GP3 Series: Pedro Nunes participa de testes coletivos na Hungria

Pilotos e equipes terão dois dias de treinos no circuito de Hungaroring nesta semana, aproveitando o período de um mês sem corridas no calendário

A segunda temporada da história da GP3 Series, categoria que acompanha os GPs de Fórmula 1 na Europa assim como sua irmã mais velha, a GP2, terá prosseguimento somente no dia 26 de junho com a etapa de Valência, na Espanha. Mas os pilotos continuam em atividade nesta semana graças à primeira das duas baterias de treinos coletivos agendada pela organização para esta temporada.

Os ensaios foram incluídos no calendário em razão da retirada do GP de Mônaco, e começaram nesta semana no circuito de Hungaroring, na Hungria. Até o cancelamento da etapa nas ruas do Principado, a GP3 só teria testes na pré e na pós-temporada, o que faz dos ensaios desta semana uma novidade.

O paulista Pedro Nunes, da equipe Lotus-ART completou nesta quarta-feira (01) o primeiro dia de trabalhos na Hungria. “Conseguimos testar algumas coisas no carro na parte da manhã, que foi bem produtiva. Mas no período da tarde uma quebra no turbo impediu que eu completasse boas voltas. Vamos seguir o trabalho nesta quinta-feira. Temos que aproveitar bem o dia, porque esses testes são importantes para manter a atividade nesse período sem corridas”, comentou o piloto brasileiro.

O mais rápido desta quarta-feira em Hungaroring foi o piloto da equipe MW Arden, Lewis Williamson, com o tempo de 1m38s330.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *