GT3 Brasil: De pneus novos, Xandy e Mattheis lideram primeiro treino

Vantagem de 0s924, no entanto, não foi suficiente para Tranqüilizar os líderes do campeonato. Acréscimo de 30 kg ao peso doFord GT V8 deve equilibrar a disputa em São Paulo

Usando pneus novos, Xandy Negrão e Andreas Mattheis lideraram com folga o primeiro treino livre para a quarta rodada do Telefônica Speedy GT3 Brasil, realizado nesta sexta-feira em Interlagos. A dupla abriu 0s924 de vantagem para os segundos colocados, Antonio Hermann e Valdeno Brito, e 1s004 para Renato Cattalini e Antonio Jorge Neto, que terminaram a manhã em terceiro.


 


A diferença, no entanto, não foi suficiente para tranqüilizar os líderes do campeonato, que esperavam uma folga ainda maior pelo fato de terem sido os únicos a usar pneus novos. “Estamos carregando mais 30 kg de lastro nesta etapa, e isso está fazendo a diferença”, avaliou Mattheis. “Saímos com uma condição de pneu muito boa, e o resultado desse treino mostra que o equilíbrio entre os carros da categoria deve ser maior nesta corrida. No total estamos levando 140 kg de lastro, uma penalização bastante severa para qualquer carro”, acrescentou.


 


Para Antonio Hermann, que voltou à categoria depois de ficar ausente na etapa de Brasília, o Porsche 997 GT3 S manteve a tendência de melhora demonstrada na Capital Federal, o que resultou no bom início de trabalho em São Paulo. “Estamos carregando 10 kg de lastro, mas a FIA determinou o uso de um redutor maior na entrada de ar do motor, o que fez com que o desempenho do nosso carro melhorasse bastante nos trechos de reta”, opinou Hermann.


 


Treino interrompido – o treino da manhã de hoje em Interlagos foi interrompido poucos minutos antes do final em virtude do forte acidente com o Ferrari F430 V8 de Walter Derani na reta dos boxes. O piloto chocou-se várias vezes contra a parte interna do muro de proteção, depois de perder o controle do carro devido a um pneu furado.


 


“Já tinha colocado a sexta marcha quando a traseira desgarrou e virei passageiro do carro. Bati diversas vezes no muro, mas está tudo bem. Deus esteve do meu lado hoje”, declarou Derani, que forma dupla com Giuliano Losacco na equipe CRT Brasil. Em virtude do acidente, os dois não devem participar do segundo treino de hoje, mas continuam disputando a etapa. “Talvez até seja possível voltarmos à pista na parte da tarde, mas a equipe ainda está avaliando nossa real condição de disputar esse treino”, declarou Derani.


 


O resultado completo do primeiro treino livre do Telefônica Speedy GT3 Brasil em São Paulo foi o seguinte:


 


1º) A.Mattheis/X.Negrão (FG, RJ/SP), 1:36.109, média de 161.40 Km/h
2º) A.Hermann/V.Brito (P9, SP/PB), 1:37.033
3º) R.Cattalini/Jorge Neto (F4, PR/SP), 1:37.113
4º) M.Hahn/A.Khodair (F4, SP/SP), 1:37.165
5º) W.Salles/R.Rosset (FG, RJ/SP), 1:37.381
6º) L.Kaesemodel/A.Feldmann (VC, PR/PR), 1:37.390
7º) A.Rodrigues/L.Burti (VC, RJ/SP), 1:37.627
8º) P.Bonifacio/I.Hoffmann (LG, SP/PR), 1:37.651
9º) W.Ebrahim/F.Ebrahim (VC, PR/PR), 1:37.737
10º) E.Fittipaldi/W.Fittipaldi (P9, SP/SP), 1:38.658
11º) C.Crespo/R.Moreno (F4, SP/DF), 1:38.893
12º) C.Ricci/R.Derani (F4, RS/SP), 1:38.928
13º) W.Derani/G.Losacco (F4, SP/SP), 1:39.080
14º) A.Mazzochi/M.Stumpf (VC, RS/RS), 1:39.279
15º) F.Casagrande/G.Negrão (VC, DF/SP), 1:41.003

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *