GT Brasil: Jimenez e Boni vencem em Curitiba pela GT3

Pilotos conquistaram a vitória logo à frente de dois BMW Z4

A corrida deste domingo (27) do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo, realizada no Autódromo Internacional de Curitiba, no Paraná, teve a vitória da dupla Sérgio Jimenez e Paulo Bonifácio, com o Mercedes-Benz SLS AMG GT3. Durante os 50 minutos da prova os pilotos tiveram que aguentar forte pressão dos dois BMW Z4, com Cacá Bueno e Cláudio Dahruj em segundo e Valdeno Brito e Constantino Jr. em terceiro. Próxima etapa da GT3 será em Interlagos, São Paulo, nos dias 22, 23 e 24 de Junho.

“Na pista vencemos as duas corridas*”, diz Sérgio Jimenez. “Não somos os mais rápidos já que o Mercedes é difícil de acertar, mas é constante. Os BMWs estavam mais equilibrados na pista, que estava bastante difícil, mas o Boni largou bem e tive que ir administrando o carro e um probleminha nos freios. Fui fazendo o que pude e vencemos a corrida”, encerra Sérgio.

Para Boni, a largada foi fundamental. “Eu tive sorte no começo da corrida, consegui pular na frente do Constantino e do Marcelo Hahn e me posicionei em segundo. Imprimi um ritmo forte, tive até um toque com um GT4, mas a briga foi muito boa com os BMWs. O Mercedes é forte de tração, tem bom torque, então usei esta força da melhor forma possível”, destaca Boni.

Segundo na corrida e líder do campeonato, Cacá Bueno, dupla de Cláudio Dahruj, fala sobre a dificuldade de cuidar dos pneus em Curitiba. “Esta pista é sempre um problema para os pneus, temos que conservá-los para conseguir chegar bem até o final, porque os carros apoiam muito no lado esquerdo. Não conseguiria passar o Mercedes sem arriscar, então fiz o máximo para conquistar estes pontos”.

“Agora somos líderes do campeonato e estou muito feliz por isso”, diz Cacá. Lamentando um erro na largada, Cláudio Dahruj também destacou a liderança na tabela de pilotos. “Larguei de forma conservadora, estava em sexto e acompanhando os primeiros. Meu ponto fraco foi a largada, porque eu queimei em Santa Cruz e não quis repetir o erro. Saímos com a liderança e o importante é que o fim de semana foi positivo”, completa.

Bicampeão da categoria, Valdeno Brito comemorou o bom resultado. “Foi bom. Quero agradecer ao Constantino pela pilotagem, quis dar umas dicas para ele no grid, mas acho que eu vou ter pegar com ele. Vou ser repetitivo, mas não está fácil pelo peso que estamos levando. Acho ótimo estar no pódio e nesta equipe, o campeonato é longo e muita coisa pode acontecer”, fala o piloto.

Constantino Jr. destacou a largada e o ritmo forte que conseguiu imprimir na corrida. “Minha prova basicamente se resumiu ao começo, daí por diante eu me mantive constante perto dos líderes. O carro estava difícil de controlar, saindo de frente, e passei a pilotagem para o Valdeno na melhor posição possível pensando no campeonato”, encerra Valdeno Brito.

Resultado deste domingo em Curitiba – GT3:

1º) 22 – P.Bonifacio/S.Jimenez (MB, SP/SP), 37 voltas em 51:14.342 (média de 160,09 km/h)
2º) 0 – C.Bueno/C.Dahruj (BM , SP/SP), a 0.613
3º) 1 – V.Brito/Constatino Jr (BM , PA/SP), a 1.200
4º) 105 – V.Faria/R.Guerra (MB , SP/SP), a 25.140
5º) 3 – R.Derani/C.Ricci (FE , SP/RS), a 25.912
6º) 30 – C.Faria/D.Rosa (MB , SP/RS), a 31.810
7º) 15 – F.Tozzo/R.Mascarello (FE , RS/MT), a 1 volta
8º) 17 – L.Varassin/R.Matias (VI , PR/SP), a 1 volta
9º) 16 – M.Hahn/A.Kohdair (LA , SP/SP), a 1 volta
10º) 20 – F.Ebrahim/W.Ebrahim (AU , PR/PR), a 1 volta
11º) 46 – C.Kray/A.Toso (LA , RS/RS), a 2 voltas
12º) 10 – C.Almeida/P.Ventura (LA , RS/RS), a 12 voltas
13º) 18 – F.Poeta/R.Sandoval (LA , RS/RS), a 32 voltas

* Desclassificação altera resultado da corrida do último sábado (26): Detectada pelos comissários técnicos da Confederação Brasileira de Automobilismo, uma falha no cumprimento do regulamento técnico do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo resultou na desclassificação da dupla Sérgio Jimenez e Paulo Bonifácio da primeira corrida do fim de semana. Desta forma, Duda Rosa e Cleber Faria ficam com a vitória seguidos por Cacá Bueno e Cláudio Dahruj e Cláudio Ricci e Rafael Derani.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *