GT3 Brasil: Rodolpho Santos/Walter Derani fazem 4º melhor tempo do dia

Jovem piloto goiano afirma que o Ferrari F430 está quase pronto para a disputa da nona etapa do Itaipava GT3 Brasil.

A dupla formada pelo goiano Rodolpho Santos e o paulista Walter Derani, da equipe CRT, terminou o primeiro dia de treinos livres com o quarto melhor tempo do Itaipava GT3 Brasil. A melhor volta foi de 1min37s661, 1s661 atrás dos primeiros colocados, Allam Khodair e Marcelo Hahn, que fizeram 1min35s950. Santos/Derani, dupla, que divide o volante de um Ferrari F430, ocupa a quinta colocação no campeonato com 81 pontos, contra 107 dos líderes Cláudi Ricci e Rafael Derani, da mesma equipe, que também correm com uma máquina da marca italiana.

A quinta rodada dupla da competição acontece nesse final de semana no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. A categoria integra o Itaipava GT Brasil, maior evento de Gran Tusrismo do Brasil, que conta ainda com a disputa da sexta etapa do Itaipava Trofeo Maserati e da quinta etapa da Copa Renault Clio. Além do Ferrari F430, disputam a categoria outras supermáquinas: Ferrari Scuderia, Porsche 997 e Lamborghini Gallardo.

Santos, de apenas 21 anos, é o piloto mais jovem do grid, e diz confiar no acerto do Ferrari F430 para fazer uma boa prova nesse sábado. “O carro está muito bom. Só falta melhorar um pouco a traseira, já que o carro estava escapando um pouco”, avaliou o competidor, que nas duas últimas temporadas disputou a Fórmula 3 Sulamericana. Porém esse acerto, segundo ele, dependerá do clima, e as previsões não são das mais animadoras, de acordo com dois dos principais portais meteorológicos do país. No sábado, o tempo deverá permanecer nublado. No domingo, pode chover durante o horário da corrida.

A manhã de hoje foi de clima instável em Interlagos e com momentos de finas garoas, o que prejudicou o treino da manhã. “Não deu para fazer muita coisa”, afirmou Santos. Na parte da tarde, o goiano abriu o segundo treino livre com pista seca. Mas passou o volante para o companheiro quando começou a garoar. “O Walter só conseguiu fazer duas voltas antes de voltar a chover”, afirmou o piloto. Se o tempo permanecer instável, a equipe cogita nem participar do último treino livre, que acontece nesse sábado, às 8h. “Melhor não arriscar. O que vale mesmo é o tempo da tomada de tempos, que define o grid”, explicou.

O Itaipava GT3 Brasil prossegue nesse sábado, com a realização da nona etapa da competição, às 15h30. No domingo, acontece a décima etapa, a partir das 11h. Os treinos classificatórios para as duas provas acontecem às 11h e às 11h40, respectivamente. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *