GT3 Brasil: Confira a matemática do título

Postulantes à taça de campeão da primeira temporada da GT3 no Brasil não terão tarefa fácil em Interlagos.

O circuito paulistano de Interlagos recebe neste final de semana outra final eletrizante: o Brasil GT3 Championship chega a sua reta final para a disputa das duas últimas etapas da temporada e com seis pilotos reunindo chances de título. A dupla formada por Xandy Negrão e Andreas Mattheis lidera a classificação com 63 pontos. A liderança, inclusive, foi assumida apenas na última rodada dupla, válida pela 7ª e 8ª etapas, disputadas em Goiânia. Para conquistar o título, a dupla precisa somar 14 pontos nas duas etapas. Em outras palavras, para depender apenas de seus resultados e não levar em conta o que for obtido por seus adversários, somente duas combinações de classificação nas corridas garantiriam o título Xandy e Mattheis: uma vitória e um quarto lugar ou uma segunda e terceira colocações.

A vice-liderança tem dois pilotos empatados: Paulo Bonifácio e Alceu Feldmann, que corriam em dupla até a rodada de Goiânia e lideraram a disputa até aquela etapa, somam 57 cada um. Para Interlagos, competindo agora com outros parceiros, Bonifácio correrá em companhia de Luciano Burti, enquanto Feldmann acerta os detalhes finais de sua participação em São Paulo. Seu provável parceiro poderá ser Abramo Mazzochi, que não correu em Goiânia em virtude do forte acidente sofrido com o Dodge Viper em Curitiba.

Com a dupla separada existe, assim, a possibilidade de o primeiro título do Brasil GT3 Championship ficar nas mãos de apenas um piloto, e não de uma dupla, já que os pontos conquistados são os mesmos para ambos os pilotos que correram juntos.

Também com chances de título os pilotos Cláudio Ricci e Walter Derani podem garantir a honraria para a Ferrari, já que aceleram um modelo F430. Juntos, eles somam 48 pontos na terceira posição do campeonato de pilotos. Entretanto, para conquistar o título, a dupla precisa contar com dois maus resultados de seus concorrentes diretos ao título e no mínimo somar 14 pontos – empatando em 63 pontos com Xandy/Mattheis, a dupla da Ferrari perde o título pelo número de vitórias, que é o primeiro critério de desempate.

Confira a classificação de pilotos:

1º) Xandy Negrão/Andreas Mattheis, 63 pontos;
2º) Paulo Bonifácio/Alceu Feldmann, 57
3º) Cláudio Ricci/Walter Derani, 48
4º) Abramo Mazzochi/Ramon Matias, 32
5º) Alencar Junior/Rafael Derani, 30
6º) Luiz Paternostro/Renato Cattalini, 25
7º) Antonio Hermann, 21
8º) Lico Kaesemodel, 15
9º) Marcelo Fernandes/Sergio Laganá, 11
10º) Roberto Moreno/Carlos Crespo, 10
11º) Paulo de Tarso/Leo Burti, 7
12º) Valdeno Brito, 6
       Fábio Casagrande, 6
14º) Amilcar Collares, 4
15º ) Sergio Lúcio, 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *