GT3 Brasil: Categoria planeja competir em 3 países já em 2008

Como parte do plano de internacionalização da categoria, próxima temporada deve contar com provas também na Argentina e no Uruguai.

 


Com apenas cinco meses de existência, o Brasil GT3 Championship já conta com planos ambiciosos. A categoria, que encerrou a temporada há duas semanas em Interlagos, pretende fazer em 2008 corridas em mais dois países além do Brasil. Já estão confirmadas provas na Argentina e no Uruguai, cujas datas serão anunciadas oficialmente em breve. A iniciativa, inclusive, levará neste fim de semana uma delegação brasileira a Punta Del Leste, no Uruguai, onde realizará neste fim de semana uma demonstração com os supercarros para o público aficionado local.


A corrida na Argentina será realizada em San Luis, cidade localizada a 820 quilômetros da capital Buenos Aires, em um novo autódromo que atualmente encontra-se em fase final de construção.


No Uruguai, os bólidos da GT3 prometem fazer a corrida mais charmosa do ano no balneário de Punta Del Este, um destino turístico conhecido mundialmente pela beleza natural e arquitetônica. Será a primeira corrida de rua da história da GT3.


“Desde a estréia da GT3, em agosto deste ano, temos recebido contatos de fãs e pilotos de países vizinhos perguntando sobre a viabilidade de fazer um campeonato de supercarros lá também”, revela Antonio Hermann, sócio de Walter Derani e do francês Stephane Ratel na SRO Latin America, empresa que promove a categoria. “Já era nossa intenção fazer provas nos países vizinhos, pois sabemos do apelo dos carros da GT3. As marcas envolvidas e sua qualidade técnica são praticamente lendários no mundo do automobilismo. Por isso  possuem apelo internacional”. Justamente por isso, a categoria também vai ganhando a adesão de competidores ilustres. É o caso do tricampeão mundial Nelson Piquet, que anunciou sua intenção de participar do torneio a partir de 2008, com o belo e agressivo Ford GT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *