GP2 Series: Stoffel Vandoorne vence em Abu Dhabi

O belga Stoffel Vandoorne (ART) venceu neste sábado (22/11) no circuito de Yas Marina, em Abu Dhabi, a primeira prova da última etapa da temporada. O campeão da temporada, o britânico Jolyon Palmer (Dams) foi o segundo, seguido pelo neozelandês Mitch Evans (Russian Time).

Pole-position, Vandoorne manteve a ponta na largada, seguido pelo monegasco Stephane Richelmi, que superou o parceiro de equipe Palmer, e o brasileiro Felipe Nasr (Carlin).

Logo na segunda volta, um toque entre o austríaco Rene Binder (Arden), o britânico Jon Lancaster (Hilmer) e o dinamarquês Marco Sorensen (MP) provocou a entrada do Safety-Car.

Pouco depois da relargada, os pilotos começaram a entrar nos pits, para a troca de pneus. Vandoorne e Nasr, que largaram com os pneus supermacios, foram para os boxes na sexta volta, trocar pelos macios.
Logo após sua parada, o brasileiro André Negrão (Arden) levou um toque do francês Pierre Gasly (Caterham) e abandonou na oitava volta.

Palmer continuou na pista com os supermacios, seguido por Evans. Faltando nove voltas para o final, Palmer e Evans entraram juntos nos boxes. Nos pits, o trabalho da Dams foi um pouco lento, e Palmer quase perdeu a posição para Evans.

Vandoorne reassumiu a ponta. De volta à pista, Palmer rapidamente abriu vantagem sobre Evans.

No final, o belga recebeu a bandeirada com 12 segundos de vantagem sobre Palmer. Evans fechou o pódio.

Nasr foi o quarto, seguido por Richelmi e o venezuelano Johnny Cecotto Jr. (Trident). O monegasco Stefano Coletti (Racing Engineering) o francês Arthur Pic (Campos), o indonésio Rio Haryanto (Caterham) e o holandês Daniel De Jong (MP) completaram a zona de pontos.

Final:

1 – Stoffel Vandoorne – ART – 31 voltas em 1:00:56.725
2 – Jolyon Palmer – Dams – a 12″157
3 – Mitch Evans – Russian Time – a 19″159
4 – Felipe Nasr – Carlin – a 22″205
5 – Stephane Richelmi – Dams – a 28″009
6 – Johnny Cecotto – Trident – a 31″375
7 – Stefano Coletti – Racing Engineering – a 34″254
8 – Arthur Pic – Campos – a 34″4
9 – Rio Haryanto – Caterham – A 36″7
10 – Daniel De Jong – MP – A 46″6
11 – Raffaele Marciello – Racing Engineering – a 47″5
12 – Julian Leal – Carlin – a 50″1
13 – Takuya Izawa – ART – 54″5
14 – Kimiya Sato – Campos – a 57″1
15 – Nathanael Berthon – Lazarus – a 1’05″2
12 – Sergio Canamasas – Trident – a 1’08″3*
17 – Simon Trummer – Rapax – a 1’12″6
18 – Jon Lancaster – Hilmer – a 1’19″6
19 – Kevin Giovesi – Rapax – a 1’19″8
20 – Conor Daly – Lazarus – a 1’25″9
21 – Pierre Gasly – Caterham – a 1’26″6
22 – Nicholas Latifi – Hilmer – a 1’42″0
*Punido com 20 segundos
Volta mais rápida: Jolyon Palmer – 1’51″185

Não completaram:
Artem Markelov – Russian Time – 16 voltas
André Negrão – Arden – 8 voltas
Marco Sorensen – MP – 3 voltas
Rene Binder – Arden – 1 volta

Campeonato:

1 – J. Palmer – 276
2 – S. Vandoorne – 221
3 – F. Nasr – 212
4 – M. Evans – 166
5 – J. Cecotto – 136
6 – S. Coletti – 121
7 – A. Pic – 114
8 – S. Richelmi – 73
9 – R. Marciello – 72
10 – J. Leal – 68
11 – M. Sørensen – 47
12 – A. Negrão – 31
13 – A. Quaife-Hobbs – 30
14 – S. Canamasas – 28
15 – R. Haryanto – 28
16 – D. Abt – 27
17 – S. Trummer – 26
18 – T. Izawa – 26
19 – T. Dillmann – 18
20 – N. Berthon – 17
21 – A. Rossi – 12
22 – T. Ellinas – 7
23 – J. Lancaster – 6
24 – A. Markelov – 6
25 – R. Binder – 3
26 – C. Daly – 2
27 – K. Sato – 2
28 – D. De Jong – 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *