GP2 Series: Vitaly Petrov vence a primeira prova em Istambul

O Russo Vitaly Petrov, da Barwa Addax, venceu neste sábado (06/06), a prova de abertura da terceira rodada dupla da temporada, em Istambul, na Turquia. Os italianos, Luca Filippi, da Super Nova, e Davide Valsecchi, da Durango, completaram o pódio.

Petrov aproveitou a disputa entre o pole-position, o alemão Nico Hülkenberg, da ART, e Filippi. O italiano tentou ultrapassar o alemão por dentro da última curva da 2ª volta, com os dois mudando o traçado e perdendo velocidade, permitindo que Petrov superasse os dois, para assumir a liderança da prova.

Petrov abriu dez segundos de vantagem, quando, na 15ª volta, o Safety-Car foi acionado, para retirar o carro de Álvaro Parente, da Ocean. O português vinha em segundo lugar, quando rodou na curva oito, ficando atravessado na pista.

Com a bandeira verde agitada, Petrov manteve a liderança, vencendo com 6s563 de vantagem sobre Filippi. Valsecchi foi o 3º.

O brasileiro Alberto Valério, da Piquet GP, terminou em 4º, depois de se envolver em um toque com o compatriota Lucas di Grassi, da Racing Engineering, na última curva da 1ª volta. Hülkenberg foi o 5º, seguido por seu parceiro de equipe, o venezuelano Pastor Maldonado. Depois da prova o alemão levou uma reprimenda por ter voltado à pista sem prestar a atenção, na relargada da prova, quase provocando um acidente.

O holandês Giedo Van der Garde, da iSport, chegou em 7º, mas foi punido com o acréscimo de 25 segundos em seu tempo final,  por passar o Safety-Car quando deixava os pits, caindo para o 15º lugar. O espanhol Javier Villa, da Super Nova, passou para a 7ª posição.

Di Grassi, que teve o bico do carro danificado depois do toque com Valério, tendo que esperar cinco voltas até os boxes serem abertos, para trocar a peça danificada, fez uma grande prova de recuperação. Voltando a pista em último, terminou em 9º, e com a punição a Van der Garde, garantiu além de um ponto, a pole-position para a prova de encerramento da etapa, no domingo (07/06).

O brasileiro Diego Nunes, da iSport, terminou em 11º.

O brasileiro Luiz Razia, da FMSI, abandonou, com problemas no alternador, na 13ª volta.

O líder do campeonato, o francês Romain Grosjean, da Barwa Addax, abandonou na 25ª volta. Grosjean foi punido com a perda de dez posições no grid de largada para a segunda prova, por ultrapassar o Safety-Car na saída dos pits.

Grosjean manteve os 31 pontos na tabela, dois a frente do parceiro Petrov.

Grid:

1 – Nico Hulkenberg – ART – 1’34″404
2 – Luca Filippi – Super Nova – 1’34″515
3 – Romain Grosjean – Barwa Addax – 1’34″587
4 – Vitaly Petrov – Barwa Addax – 1’34″713
5 – Karun Chandhok – Ocean – 1’34″762
6 – Andreas Zuber – FMSI – 1’34″922
7 – Alvaro Parente – Ocean – 1’35″017
8 – Javier Villa – Super Nova – 1’35″020
9 – Roldan Rodriguez – Piquet GP – 1’35″105
10 – Davide Valsecchi – Durango – 1’35″113
11 – Alberto Valerio – Piquet GP – 1’35″141
12 – Pastor Maldonado – ART – 1’35″193
13 – Lucas Di Grassi – Racing Engineering – 1’35″226
14 – Giedo Van der Garde – iSport – 1’35″151 **
15 – Davide Rigon – Trident – 1’35″328
16 – Kamui Kobayashi – Dams – 1’35″360
17 – Edoardo Mortara – Arden – 1’35″284 **
18 – Jerome D’Ambrosio – Dams – 1’35″412
19 – Luiz Razia – FMSI – 1’35″806
20 – Giacomo Ricci – DPR – 1’35″850
21 – Diego Nunes – iSport – 1’35″395 **
22 – Nelson Panciatici – Durango – 1’36″031
23 – Sergio Perez – Arden – 1’36″051
24 – Michael Herck – DPR – 1’36″111
25 – Ricardo Teixeira – Trident – 1’37″728
26 – Dani Clos – Racing Engineering – 1’35″974 *

* Punido com a perda de 10 posições
** Punido com a perda de 3 posições

Final:

1 – Vitaly Petrov – Barwa Addax – 34 voltas em 57m57s260
2 – Luca Filippi – Super Nova – 6″563
3 – Davide Valsecchi – Durango – 7″155
4 – Alberto Valerio – Piquet GP – 19″649
5 – Nico Hulkenberg – ART – 19″948
6 – Pastor Maldonado – ART – 23″967
7 – Javier Villa – Super Nova – 27″011
8 – Lucas Di Grassi – Racing Engineering – 28″508
9 – Andreas Zuber – FMSI – 28″835
10 – Davide Rigon – Trident – 29″312
11 – Diego Nunes – iSport – 29″712
12 – Dani Clos – Racing Engineering – 31″849
13 – Karun Chandhok – Ocean – 34″559
14 – Ricardo Teixeira – Trident – 39″001
15 – Giedo Van der Garde – iSport – 50″216 *

Abandonos:

Roldan Rodriguez – 26 voltas
Romain Grosjean – 25 voltas
Edoardo Mortara – 20 volta
Nelson Panciatici – 18 volta
Alvaro Parente – 15 voltas
Giacomo Ricci – 14 voltas
Luiz Razia – 13 voltas
Jerome D’Ambrosio – 7 voltas
Michael Herck – 4 voltas
Kamui Kobayashi – 2 voltas
Sergio Perez – 2 voltas

* Punido com o acréscimo de 25 segundos no tempo final

Campeonato:

1.Grosjean 31; 2.Petrov 29; 3.D’Ambrosio 18; 4.Maldonado 15; 5.Hulkenberg 14; 6.Filippi 13; 7.Mortara 10; 8. Di Grassi 9; 9. Zuber 8; 10. Valsecchi 6 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *