Grand-Am: Pizzonia anuncia temporada na norte-americana Grand-Am

Brasileiro dividirá pilotagem do protótipo Ford-Riley DPG3 com piloto colombiano

“O foco tem que ser 100% na categoria. São 11 corridas que a gente tem pela frente, é um campeonato longo. Para mim, é um desafio muito grande. Eu estou ansioso. É um carro forte, que me atrai. Tenho certeza de que faremos uma boa temporada”, aposta Pizzonia.

Com mais de 28 mil voltas completadas desde 2004, a equipe a ser defendida pelo brasileiro é a Michael Shank Racing (MSR), uma das mais experientes da Grand-Am Rolex Sports Car Series. O time obteve pódios em todas as temporadas que disputou. No ano passado, a equipe registrou uma vitória, justamente nas 24 Horas de Daytona, a mais famosa corrida do calendário. A MSR contará ainda com outra dupla, formada pelo norte-americano John Pew e o experiente brasileiro Oswaldo “Ozz” Negri Júnior.

O talento e o dom natural de Pizzonia para a velocidade construíram para o amazonense a fama de grande especialista em velocidade pura. É o que mostram sua carreira e os muitos títulos que conquistou ao longo dos anos. Já Gustavo Yacaman é um jovem de 22 anos que vem de uma forte temporada na Indy Lights, na qual conquistou duas vitórias e o terceiro lugar no campeonato de 2012.

Plataforma – “É difícil até dizer como estou feliz em anunciar pilotos como o Antonio e o Gustavo”, disse o chefe de equipe Michael Shank. “Tínhamos muitas opções, mas o principal era saber que iríamos a todas as corridas com uma oportunidade de bons resultados. Eu realmente acho que com estes dois pilotos temos tudo o que é preciso para sermos competitivos, e certamente será uma forte plataforma para nos preparar para 2014 e o futuro”, completou Shank.

“Estou muito entusiasmado com a oportunidade”, diz Pizzonia, que passou pelas equipes Williams Grand Prix Engineering e Jaguar F1. “O campeonato é muito competitivo e os carros são potentes e andam sempre muito juntos, então é uma competição que realmente me interessa. O Michael tem muita experiência com estes carros, que são potentes e muito velozes. Acho que temos todos os ingredientes para buscar bons resultados neste ano”, resumiu o brasileiro.

Com duas etapas da temporada já realizadas, o primeiro compromisso da nova dupla da Michael Shank Racing acontece no próximo dia 2 de março, no Circuito das Américas, em Austin. Será a primeira visita da Grand-Am ao traçado texano.

Ficha-técnica do protótipo Grand-Am
Potência: 500 cv
Duração das provas: máximo de 24 horas
Entreeixos*: 2,7 m e 2,94 m
Altura (teto e asa): 1,04 m
Largura: 2,0 m
Peso*: 1.009 e 1.030 quilos
Chassi: estrutura tubular de aço com célula de sobrevivência
Suspensão: tipo pushrod, com sistema multilink
Motores: 5,0 litros, V8, marcas Ford, Porsche, BMW, Chevrolet (4 litros, 6 cilindros em linha)
Câmbio: sequencial, seis velocidades (cinco para os V8)
Combustível: Sunoco
Pneus: Continental

* Nota: dependendo da combinação chassi/motor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *