GP3: Pedro Nunes fecha treinos livres com o terceiro melhor tempo em Estoril

No resultado combinado de todos os seis treinos realizados em Portugal, brasileiro ficou a pouco mais de um décimo da melhor volta da pista. No total, equipes tiveram 18 horas de bandeira verde para trabalhar nos carros, mais do que o dobro do tempo total de treinos livres da temporada

Terminaram na tarde desta sexta-feira (15) os primeiros treinos de pré-temporada da GP3 Series. Seguindo a tradição do programa de testes de sua irmã mais velha, a GP2, a categoria agendou para este mês de outubro duas das quatro baterias de ensaios previstas para a temporada 2011. E concluiu a primeira fase destes treinos no autódromo de Estoril, em Portugal, um dos mais tradicionais circuitos da europa, mas que não fez parte do calendário de 2010 da categoria.

Os treinos desta semana terminaram de forma positiva para o piloto brasileiro Pedro Nunes (OGX, Grupo CGE, Claro, Wella, Alfaparf), que disputou o campeonato pela ART Grand Prix e, a exemplo de metade dos pilotos que integraram o grid deste ano, já manifestou o desejo de continuar na categoria em 2011. Nos testes realizados em Estoril, Pedro teve a oportunidade de por em prática diversas modificações em seu carro, e fechou a bateria de ensaios com o terceiro melhor tempo da pista.

A melhor marca de Pedro Nunes (1min31s122), obtida no treino da manhã desta sexta-feira, foi idêntica à obtida por Nigel Melker, que ficou com a terceira posição na tabela por ter completado sua volta mais rápida minutos antes do brasileiro. O mais veloz da pista foi Adrien Tambay, que com a marca de 1min30s973 ficou pouco mais de um décimo à frente dos tempos de Nunes e Melker.

“Conseguimos trabalhar muito no carro nestes três dias, e tivemos uma ótima curva de evolução desde o primeiro treino”, comentou o brasileiro. “Testamos muitas opções de acerto e diversos caminhos para o carro, e acredito que todas as equipes tiveram oportunidade semelhante. Os três dias de treinos terminaram com muito equilíbrio, e a sessão mais rápida acabou sendo a da manhã de sexta-feira. Terminamos este estágio de testes em Estoril muito satisfeitos, e na semana que vem vamos continuar o trabalho no circuito de Jerez de La Frontera”, acrescentou.

Embora tenha sido um dos destaques dos ensaios em Portugal, Pedro Nunes mantém os pés no chão quando fala de suas expectativas para os treinos da semana que vem. Prevendo muito trabalho para se manter entre os mais rápidos, ele lembra do alto grau de competitividade da categoria, e a proximidade dos tempos em Portugal, para reforçar sua teoria.

“Na pré-temporada temos bastante tempo para desenvolver os carros. Essa foi uma das características dos treinos em Estoril que deve se repetir em Jerez. O resultado final desta semana deixou toda a nossa equipe bastante satisfeita, e agora vamos partir para os treinos na Espanha com o mesmo objetivo”, declarou o brasileiro.

Veja os melhores tempos no resultado combinado dos seis treinos realizados pela GP3 em Portugal:

1) Adrien Tambay, 1:30:973
2) Lewis Williamson, 1:31:098
3) Nigel Melker, 1:31:122
4) Pedro Nunes, 1:31:122
5) Gabriel Chaves, 1:31:224
6) Lewis Williamson, 1:31:230
7) Robin Frijns, 1:31:236
8) Dean Smith, 1:31:240
9) Michael Christensen, 1:31:242
10) Julian Leal, 1:31:266
12) Mitch Evans, 1:31:310
13) Aaro Vainio, 1:31:374
14) Simon Trummer, 1:31:465
15) Miki Monras, 1:31:490
16) James Calado, 1:31:506
17) Josef Newgarden, 1:31:560
18) Willi Steindl, 1:31:596
19) Nick Yelloly, 1:31:598
20) Felix da Costa, 1:31:627
21) Oli Webb, 1:31:653
22) James Calado, 1:31:659
23) Hugo Valente, 1:31:679
24) Dean Smith, 1:31:734
25) Marlon Stockinger, 1:31:763
26) Gabriel Chaves, 1:31:770
27) Zoel Amberg, 1:31:771
28) Thomas Hylkema, 1:31:815
29) Mitch Evans, 1:31:821
30) Adriano Buzaid, 1:31:839
31) Vittorio Ghirelli, 1:31:841
32) Tamas P’al Kiss, 1:31:936
33) Svendsen-Cook, 1:31:976

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *