GT Brasil: Marcos Gomes e Marcelo Hahn vencem em Interlagos

Na GT Premium, Pierre Ventura e Cristiano Almeida, de Lamborghini LP520 conquistou a vitória

A corrida deste sábado do Campeonato Sudamericano de Gran Turismo, no Autódromo de Interlagos, na categoria GT3, teve a vitória da dupla Marcos Gomes e Marcelo Hahn, da Lamborghini LP600+. Em segundo, os irmãos Wagner e Fábio Ebrahim, com o Audi R8 LMS ultra e, fechando o pódio, Cláudio Ricci e Rafael Derani, de Ferrari 458 Itália. Neste domingo, às 12h30, com transmissão ao vivo da Rede Bandeirantes e do SporTV, além do site www.portalgt.com.br, acontece a corrida de encerramento da quarta etapa da temporada 2013.

Vencedor neste sábado substituindo ao piloto Allam Khodair, Marcos Gomes saiu bastante satisfeito com o resultado. “Estou muito feliz. É a minha primeira vitória fora da Stock Car e não foi uma corrida nada fácil. Fui pressionado pelo Serrinha na largada, mas consegui manter a ponta. Depois o Audi veio forte e consegui me manter na frente. No final, a pista ainda oscilou entre seca e molhada e consegui manter o carro no ritmo. Estou muito satisfeito que tenha conseguido substituir o Allam Khodair à altura e contribui para manter a Blau Motorsport na ponta da tabela”, destaca Marquinhos.

Buscando agora o título sozinho da GT3, Marcelo Hahn destacou a sexta vitória da Lamborghini LP600+ da equipe Blau. “Mais uma vitória. Estamos mantendo uma constância importante que esperamos transformar em título no final da temporada. Estou muito feliz com o Marcos Gomes. Precisava de alguém para substituir o Allam e vejo que fiz a escolha certa. O Marquinhos teve um desempenho irretocável. Recebi o carro na ponta e meu trabalho foi pisar fundo para abrir o máximo de vantagem possível. Conseguimos. Vencemos outra vez”, encerra Hahn.

Wagner Ebrahim, segundo colocado e responsável pela primeira parte da corrida do Audi R8 LMS ultra, fez questão de agradecer o trabalho feito pelo seu time. “O carro estava perfeito, o time fez um trabalho excelente e terminamos ainda com a melhor volta da prova. Tivemos o problema com o Fábio, que faz parte, mas agora precisamos continuar trabalhando para na corrida deste domingo termos um resultado ainda mais positivo”, declara Wagner Ebrahim.

“Na hora que eu saí do box achei que o carro estava muito bom, tive um bloqueio na parte traseira do carro e acabei rodando no Pinheirinho. Provavelmente algum sistema de segurança acabou sendo acionado quando ataquei a zebra e aí acabei rodando. Vamos analisar o que houve e pensar na corrida de amanhã, estamos largando na pole, será tudo ainda melhor e queremos conquistar a nossa tão esperada vitória em Interlagos”, encerra Fábio Ebrahim.

Terceiro colocado com a reestreia da Ferrari 458 Itália na GT3, Claudio Ricci comemorou o resultado. “É sempre bom voltar a pilotar o carro que terminou tão bem o campeonato passado. Estou feliz por voltar a competir ao lado do Rafael e aqui em Interlagos, mas hoje este foi realmente o resultado que deu. Precisamos agora ver para amanhã, porque se superarmos alguns probleminhas podemos brigar pela vitória”, comenta Ricci.

Rafael Derani, de volta à categoria, comemorou o resultado. “Importante é estar de volta. Passei estes meses todos sem poder correr já que a 458 estava na Europa e isso é horroroso, não poder acelerar. Mas agora estamos de volta, vamos trabalhar no carro para terminar o ano com resultados positivos e vencer algumas corridas. Assim, no ano que vem, com tudo bem acertado, vamos buscar o bicampeonato da GT3”, destaca Rafael Derani.

GT Premium

Na categoria GT Premium a prova em Interlagos teve como grande destaque a briga acirrada dos vencedores na Lamborghini LP520, Cristiano de Almeida e Pierre Ventura, e o segundo colocado, o Porsche 911 S de Marçal Melo e Alex Fabiano. Após muitas trocas de posições, o time da Lamborghini acabou levando a melhor e conquistando mais uma vitória.

Cristiano de Almeida, ou Tigrinho como é mais conhecido, reconheceu a dificuldade da vitória. “A corrida foi boa. Correr em Interlagos é sempre bom. Me posicionei bem na largada, fiz algumas ultrapassagens, mas depois tive problemas com o câmbio, não entravam algumas marchas. Isso fez com que a vantagem caísse, em alguns momentos até nos passaram. Depois me concentrei, recuperei a posição e abri alguma vantagem para entregar para o Pierre”, diz Cristiano.

“Nós perdemos a posição nos boxes e o Pierre conseguiu reverter a primeira posição andando muito bem e sendo bem agressivo. Foi uma disputa muito boa, nossa equipe está de parabéns, trabalhou muito bem”, encerra Tigrinho. Já seu parceiro de pilotagem, Pierre Ventura falou especificamente sobre o duelo. “São dois carros com características bem diferentes. A gente andando contra a Porsche, que tem 15 km/h a mais na reta em relação ao nosso carro. Então a gente conseguia ser mais rápido que eles no miolo e na reta eles se recuperavam. Foi assim a corrida inteira”, encerra Pierre.

Pilotando o Porsche 911 S, a dupla Alex Fabiano e Marçal Melo também destacaram a troca incessante de posições com os pilotos da Lamborghini LP520. “O nosso carro estava sensacional, tivemos uma boa disputa com o Pierre, que tinha um carro muito bom no primeiro trecho. Depois começou a chover e isso também os favoreceu. Nas voltas finais acabei ficando um pouco cansado e não consegui acompanhar o ritmo do Pierre”, declara Fabiano.

“Nosso carro estava muito bom, acabei perdendo tempo por conta de um incidente nas primeiras voltas, recuperei e comecei a trocar de posição com o Tigrinho. A corrida foi sensacional, com pelo menos seis trocas de posição. Vamos trabalhar para conseguir vencer a corrida de amanhã”, completa Melo.

Após a corrida deste sábado, a liderança da categoria GT3 do Campeonato Sudamericano de Gran Turismo é de Marcelo Hahn, com 137 pontos, 15 de vantagem sobre os vice-líderes Fábio e Wagner Ebrahim, que tem 122. Pela GT Premium a liderança é de Pierre Ventura e Cristiano de Almeida, com 130 pontos, contra 97 de Marçal Melo e Alex Fabiano.

A corrida de encerramento da quarta etapa do Campeonato Sudamericano de Gran Turismo acontece neste domingo, a partir das 12h30min, com transmissão através da Band e do site portalgt.com.br, com narração de Luc Monteiro e comentários de Tiago Mendonça e do convidado especial Roberto Pupo Moreno. O canal de TV por assinatura Sportv 3 também exibe a prova.

Veja o resultado final da prova deste sábado e a classificação dos campeonatos das categorias GT3 e GT Premium:

1- Marcelo Hahn/Marcos Gomes (Lamborghini LP600+/GT3) – 30 voltas em 51min12s209
2- Fábio Ebrahim/Wagner Ebrahim (Audi R8 LMS ultra/GT3) – a 40s352
3- Sérgio Laganá/Alan Hellmeister (Aston Martin/GT4) – a 1 volta
4- Ricardo Landi/Max Wilson (BMW M3/GT4) – a 2 voltas
5- Pierre Ventura/Cristiano Almeida (Lamborghini LP520/GT Premium) – a 2 voltas
6- Duda Oliveira/Willian Freire (Ferrari Challenge/GT4) – a 2 voltas
7- Alex Fabiano/Marçal Melo (Porsche 911 S/GT Premium) – a 2 voltas
8- Fábio Greco/Valter Rossete (Maserati Gran Turismo MC/GT4) – a 2 voltas
9- Valter Pinheiro/Leonardo Burti (Lotus/GT4) – 9 voltas
10- Rafael Derani/Claudio Ricci (Ferrari F458/GT3) – a 21 voltas
11- Fernando Poeta/Henrique Assunção (Lamborghini LP560/GT3) – a 26 voltas
12- Chico Longo/Daniel Serra (Ferrari F458/GT3) – a 27 voltas
13- Daniel Daroz/Alceu Feldmann (Lamborghini LP560/GT3) – a 30 voltas

Classificação da categoria GT3:
1- Marcelo Hahn – 137 pontos
2- Fábio Ebrahim e Wagner Ebrahim – 122
3- Allam Khodair – 117
4- Claudio Ricci – 60
5- Julio Campos e Fernando Croce – 43
6- Rafael Derani e Henrique Assunção – 30
7 – Marcos Gomes – 20

Classificação da categoria GT Premium:
GT Premium:
1- Pierre Ventura e Cristiano de Almeida – 130
2- Marçal Melo e Alex Fabiano – 97
3- Humberto Giacomello – 66
4- Vilson Júnior e Paulo Rutzem – 37
5- Ramon Mathias – 34
6- Vinicius Roso, Felipe Roso e Fernando Poeta – 32

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *