GT3 Brasil: Wilsinho Fittipaldi faz planos de competir na GT3

Um dos pilotos mais representativos do automobilismo brasileiro deverá voltar às pistas ainda este ano na nova categoria nacional.

Mais um nome de grande representatividade do automobilismo brasileiro deverá alinhar no grid do Brasil GT3 Championship. Wilson Fittipaldi Junior iniciou conversas na última semana para fazer parte do novo campeonato nacional que coloca nas pistas supercarros que povoam o imaginário do amante de automóveis.

Inicialmente, as conversas estão sendo mantidas com Antonio Hermann, piloto e organizador da categoria, Washington Bezerra, chefe de equipe do próprio Hermann, e com o diretor-esportivo da equipe CRT, Edgard Mello Filho. “Conversei com eles há poucos dias. Na próxima semana vou me encontrar com o Edgard e estou analisando as possibilidades”, afirmou o criador da equipe Fittipaldi, único time brasileiro na Fórmula 1. No entanto, Wilsinho ainda não demonstrou preferência por um modelo em particular: “É uma gama de carros tão boa que não há como escolher. Tudo vai depender do que for acertado com a equipe”. A equipe dirigida por Bezerra compete com modelos Porsche 997 GT3, enquanto a CRT utiliza os Ferrari F430.

Wilsinho quer estrear o mais rápido possível, ainda no Rio de Janeiro, na terceira rodada dupla que acontece nos dias 29 e 30 de setembro em Jacarepaguá. “Gostaria de correr já este ano, talvez nas duas últimas provas em São Paulo, ou até mesmo no Rio”, disse Fittipaldi, que se declarou um entusiasta da nova categoria brasileira: “Tenho acompanhado pela imprensa”, contou. “É uma categoria excepcional. Pela primeira vez criaram um equilíbrio entre os carros, o que é muito importante para tornar a categoria competitiva e interessante para o público, com um campeonato que tenha vários vencedores com carros diferentes durante toda a temporada. Gostei muito”, elogiou o ex-piloto e chefe de equipe de Fórmula 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *