GT3 Brasil: Valdeno Brito/ Matheus Stumpf vencem pela segunda vez e assumem liderança do campeonato

Prova deste domingo (16) foi encerrada em bandeira amarela após acidente entre Pedro Queirolo e Marcos Gomes

Numa corrida de sobreviventes, em que apenas seis carros da Itaipava GTBR3 cruzaram a linha de chegada, Valdeno Brito sobreviveu ao ataque de Allam Khodair para vencer pela segunda vez no fim de semana, assumindo a liderança no Itaipava GT Brasil. O adversário, que terminou em segundo lugar, tirou a diferença de seis segundos em relação ao líder, mas foi surpreendido por uma bandeira amarela nas últimas voltas, impedindo qualquer tentativa de ultrapassagem – a bandeirada foi dada com a prova ainda neutralizada. “Essa foi suada. Eu sabia que o Allam estava chegando, a equipe me avisou e eu estava acelerando tudo o que podia, classificando”, contou Valdeno Brito.

Para ele, a interrupção veio em ótima hora: com a segunda vitória no fim de semana, conquistada em parceria com Matheus Stumpf, a dupla saltou para o primeiro lugar no campeonato, superando os antigos líderes, Claudio Dahruj e Rafael Daniel, que abandonaram a seis voltas do fim. A bandeira amarela foi provocada por um acidente envolvendo Pedro Queirolo e Marcos Gomes na disputa pelo quarto lugar. “Eu vinha segurando muita gente, procurei ser limpo e achei que conseguiria chegar assim. Mas aí o Marquinhos tentou a ultrapassagem por fora, nos tocamos e rodamos”, disse Pedro Queirolo.

No acidente, ocorrido no ’S’ do Senna, ele sofreu com o acelerador travado e os dois voltaram a se bater já na aproximação da Curva do Sol, parando na pista e provocando a entrada do safety car. “Eu tinha certeza que a vitória seria nossa. Pelos tempos de volta, o Valdeno tentaria segurar, mas nosso carro era superior e dificilmente ele conseguiria. Nós estávamos dispostos a vencer e faríamos de tudo para ganhar”, contou Allam Khodair, que divide a pilotagem de um Lamborghini Gallardo LP560 com Marcelo Hahn. Valdeno Brito e Matheus Stumpf guiam um Ford GT.

“Ainda há diferença no desempenho dos carros, estamos trabalhando dentro das nossas limitações, mas temos espaço para crescer no campeonato. Nossas vitórias não podem ser tomadas como base para o processo de equilíbrio da categoria”, acrescentou Valdeno Brito. A briga deles era, primeiro, com os próprios companheiros de equipe, Aluízio Coelho e Lico Kaesemodel, que chegaram a liderar. Mas a dupla parou um pouco depois e a estratégia não funcionou. Pegaram carros mais lentos na volta de entrada nos boxes e caíram para o segundo lugar.

Depois, ainda seriam ultrapassados por Allam Khodair. Mesmo assim, com um carro em primeiro e outro em terceiro, a equipe assumiu a liderança do campeonato também entre os times. Linneu Linardi e Júlio Campos fizeram boa prova e ficaram com o quarto lugar após o acidente que provocou a bandeira amarela no final. Chico Longo e Daniel Serra acabaram em quinto e Vanue Faria marcou bons pontos em sexto. O irmão dele, Cleber Faria, não largou em função de um princípio de incêndio no carro antes de alinhar no grid. A próxima etapa do Itaipava GT Brasil, com as corridas de número sete e oito, será realizada nos dias 15 e 16 de maio, no Rio de Janeiro.

O RESULTADO FINAL DA CORRIDA
1º) 7 – V.Brito/M.Stumpf (FO, PB/RS), 29 voltas em 52:09.879 (média de 143,73 km/h)
2º) 16 – M.Hahn/A.Khodair (LA , SP/SP), a 0.069
3º) 5 – L.Kaesemodel/A.Coelho (FO , PR/SP), a 2.168
4º) 100 – L.Linardi/J.Campos (FE , SP/PR), a 2.495
5º) 19 – C.Longo/D.Serra (LA , SP/SP), a 2.911
6º) 105 – Vanue Faria (LA , SP), a 1 volta
7º) 72 – C.Federico/L.Medrado (FC , SP/SP), a 1 volta
8º) 82 – M.Mello/W.Freire (MA , SP/SP), a 2 voltas
9º) 75 – Henrique Assunção (MA , SP), a 2 voltas
10º) 99 – R.Ribeiro/Sondermann (MA , SP/SP), a 2 voltas
11º) 81 – Carlos Burza (MA , SP), a 2 voltas
12º) 121 – R.Stefanini/J.Marcelo (MA , SP/SP), a 2 voltas
13º) 57 – S.Laganá/A.Hellmeister (FC , SP/SP), a 2 voltas
14º) 73 – O.Federico/R.Navarro (MA , SP/SP), a 3 voltas
15º) 21 – V.Rossete/F.Greco (FC , SP/SP), a 3 voltas
16º) 13 – Pedro Queirolo (VI , SP), a 4 voltas
17º) 69 – M.Gomes/T.Viana (LA , SP/SP), a 4 voltas
18º) 8 – C.Dahruj/R.Daniel (LA , SP/SP), a 6 voltas
19º) 3 – R.Derani/C.Ricci (FE , SP/RS), a 11 voltas
20º) 70 – W.Derani/A.Pizzonia (FE , SP/AM), a 14 voltas
21º) 44 – R.Amaral/M.Olio (MA , SP/SP), a 16 voltas
22º) 55 – Renan Guerra (MA , SP), a 20 voltas
23º) 17 – M.Santanna/L.Vital (VI , SP/SP), a 26 voltas
24º) 33 – B.Garfinkel/R.Mauricio (LA , SP/SP), a 27 voltas
25º) 77 – C.Serra/J.Adibe (LA , SP/SP), a 28 voltas

CLASSIFICAÇÃO EXTRA-OFICIAL DO CAMPEONATO (APÓS 6 DE 16 ETAPAS)
1 Matheus Stumpf/Valdeno Brito, Ford, 96
2 Claudio Dahruj/Rafael Daniel, Lamborghini, 85 pontos
3 Bruno Garfinkel/Ricardo Maurício, Lamborghini, 57
3 Marcelo Hahn/Allam Khodair, Lamborghini, 57
3 Lico Kaesemodel, Ford GT, 57
6 Julio Campos, Ferrari, 55
7 Pedro Queirolo, Dodge Viper, 48
7 Rafael Derani/Claudio Ricci, Ferrari, 48
7 Daniel Serra/Chico Longo, Lamborghini, 48
10 Aluizio Coelho, Ford GT, 45
11 João Adibe/Chico Serra, Lamborghini, 36
12 Linneu Linardi, Ferrari, 34
13 Thiago Viana/Marcos Gomes, Ferrari, 33
14 Walter Derani/Antonio Pizzonia, Ferrari, 31
15 Vanue Faria, Lamborghini, 29
16 Andreas Mattheis/Xandy Negrão, Ford, 22
17 Beto Monteiro, Porsche, 21
18 Cleber Faria, Lamborghini, 19
19 Leo Burti, Ford, 11
20 Eduardo Souza Ramos/Leandro Almeida, Ford, 10
21 Roberto Posses/Betinho Gresse, Porsche, 7
22 Fernando Poeta/Fabio Carreira, Ferrari, 5
23 Marcello Sant’Anna/Leonardo Vital, Dodge Viper, 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *