GT Brasil: Com bandeirada da Miss Universo, Valdeno e Stumpf vencem outra em Interlagos

Dupla agora tem 19 pontos de vantagem sobre Claudio Ricci e Rafael Derani

O paraibano Valdeno Brito e o gaúcho Matheus Stumpf venceram pela quinta vez na temporada neste domingo (28) em Interlagos. Com a conquista, eles ampliaram a vantagem na liderança da Itaipava GT3. Agora, a dupla atual campeã da categoria tem 19 pontos de distância para os vice-líderes, Claudio Ricci e Rafael Derani – que chegaram em terceiro em São Paulo. O segundo lugar ficou com Allam Khodair e Marcelo Hahn. “Foi fantástico”, resumiu Matheus Stumpf.

“Começamos o final de semana com um ponto de vantagem e conseguimos duas vitórias nesta etapa, o que nos ajudou muito na disputa pelo campeonato. Mas o nosso carro não tem o melhor ritmo de corrida, já que as Lamborghinis estavam muito rápidas”, acrescentou o piloto, que fez duas manobras decisivas antes de entregar o carro a Valdeno Brito. Primeiro, passou o Wagner Ebrahim e, depois, o então líder, Pedro Queirolo.

“Estava muito difícil passar o Pedro, já que o carro dele tem um motor muito forte, então só consegui ultrapassá-lo no momento em que ele deu uma espalhadinha na entrada do ‘S do Senna”, destacou Matheus Stumpf. Ele entregou o carro já na liderança para Valdeno Brito. Pedro Queirolo foi perdendo rendimento em função do desgaste excessivo do equipamento sob o calor de 30ºC em São Paulo. Ele havia até sido ultrapassado por Ricardo Maurício – mas o carro do adversário também não resistiu.

Quem se deu bem com isso foi Allam Khodair. Com o carro em boas condições depois do turno completo do parceiro de pilotagem, Marcelo Hahn, ele imprimiu um ritmo muito forte no final, chegou nos líderes e fez as ultrapassagens necessárias para terminar em segundo – só não dava mais tempo de alcançar Valdeno Brito e Matheus Stumpf. Claudio Ricci e Rafael Derani somaram uma corrida absolutamente bem pensada ao desgaste dos adversários. Chegaram em terceiro.

O resultado manteve os dois bem vivos na classificação do campeonato. Mas a atração do final de corrida estava fora da pista, com a bandeira quadriculada nas mãos. A bandeirada foi dada pela mexicana Ximena Navarrete, de 23 anos, a atual Miss Universo. “Eu adorei”, falou a moça, bastante simpática. “Achei o ambiente muito divertido e estou bastante contente de participar, porque gosto muito de automobilismo”, completou Ximena Navarrete.

O RESULTADO FINAL EM INTERLAGOS

1º) 7 – V.Brito/M.Stumpf (FO, PB/RS), 29 voltas em 51:22.584 (média de 146,27 km/h)
2º) 16 – M.Hahn/A.Khodair (LA , SP/SP), a 16.227
3º) 3 – R.Derani/C.Ricci (FE , SP/RS), a 41.446
4º) 33 – B.Garfinkel/R.Mauricio (LA , SP/SP), a 42.846
5º) 13 – Pedro Queirolo (CO , SP), a 43.421
6º) 30 – Cleber Faria (LA , SP), a 46.392
7º) 105 – V.Faria/R.Guerra (LA , SP/SP), a 1:07.144
8º) 9 – X.Negrão/X.Negrão (LA , SP/SP), a 1:07.336
9º) 61 – F.Croce/D.Croce (VI , SP/SP), a 1 volta
10º) 70 – W.Derani/J.Pimenta (FE , SP/SP), a 1 volta
11º) 18 – F.Poeta/S.Lucio (LA , RS/SP), a 1 volta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *