GT3 Brasil: Nelson Merlo compete com o Viper

Piloto paulistano, campeão de várias categorias de base, faz sua estréia no Itaipava GT3 Brasil.

A terceira rodada dupla do Itaipava GT3 Brasil tem mostrado caras novas nos boxes de Interlagos. Depois de Chico Serra/Bruno Garfinkel (Lamborghini Gallardo), e Chico Longo/Daniel Serra(Ferrari Scuderia), Nelson Merlo terá nas mãos em São Paulo o volante de um Dodge Viper, carro com mais de 500 cavalos de potência.

Ele será parceiro do gaúcho Renato Stumpf, pai de Matheus Stumpf – que já compete no certame em dupla com Ramon Matias –, e vai alinhar no grid de largada o segundo Dodge Viper da Scuderia Occhi.

Merlo é o único piloto brasileiro que conquistou todos os campeonatos de carros monopostos no Brasil, sendo campeão da Fórmula São Paulo em 2004, da extinta Fórmula Renault em 2005 e da Fórmula 3 Sul-Americana em 2008. Ele demonstrou empolgação com a estréia no Itaipava GT3 Brasil.

“Gostei muito da categoria e já a acompanhava fazia algum tempo, e quando vi a oportunidade de competir aqui, não pensei duas vezes”, afirmou o piloto de 25 anos. “Encarei os treinos de sexta-feira como um aprendizado. Andei atrás do Ramon Matias para pegar as referências com este carro, que é muito diferente dos fórmulas a que eu estava acostumado”, explicou. “Mas ele tem muita aceleração. Quero andar para valer com pista seca e sentir todo seu potencial”, contou.

No caso de Renato, a oportunidade surgiu a partir da convivência da família com a equipe. “Estou sempre nas corridas acompanhando o Matheus, e como surgiu a possibilidade de correr com o segundo Viper da equipe, topei”, comentou ele, que já disputou uma prova do Itaipava GT3 Brasil no ano passado, em Curitiba (PR).

A Scuderia Occhi, por sua vez, vem de dois bons resultados na temporada 2009. Na 3ª e 4ª etapas, disputadas em maio no autódromo de Curitiba, Matheus e Ramon fecharam o final de semana com uma vitória e um segundo lugar. Já o patriarca da família Stumpf começou sua carreira de piloto no kart e, há quatro anos, disputa o campeonato gaúcho de Fórmula 1.6 – categoria equivalente à antiga Fórmula Ford que existia no País. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *