GT Open: Andrea Montermini lidera o campeonato após provas em Portimão

O italiano Andrea Montermini (Ferrari 458/Villorba) lidera o campeonato, após a disputa da segunda etapa da temporada, em Portimão, Portugal. Ele soma 72 pontos, 14 a mais do que o parceiro de dupla, e compatriota Luca Filippi (que não disputou a segunda prova em Portimão, devido ao compromisso de comentar o GP da Espanha de F1 para a TV italiana).

Prova 1:

No sábado (11/05) a vitória ficou com a dupla Miguel Ramos/Nicky Pastorelli (Corvette Z06/ V8Racing), com Montermini/Filippi em segundo. A dupla Carlos Viera/ César Campaniço (Audi R8/Novadriver) completou o pódio.

Após dois períodos em Safety-Car nas primeiras voltas, o português Ramos assumiu a ponta antes do pit stop para troca de piloto. O italiano Pastorelli manteve o ritmo ao assumir o comando do Corvette, recebendo a bandeirada com 9s de vantagem sobre Montermini (Filippi alinhou na pole e liderou as primeiras voltas). Vieira/Campaniço, que não pontuam no campeonato (apenas pelo Espanhol de GT), fecharam o pódio.

Entre os brasileiros da equipe BhaiTech, Rafael Suzuki, em dupla com o italiano Giorgio Pantano, terminou na 10 posição. Luiz Razia, em dupla com o neozelandês Chris van der Drift (que teve que cumprir uma punição por uma irregularidade nos pits), chegou na 14ª posição.

Final, prova 1, sábado  11 de maio:

1 – Ramos-Pastorelli (Corvette Z06) – V8Racing – 36 voltas
2 – Montermini-Filippi (Ferrari 458) – Villorba – 9″982
3 – Viera-Campanico (Audi R8) – Novadriver – 36″594
4 – Pier Guidi-Basov (Ferrari 458 GT3) – Esta – 41″753
5 – Talkanitsa-Talkanitsa (Ferrari 458) – AF Corse – 42″344
6 – Toril-Van Der Zande (Mercedes SLS) – Seyffarth – 45″988
7 – Tutumlu-Deverikos (Porsche 997 R) – Autorlando – 50″819
8 – Costantini-Barba (Ferrari 458 GT3) – Ombra – 55″487
9 – Rosell-Mavlanov (Ferrari 458 GT3) – Russian Bears – 57″611
10 – Suzuki-Pantano (McLaren MP4-12C) – BhaiTech – 1’04″882
13 – Van Der Drift-Razia (McLaren MP4-12C) – BhaiTech – 1’15″992

Prova 2:

Neste domingo (12/05), a dupla Duncan Cameron/Matt Griffin (Ferrari 458/Mtech) venceu. Ramos/Pastorelli terminaram em segundo, e Montermini, correndo sozinho, fechou o pódio.

Na largada, o irlandês Griffin superou Pastorelli, assumindo a liderança. Com uma solida condução, Griffin entregou o carro para Cameron com 25 segundos de vantagem. O britânico manteve o nível de pilotagem até a bandeirada final. Ramos/Pastorelli terminaram em segundo, seguidos por Montermini (que por correr sozinho, alinhou no final do grid).  Griffin/Cameron não disputaram a prova de sábado, devido à quebra da bomba de água do carro na Q2.

Mesmo com van der Drift se envolver em um toque logo nas primeiras curvas, Razia levou o McLaren MP4-12C da dupla ao oitavo posto. Suzuki/Pantano terminaram na 11ª posição.

Montermini na liderança soma 72 pontos, seguido por Filippi com 58. A dupla da Bielorússia Alexander Talkanitsa Sr/ Alexander Talkanitsa Sr (Ferrari 458/AF Corse), em terceiro, soma 43 pontos.

Van der Drift/Razia, com cinco pontos, ocupam a 23ª posição. Suzuki/Pantano, com um ponto, a 26ª.

A próxima etapa acontece em Nurburgring, na Alemanha, nos dias 01 e 02 de junho.

Final, prova 2, domingo 12 de maio:

1 – Cameron-Griffin (Ferrari 458) – Mtech – 28 voltas
2 – Ramos-Pastorelli (Corvette Z06) – V8Racing – 7″576
3 – Andrea Montermini (Ferrari 458) – Villorba – 24″082
4 – Rosell-Mavlanov (Ferrari 458 GT3) – Russian Bears – 27″768
5 – Beretta-Lyons (Ferrari 458 GT3) – AF Corse – 33″512
6 – Talkanitsa-Talkanitsa (Ferrari 458) – AF Corse – 39″598
7 – Hamilton-Schirò (Porsche 997) – DriveX – 45″101
8 – Tutumlu-Deverikos (Porsche 997 R) – Autorlando – 45″841
9 – Van Der Drift-Razia (McLaren MP4-12C) – BhaiTech – 46″115
10 – Bontempelli-De Marco (Ferrari 458 GT3) – Kessel – 47″003
11 – Suzuki-Pantano (McLaren MP4-12C) – BhaiTech – 47″206

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *