GT Brasil: Pedro Queirolo vence primeira corrida de rua da história do Itaipava GT Brasil

Ultrapassagem sobre Marcelo Hahn nas voltas finais garantiu a primeira conquista do piloto na Itaipava GT3

Pedro Queirolo alcançou neste sábado (30) sua primeira vitória no Itaipava GT Brasil, justamente na prova mais importante da história da categoria, a primeira em circuito de rua, dentro da programação da etapa brasileira da Fórmula Indy, a Itaipava São Paulo Indy 300 Nestle. O que seria naturalmente um momento inesquecível ganhou ainda mais importância diante da forma como o resultado foi conquistado: o piloto do TNT Energy Team largou em oitavo lugar, imprimiu ritmo forte, fez excelente estratégia de boxes e ganhou depois de duas ultrapassagens nas últimas voltas, a principal delas sobre o então líder Marcelo Hahn, parceiro de Allam Khodair.

“Quando a corrida começou, fiquei um pouco para trás e cheguei a pensar que havia sido uma pena, um início diferente do que eu imaginava. Mas aos poucos fui ‘vestindo’ o carro, melhorando a cada volta. Para ganhar, primeiro é preciso terminar, então eu fui no meu ritmo e no fim da prova comecei a calcular quem eu ainda não havia ultrapassado. Meu rádio não estava funcionando perfeitamente, mas ouvia a equipe insistindo para eu aumentar o ritmo, então fiz algumas voltas de classificação e consegui fazer as ultrapassagens”, contou Pedro Queirolo, que comemorou a vitória no melhor estilo Helio Castroneves, escalando o alambrado da pista de rua do Anhembi.

Marcelo Hahn também tinha problemas com o rádio e não conseguiu controlar a chegada de Pedro Queirolo. O adversário era até três segundos mais rápido por volta. Depois de perder a posição, Marcelo Hahn ainda manteve contato com o novo líder, mas acabou batendo em um retardatário, que rodou, provocando a bandeira amarela que eliminou as chances de reação. “Realmente cheguei a pensar que já havíamos assegurado a vitória, mas o Pedro começou a andar muito forte e conseguiu ultrapassar o Marcelo. Mas de uma forma geral foi um bom resultado. Acho que em condições normais podemos brigar pela vitória amanhã de novo”, avaliou Allam Khodair.

Wagner Ebrahim ficou com a terceira posição, depois de um baita susto no decorrer da corrida. “Não havíamos feito uma boa classificação e na prova tive problemas, o Viper desligou no meio da reta da Marginal Tietê, o que me fez perder muito tempo. Foi um momento de susto, mas o carro voltou a funcionar e não houve nada além disso. Foi bom chegar no pódio, com pontos importantes para a disputa do título”, falou o piloto. Daniel Serra e Chico Longo, que largaram na pole position e lideraram até depois do pit stop obrigatório, saíram da disputa pela vitória depois de uma escapada. Chegaram em quinto. A corrida deste domingo (1) do Itaipava GT Brasil será às 10h45.

O RESULTADO FINAL NO ANHEMBI
1º) 13 – Pedro Queirolo (CO, SP), 29 voltas em 51:20.984 (média de 138,28 km/h)
2º) 16 – M.Hahn/A.Khodair (LA , SP/SP), a 3.867
3º) 20 – Wagner Ebrahim (VI , PR), a 17.295
4º) 3 – R.Derani/C.Ricci (FE , SP/RS), a 31.707
5º) 19 – C.Longo/D.Serra (FE , SP/SP), a 38.616
6º) 9 – X.Negrão/X.Negrão (AU , SP/SP), a 46.200
7º) 5 – J.Moro/P.Bonifacio (FO , RS/SP), a 1:17.695
8º) 105 – V.Faria/R.Guerra (LA , SP/SP), a 1:20.250
9º) 30 – Cleber Faria (LA , SP), a 1:26.045
10º) 33 – B.Garfinkel/R.Mauricio (LA , SP/SP), a 1:36.255
11º) 99 – R.Ricca/R.Daniel (LA , SP/SP), a 2 voltas
12º) 61 – F.Croce/D.Croce (VI , SP/SP), a 2 voltas
13º) 75 – H.Assunção/R.Castropil (VI , SP/SP), a 2 voltas

CLASSIFICAÇÃO DA ITAIPAVA GT3 (APÓS 3 de 20 CORRIDAS)
1 Marcelo Hahn/Allam Khodair (Lamborghini Gallardo LP600), 38
2 Xandy Negrão/Xandinho Negrão (Audi R8), 32
2 Claudio Dahruj/Rodrigo Sperafico (Corvette Z06), 32 pontos
4 Matheus Stumpf/Valdeno Brito (Ford GT), 30
5 Paulo Bonifácio/Juliano Moro (Ford GT), 27
6 Rafael Derani/Claudio Ricci (Ferrari F430), 26
7 Cleber Faria (Lamborghini Gallardo LP560), 25
8 Pedro Queirolo (Corvette Z06R), 20
8 Chico Longo/Daniel Serra (Ferrari F458), 20
10 Vanue Faria/Renan Guerra (Lamborghini Gallardo LP560), 19
11 Wagner Ebrahim (Dodge Viper Competition Coupe), 15
12 Bruno Garfinkel (Lamborghini Gallardo LP560), 9
13 Walter Derani/Antonio Pizzonia (Ferrari F430), 7
14 Fernando Gomes Croce/Fernando Croce (Viper), 3
15 Ricardo Maurício (Lamborghini Gallardo LP560), 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *