – 1min30s902
4 – Max Chilton – Carlin – 1min30s962
5 – Giedo van der Garde – Caterham Racing – 1min31s006
6 – Fabio Onidi – Scuderia Coloni – 1min31s167
7 – Davide Valsecchi – DAMS – 1min31s212
8 – Stefano Coletti – Scuderia Coloni – 1min31s212
9 – Jolyon Palmer – iSport International – 1min31s269
10 – Nathanaël Berthon – Racing Engineering – 1min31s308
11 – Esteban Gutiérrez – Lotus GP – 1min31s320
12 – Nigel Melker – Ocean Racing Technology – 1min31s332
13 – Luiz Razia – Arden International – 1min31s377
14 – Marcus Ericsson – iSport International – 1min31s391
15 – Johnny Cecotto – Barwa Addax Team – 1min31s565
16 – Josef Kral – Barwa Addax Team – 1min31s599
17 – Fabrizio Crestani – Venezuela GP Lazarus – 1min31s677
18 – Tom Dillmann – Rapax – 1min31s682
19 – Simon Trummer – Arden International – 1min31s939
20 – Rodolfo Gonzalez – Caterham Racing – 1min31s966
21 – Victor Guerin – Ocean Racing Technology – 1min32s270
22 – Felipe Nasr – DAMS – 1min32s325
23 – Julian Leal – Trident Racing – 1min32s691
24 – Rio Haryanto – Carlin – 1min33s010
25 – Ricardo Teixeira – Rapax – 1min33s083
26 – Giancarlo Serenelli – Venezuela GP Lazarus – 1min33s329

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *