GP2 Series: Lucas Di Grassi vence na Hungria. Bruno Senna é 3º

O brasileiro Lucas Di Grassi, da Campos, venceu neste domingo (02/08), a 13º prova da temporada, válida pela abertura da 7º rodada dupla do campeonato. O austríaco Andreas Zuber, da Piquet Sports, foi o 2º, com o brasileiro Bruno Senna, da iSports, completando o pódio.

Saindo da 3º posição no grid, Di Grassi assumiu a liderança na largada, seguido pelo parceiro de equipe, o russo Vitaly Petrov, Zuber, Senna, o pole-position, o francês Romain Grosjean, da ART e o líder da temporada, o italiano Giorgio Pantano, daRacing Engineering. Pantano tentou superar Grosjean, com os dois se tocando, e indo para fora da pista e retornando. O brasileiro Carlos Iaconelli, da BCN, abandonou depois de ficar parado na curva 9.


Na 2º volta Grosjean, perdendo muitas posições, foi para os boxes, voltando em último lugar. Zuber ultrapassou Patrov na 4º volta, assumindo a 2º posição. Pantano, que vinha nas últimas posições, foi para a sua parada na 6º volta. Os pilotos começaram a fazer a parada obrigatória nos boxes, com Di Grassi parando na 15º volta, e voltando a frente de Zuber, que havia parado na volta anterior.


O venezuelano Pastor Maldonado, da Piquet Sports, que era dúvida para a corrida, depois do acidente no treino livre de ontem, não parou indo para a primeira posição, seguido por Di Grassi e Zuber. O A austríaco pressionava o piloto de testes da Renault na F-1, não deixando a diferença passar de um segundo, nem mesmo quando escapou rapidamente da pista, na 23º volta. Na 25º volta Petrov, nos boxes, abandonou com problemas no carro.


Na 35º volta Maldonado finalmente fez a sua parada, com Lucas voltando à ponta da corrida, muito pressionado por Zuber. Di Grassi venceu com apenas 0s711de vantagem para Zuber. Senna foi 3º, seguido por seu parceiro de equipe, o indiano Karun Chandhok. Maldonado foi o 5º, o inglês Mike Conway, da Trident, 6º, com o suíço Sébastien Buemi, da Arden, na 7º posição. O 8º lugar rendeu ao espanhol Andy Soucek, da Super Nova, a pole-position para a 14º prova, que acontece no domingo (03/08).


O brasileiro Diego Nunes, da DPR, terminou em 12º. Já o quinto brasileiro na pista, Alberto Valério, da Durango, não largou.


Pantano foi o 14º e manteve os 63 pontos na liderança do campeonato. Senna é o vice-líder, com 54. Di Grassi, que disputou apenas sete, das 13 provas do ano, já é o 3º, com 38.


Final:


1 – Lucas Di Grassi – Campos – 1h04m35s028
2 – Andreas Zuber – Piquet – 0″711
3 – Bruno Senna – iSport – 3″611
4 – Karun Chandhok – iSport – 19″046
5 – Pastor Maldonado – Piquet – 21″883
6 – Mike Conway – Trident – 33″375
7 – Sebastien Buemi – Arden – 33″821
8 – Andy Soucek – Super Nova – 35″911
9 – Jerome D’Ambrosio – Dams – 37″211
10 – Sakon Yamamoto – ART – 48″359
11 – Kamui Kobayashi – Dams – 49″534
12 – Diego Nunes – DPR – 55″490
13 – Javier Villa – Racing Engineering – 57″463
14 – Giorgio Pantano – Racing Engineering – 1’01″492
15 – Luca Filippi – Arden – 1’11″941
16 – Alvaro Parente – Super Nova – 1’29″572
17 – Romain Grosjean – ART – 1 volta
18 – Marko Asmer – FMSI – 1 volta
19 – Roldan Rodriguez – FMSI – 1 volta


Volta mais rápida: Romain Grosjean 1’29″793


Abandonos:


Vitaly Petrov – 23 voltas
Michael Herck – 13 voltas
Davide Valsecchi – 7 voltas
Ho Pin Tung – 1 volta
Adrian Valles – 1 volta
Carlos Iaconelli – 0 volta


Não largou:


Alberto Valerio


Campeonato:


1.Pantano 63;
2.Senna 54;
3.Di Grassi 38;

4.Grosjean 36;
5.Zuber 32;
6.Chandhok 31;
7.Buemi 27;
8.Parente 26;
9.Maldonado 25;
10.Petrov 20;
11.Conway 18;
12.Kobayashi 10;
13.Tung 7;
14.Rodriguez 6;
15.Buurman, Filippi, Valles, Villa 5;
19.Soucek 4;
20.Valsecchi, D’Ambrosio 3;
22.Hanley, Carroll 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *