GP2 Series: Pole escapa de Lucas na última volta

Brasileiro liderava folha de tempos faltando apenas três minutos para o fim da sessão.

O desenvolvimento do carro da equipe Barwa Campos Grand Prix parece ter avançado um pouco mais já que nesta sexta-feira pela primeira vez o brasileiro Lucas Di Grassi (Eurobike) pôde brigar abertamente pela pole position válida pela 13ª etapa da Fórmula GP2, na Hungria. Lucas estava no primeiro lugar até a última volta dos líderes na pista, quando o francês Romain Grosjean (equipe ART Grand Prix) e o austríaco Andreas Zuber (Piquet Sports) passaram à sua frente. A diferença do pole para Di Grassi – que vem surpreendendo pela excelente atuação com o carro de uma equipe que figurava apenas no pelotão intermediário – foi de menos de um décimo de segundo. A corrida terá largada às 11h deste sábado, com transmissão ao vivo pelo canal por assinatura Sportv.


Lucas era o detentor da pole position quando o indiano Karum Chandhok (iSport) rodou na curva 12 faltando apenas três minutos para o final da sessão classificatória. O incidente levou a direção de prova a acionar bandeira amarela para aquela parte do traçado. Os fiscais de pista, no entanto, foram eficiente ao retirar o carro da pista rapidamente. Com isso, os demais pilotos voltaram à carga na tentativa de evoluir suas marcas. Neste curto período, Grosjean e Zuber melhoraram o tempo do brasileiro, que não pôde tentar uma reação. “Estou bem feliz com o trabalho da equipe hoje”, disse o brasileiro da Eurobike. “Se o carro estiver bom assim na corrida, acho que temos boas chances de conseguir outro pódio”, comentou Di Grassi que, apesar de não ter participado de seis das doze provas disputadas até aqui, já ocupa a quarta posição na tabela.


“Os tempos estão muitos próximos. Minha diferença para a pole foi de apenas 0s084. Acho que a chance de termos a melhor corrida do ano é enorme”, avaliou Di Grassi, referindo-se também ás características do traçado húngaro. Líder do campeonato, o italiano Giorgio Pantano (Racing Engineering) sai da sétima posição, com o brasileiro Bruno Senna (iSport) em oitavo. Outros pilotos do Brasil: Diego Nunes (DPR) é o 14º, Carlos Iaconelli (BCN) está em 23º e Alberto Valério (Durango) partirá em 25º por não ter registrado tempo na tomada. O venezuelano Pastor Maldonado (Piquet Sports) destruiu seu carro no treino da manhã e não pôde participar da disputa pela pole. A equipe ainda não informou se ele irá competir neste sábado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *