GP2 Series: Luca Filippi retorna vencendo em Monza. Davide Valsecchi assume liderança do campeonato

O italiano Luca Filippi (Coloni) venceu neste sábado (08/09), em Monza, na Itália, a prova de abertura da penúltima etapa da temporada. O venezuelano Johnny Cecotto Jr (Addax) e o sueco Marcus Ericsson (iSport) completaram o pódio.

Filippi, sem correr desde o ano passado, assumiu a vaga na Coloni no começo da semana, após o monegasco Stefano Coletti deixar a equipe (e se transferir para a Rapax). O italiano assumiu a ponta depois dos pit stops obrigatórios, ao fazer uma grande ultrapassagem sobre o britânico Max Chilton (Carlin), na chicane Ascari.

Pole-position, Chilton seria ultrapassado nas voltas finais por Cecotto Jr. e Ericsson nas voltas seguintes.  O suíço Fabio Leimer (Racing Engineering) terminou em 4º, seguido pelo italiano Davide Valsecchi (DAMS), que assumiu a liderança do campeonato.

O britânico Jolyon Palmer (iSport) foi o 7º,seguido por Coletti. O mexicano Esteban Gutierrez (Lotus) e o espanhol Julian Leal (Trident) fecharam os dez primeiros.

O brasileiro Luiz Razia (Arden), que começou a prova empatado em pontos com Valsecchi, abandonou na 8ª volta, depois de tocar com Leimer e rodar na chicane Roggia, em sua volta de retorno após o pit stop. Cinco voltas depois, outro brasileiro, Felipe Nasr (DAMS), também abandonou, depois de um toque com Leimer na mesma chicane.

Victor Geurin (Ocean) foi o único brasileiro que terminou a prova, em 23º.  Ele recebeu uma punição por excesso de velocidade nos boxes, durante o pit stop.

Valsecchi lidera o campeonato, com 212 pontos, oito a mais do que Razia.

Após a prova, Razia e Nasr foram punidos, com cinco posições no grid, pelos toques com Leimer. O suíço não recebeu punição alguma. Os brasileiros alinham na última fila para a prova de domingo.

A prova curta que fecha a programação em Monza acontece às 5h30 deste domingo (de Brasília), com transmissão do SporTV.

Final:

1 – Luca Filippi – Coloni – 30 voltas em 48m03.604s
2 – Johnny Cecotto Jr – Addax – + 4.028s
3 – Marcus Ericsson – iSport – + 5.377s
4 – Max Chilton – Carlin – + 7.631s
5 – Fabio Leimer – Racing Engineering – + 9.413s
6 – Davide Valsecchi – DAMS – + 16.057s
7 – Jolyon Palmer – iSport – + 17.600s
8 – Stefano Coletti – Rapax – + 18.532s
9 – Esteban Gutierrez – Lotus – + 19.293s
10 – Julian Leal – Trident – + 20.025s
11 – Nigel Melker – Ocean – + 20.464s
12 – James Calado – Lotus – + 26.027s
13 – Stephane Richelmi – Trident – + 27.890s
14 – Sergio Canamasas – Lazarus – + 31.193s
15 – Nathanael Berthon – Racing Engineering – + 31.910s
16 – Simon Trummer – Arden – + 35.375s
17 – Rene Binder – Lazarus – + 38.769s
18 – Jake Rosenzweig – Addax – + 40.226s
19 – Rio Haryanto – Carlin – + 42.638s
20 – Ricardo Teixeira – Rapax – + 43.152s
21 – Fabio Onidi – Coloni – + 44.769s
22 – Rodolfo Gonzalez – Caterham – + 56.350s
23 – Victor Guerin – Ocean – + 1m01.984s

Não completaram:

Felipe Nasr – DAMS – 13 voltas
Luiz Razia – Arden – 8 voltas

Giedo van der Garde – Caterham – 0 volta

Os 10 primeiros do campeonato: 1, Davide Valsecchi, 212 pontos; 2, Luiz Razia, 204; 3, James Calado, 160; 4, Esteban Gutierrez, 152; 5, Giedo Van der Garde, 141; 6, Max Chilton, 140; 7, Fabio Leimer, 115; 8, Marcus Ericsson, 104; 9, Johnny Cecotto, 98; 10, Felipe Nasr, 85.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *