GP2 Series: Problema mecânico impede pontuação de Nelsinho Piquet na 1ª prova em Hockenheim

Brasileiro brigava pelo pódio, depois de uma corrida com ótimas ultrapassagens.

Um problema mecânico na última volta da 14ª etapa da Fórmula GP2 impediu o brasileiro Nelsinho Piquet (Oi / Unibanco) de somar pontos, neste sábado (dia 29), no circuito de Hockenheim (Ale). O piloto era o quarto colocado a poucos metros da linha de chegada, quando foi obrigado a abandonar, terminando em 13º no geral. A vitória ficou com o italiano Gianmaria Bruni, que completou as 40 voltas disputadas em 57min40s763.

Nelsinho largou em terceiro e logo assumiu a segunda posição. O brasileiro vinha imprimindo um ritmo forte, mas viu suas chances de brigar pela vitória irem embora, quando teve de cumprir um drive-thru nos boxes, por excesso de velocidade depois do seu pit stop.

Após a punição, Nelsinho voltou para a pista em sétimo lugar e com uma boa seqüência de voltas rápidas e excelentes ultrapassagens pulou para quarto. Primeiro, ele passou Ernesto Viso na volta de número 23. Três voltas depois, superou Adam Carroll e, na 33ª volta, ultrapassou Giorgio Pantano. No final da prova, Nelsinho alcançou Timo Glock e vinha para brigar pelo pódio. Os dois chegaram a se tocar, mas repentinamente o carro do brasileiro começou a perder velocidade. O piloto tentou levar o carro até a linha de chegada, mas não conseguiu e foi obrigado a abandonar.

“Ainda não sabemos exatamente o que havia de errado com o carro. No momento, estamos suspeitando de algum problema com o combustível ou na bomba, mas não temos certeza”, declarou Piquet.

“Com relação ao excesso de velocidade nos boxes, é algo que precisamos checar quando o carro voltar. O limitador estava ligado, depois desligou e ligou novamente. Então, embora seja sempre uma falha do piloto, algo estava errado”, disse.

Neste domingo (30), será realizada a 15ª etapa da temporada. A prova terá sua largada às 5 horas (de Brasília), com a disputa de 27 voltas. O SporTV exibe a corrida às 11 horas. Os oito primeiros largam em posição invertida, portanto, a pole é de Clivio Piccione. Nelsinho parte da 13ª posição.

“Claro que fiquei desapontado com o resultado de hoje, mas estou focado para a corrida de amanhã. Além desta prova, restam mais três rodadas duplas, então o campeonato ainda não terminou”, finalizou o piloto da Piquet Sports.

Os melhores na 14ª etapa da GP2:
1. Gianmaria Bruni (ITA) 40 voltas em 57min40s763
2. Lewis Hamilton (GB) a 1s238
3. Timo Glock (ALE) a 16s319
4. Ernesto Viso (VEN) a 33s814
5. Giorgio Pantano (ITA) a 36s834
6. Adam Carroll (GB) a 52s148
7. José Maria Lopez (ARG) a 52s990
8. Clivio Piccione (ITA) a 53s919
13. Nelsinho Piquet (BRA) a uma volta
16. Xandinho Negrão (BRA) a uma volta
Lucas di Grassi (BRA) não completou

Classificação atual do campeonato:
1. Lewis Hamilton (GB) 78 pontos
2. Nelsinho Piquet (BRA) 56
3. Alexandre Premat (FRA) 49
4. Timo Glock (ALE) 34
5. Gianmaria Bruni (ITA) 32
6. Ernesto Viso (VEN) 31
7. Michael Ammermuller (ALE) 25
Nicolas Lapierre (FRA) 25
9. Adam Carroll (GB) 24
10. José Maria Lopez (ARG) 23

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *