GP2 Series: Sergey Sirotkin e Alex Lynn vencem na Alemanha

O russo Sergey Sirotkin (ART) e o britânico Alex Lynn (DAMS) foram os vencedores da sétima etapa da temporada, disputada em Hockenheim, na Alemanha.

Prova 1:

No sábado (30/07), Sirotkin superou um pit stop extra, para vencer com tranquilos 13s146 de vantagem sobre o italiano Luca Ghiotto (Trident). O italiano Raffaele Marciello (Russian Time) completou o pódio.

Sirotkin teve que retornar aos boxes, por ter feito o seu primeiro pit stop durante o Safety-Car Virtual (infringindo as regras do campeonato).

Líder do campeonato, o francês Pierre Gasly (Prema) terminou em terceiro. Mas foi desclassificado da prova, por terminar a prova com o extintor do carro vazio.
 
O francês Arthur Pic (Rapax) foi o quarto, seguido pelo britânico Oliver Rowland (MP Motorsport) e o sueco Gustav Malja (Rapax) e Lynn.

O italiano Antonio Giovinazzi (Prema), que alinhou em último devido a uma punição, foi o oitavo, garantindo a pole para segunda prova (grid dos oito primeiros invertido).

O japones Nobuharu Matsushita (ART) e o alemão Marvin Kirchhofer (Carlin) fecharam a zona de pontos.

Final, prova 1:

1 – Sergey Sirotkin – ART – 35 voltas
2 – Luca Ghiotto – Trident – 13”146
3 – Raffaele Marciello – Russian Time – 17”783
4 – Arthur Pic – Rapax – 25”873
5 – Oliver Rowland – MP Motorsport – 27”742
6 – Gustav Malja – Rapax – 28”131
7 – Alex Lynn – DAMS – 32”732
8 – Antonio Giovinazzi – Prema – 36”051
9 – Nobuharu Matsushita – ART – 38”838
10 – Marvin Kirchhofer – Carlin – 43”798
11 – Nabil Jeffri – Arden – 46”523
12 – Jimmy Eriksson – Arden – 48”067
13 – Rene Binder – Carlin – 50”706
14 – Nicholas Latifi – DAMS – 52”389
15 – Jordan King – Racing Engineering – 53”034
16 – Philo Paz Armand – Trident – 1’15”773

Volta mais rápida: Sergey Sirotkin 1’25”209

Abandonos:
Norman Nato – Racing Engineering – 28 voltas
Mitch Evans – Campos – 14
Daniel De Jong – MP Motorsport – 8
Sean Gelael – Campos – 8
Artem Markelov – Russian Time – 6

Escluído
Pierre Gasly – Prema –

Prova 2:

Neste domingo (31/07), Lynn superou o pole-position Giovinazzi na largada. E venceu de ponta a ponta a prova curta. Sirotkin foi o segundo, com Pic fechando o pódio.

Ghiotto foi o terceiro, seguido por Rowland e Gasly. Marciello e Malja completaram a zona de pontos da prova curta.

Giovinazzi abandonou na metade da prova, depois de ir para a área de escape, em uma disputa com Rowland. O SCV foi acionado.

Sirotkin e Gasly somam 113 pontos cada. Com o russo levando vantagem no desempate. Marciello é o terceiro com 102.

A próxima etapa, em Spa-Francorchamps, na Bélgica, acontece nos dias 27 e 28 de agosto.

Final, prova 2:

1 – Alex Lynn – Dams – 27 voltas 43’20″504
2 – Sergey Sirotkin – ART – 2″922
3 – Arthur Pic – Rapax – 4″688
4 – Luca Ghiotto – Trident – 6″206
5 – Oliver Rowland – MP Motorsport – 8″187
6 – Pierre Gasly – Prema – 8″486
7 – Raffaele Marciello – Russian Time – 9″259
8 – Gustav Malja – Rapax – 10″292
9 – Artem Markelov – Russian Time – 14″404 *
10 – Mitch Evans – Campos – 15″162
11 – Jordan King – Racing Engineering – 16″727
12 – Nobuharu Matsushita – ART – 21″319
13 – Jimmy Eriksson – Arden – 25″154 **
14 – Marvin Kirchhofer – Carlin – 25″292
15 – René Binder – Carlin – 25″768
16 – Daniel De Jong – MP Motorsport – 34″778
17 – Nicholas Latifi – Dams – 41″617 ***
18 – Norman Nato – Racing Engineering – 1 volta

Volta mais rápida: Artem Markelov 1’25″236

Abandonos:
Sean Gelael – Campos – 24 voltas
Philo Paz Armand – Trident – 22
Antonio Giovinazzi – Prema –  13****
Nabil Jeffri – Arden – 6

* 5 segundos de punição por excesso de velocidade nos pits
** 5 segundos de punição por mau comportamento
*** 10 segundos de punição por mau comportamento
**** 5 segundos de punição por mau comportamento

Campeonato:
1.Sirotkin, Gasly 113; 3.Marciello 102; 4.Giovinazzi 100; 5.Rowland 99; 6.Nato 81; 7.King 80; 8.Evans 77; 9.Lynn 72; 10.Markelov 65.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *