Grand-Am: Mario Haberfeld e Adrian Fernandez se preparam para corrida de 6 horas

A dupla da equipe Lowe’s Fernandez Racing, Mario Haberfeld (Lowe’s/Liofol/Grupo Orinter) e Adrian Fernandez, se prepara para a oitava etapa da Grand American Rolex Series, que será disputada neste fim de semana em Watkins Glen, Nova Iorque (EUA). A prova terá duração de 6 horas e acontece em conjunto com a IRL IndyCar Series.

 


Depois de largar na pole position e conquistar o melhor resultado do ano (quinto lugar) em Phoenix, Haberfeld e Fernandez estão confiantes para a corrida de sábado (03/06). A dupla teve uma oportunidade de treinar recentemente em Watkins Glen, quando aproveitou para conhecer o traçado do circuito misto permanente. “Testamos em Watkins Glen há algum tempo atrás e fiquei surpreso, de forma positiva, com a pista”, comentou o brasileiro. “Acho que é uma das melhores que eu já corri aqui nos Estados Unidos. Muito rápida e realmente longa, o que será uma boa mudança da pequena e apertada pista de Phoenix. Trabalhamos um pouco no acerto durante o teste, mas estava frio e as condições serão muito diferentes das deste fim de semana, então foi mais uma chance para o Adrian e eu aprendermos o traçado. Ainda assim, fomos muito competitivos no treino comparados aos outros protótipos. Considerando isso, e as ótimas coisas que conseguimos fazer em Phoenix, não vejo razão para não sermos competitivos novamente em Watkins Glen“.


 


Haberfeld destacou também os progressos feitos por sua equipe desde o início do ano. “Estamos ficando melhor a cada fim de semana”, continuou o brasileiro, ressaltando que, para esta etapa, o principal será a paciência, já que se trata de uma prova de longa duração. “Será uma longa corrida, então você não precisa necessariamente ter o carro mais rápido. Você tem que ter um carro bom e ser paciente, o que somos”.


 


Fernandez concorda. “Acho que temos que ficar muito felizes com o modo como a equipe Lowe’s Fernandez Racing progrediu até agora nesta temporada. Watkins Glen será apenas nossa oitava corrida, mas temos pessoas que venceram em outras categorias, e estamos mostrando que somos competitivos cada vez que vamos para a pista”, disse o mexicano. “Phoenix foi um fim de semana especial para nós. Foi bom ter o carro mais rápido na sexta-feira, depois liderar todas as voltas da classificação. Foi desapontante não terminar em primeiro ou segundo, o que eu acho que merecíamos, mas o que nos aconteceu no final da prova foi algo que não podíamos controlar (Fernandez foi tocado por outro piloto quando faltavam 11 voltas para o final). Nossos melhores dias estão à nossa frente. Estamos animados para Watkins Glen”.


 


Uma novidade no fim de semana será a volta do formato tradicional da classificação, ao invés de uma corrida classificatória, como aconteceu nas últimas três provas. Apesar de considerar que a categoria agiu bem ao tentar soluções novas, Haberfeld disse estar feliz por voltar ao modelo tradicional. “A Grand-Am agiu certo ao experimentar algo diferente. Após ver que isso não era a coisa certa a ser feita, acho que é bom voltarmos à tradicional sessão classificatória”, comentou o piloto brasileiro. “O que eu não gostava na corrida classificatória era o fato de dar o máximo de pontos para nós por uma corrida pequena. Acho ótimo que a categoria esteja tentando novas coisas. Um dia, eles irão aparecer com algo que seja novo e diferente, algo que irá funcionar bem, e algo que deixe a categoria ainda melhor”.


 


A etapa da Grand-Am em Watkins Glen acontece neste sábado, às 15h30 (horário de Brasília).


 


Confira a programação para a etapa de Watkins Glen (horários de Brasília):


 


Quinta-feira (01/06):


 


16h00 às 18h00 – 1º treino livre


20h00 às 21h00 – 2º treino livre


 


Sexta-feira (02/06):


 


14h15 às 14h45 – 3º treino livre


17h15 às 18h00 – Treino classificatório


 


Sábado (03/06):


 


09h15 às 09h45 – Warm-up


15h30 às 21h30 – Corrida


 


Confira os 10 primeiros no Campeonato:


 


1 Scott Pruett/Luis Diaz (Chip Ganassi Racing) 263 pontos


2 Jorg Bergmeister (Krohn Racing) 256


3 Michael McDowell (Uniden Racing) 255


4 Max Angelelli (SunTrust Racing) 236


5 Colin Braun (Krohn Racing) 233


6 Rob Finlay/Michael Valiante (Essex Racing) 230


7 Mike Rockenfeller/Patrick Long (Alex Job Racing/Emory Motorsports) 229


8 Mark Patterson (Michael Shank Racing) 203


9 Mario Haberfeld/Adrian Fernandez (Lowe’s Fernandez Racing) 202


10 Alex Gurney (Gainsco/Blackhawk Racing) 199


12 Oswaldo Negri Jr. (Michael Shank Racing) 188


16 Christian Fittipaldi (Cheever Racing) 175


 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *