GT3 Brasil: “Problemas eletrônicos foram, aparentemente, solucionados”, apostam Negrão e Mattheis

Dupla atual campeã da categoria terminou o primeiro treino livre desta sexta-feira, em Santa Cruz do Sul, andando na frente. Segunda posição ficou com Porsche 997 GT3 Cup Boxer de Valdeno Brito e Norberto Gresse Filho.



Os problemas eletrônicos que impediram uma provável vitória da dupla Xandy Negrão e Andreas Mattheis na primeira corrida da rodada dupla do Rio de Janeiro, há cerca de um mês, parecem mesmo ter sido solucionados para as provas deste domingo do Telefônica Speedy GT3 Brasil, em Santa Cruz do Sul (RS).

A confiança da equipe A. Mattheis Motorsports em uma rodada livre de complicações dessa natureza aumentou depois dos testes particulares realizados pelo time na semana passada, e cresceu ainda mais nesta sexta-feira, após o primeiro ensaio oficial para a sexta rodada dupla do calendário.

Xandy Negrão terminou o dia com a marca de 1min19s351, um resultado considerado positivo em virtude das condições da pista. Embora na semana anterior a equipe tenha registrado 1min18s2 com pneus novos, e 1min18s8 com um jogo já usado, Negrão manteve a confiança para as provas deste domingo.

“Percebi o carro um pouco arisco quando ando no tráfego, mas o importante é que conseguimos, aparentemente, solucionar os problemas eletrônicos que vinham incomodando a equipe”, declarou o atual campeão. “Dentro das condições da pista, que está mais quente e mais suja que na semana passada, os tempos foram bons”, acrescentou.

O primeiro treino livre para a etapa de Santa Cruz do Sul terminou com o Porsche 997 GT3 Cup Boxer de Valdeno Brito e Norberto Gresse Filho na segunda posição. A dupla, que formou parceria pela primeira vez na rodada de Brasília – quando Gresse, na época, substituiu Antonio Hermann –, foi refeita para a rodada deste fim de semana e, mesmo com pneus bastante usados, ficou a apenas 0s3 do Ford GT V8 de Negrão e Mattheis.

“Treinamos nesta semana no circuito e isso, sem dúvida, ajudou. Mas ainda tem muita coisa para acontecer, e o resultado de um treino livre não é suficiente para fazermos um prognóstico para todo o fim de semana. Vamos ter uma certeza maior quando formos para a pista para a sessão de classificação, com todos os carros usando pneus novos e buscando o limite”, disse Valdeno.

O resultado completo da primeira sessão de treinos livres do Telefônica Speedy GT3 Brasil em Santa Cruz do Sul foi o seguinte:
1º) A.Mattheis/X.Negrão (FG, RJ/SP), 1:19.351, média de 160.14 Km/h
2º) V.Brito/N.Gresse (P9, PB/SP), 1:19.653
3º) W.Salles/R.Rosset (FG, RJ/SP), 1:20.324
4º) P.Bonifacio/I.Hoffmann (LG, SP/PR), 1:20.619
5º) C.Ricci/R.Derani (F4, RS/SP), 1:21.566
6º) C.Urnhani/A.Khodair (F4, SP/SP), 1:21.574
7º) A.Feldmann/D.Landi (VC, PR/SP), 1:21.611
8º) R.Matias/M.Stumpf (VC, RS/RS), 1:21.667
9º) R.Cattalini/Jorge Neto (F4, PR/SP), 1:21.695
10º) W.Ebrahim/F.Ebrahim (VC, PR/PR), 1:21.708
11º) W.Derani/G.Losacco (F4, SP/SP), 1:22.580
12º) W.Fittipaldi/A.Hermann (P9, SP/SP), 1:23.816
13º) E.Nascimentos/L.Burti (VC, RJ/SP), 1:24.173
14º) C.Rosa/S.Lucio (F4, RS/SP), 1:24.744

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *