GT3: Moreno e Mattheis cravam as poles em Goiânia

Ambas as sessões de classificação foram marcadas pelo mau tempo. Andréas Mattheis colocou o Viper na pole para a primeira corrida. Roberto Moreno marcou o melhor tempo e larga na frente na segunda. Rodada dupla de domingo pode definir título.

O calor deu lugar ao mau tempo em Goiânia e as pole-positions do Brasil GT3 Championship ficaram nas mãos de Andréas Mattheis (Dodge Viper) e Roberto Pupo Moreno (Ferrari F430), respectivamente, que largam na frente da 7ª e 8ª etapas neste domingo. A primeira sessão, que definiu o pole da 7ª etapa, ocorreu com uma leve chuva no início do treino. Já na segunda os pilotos tiveram tempo de fechar poucas voltas rápidas até que um forte temporal com ventos muito fortes desabasse sobre o autódromo goiano. A chuva acabou por marcar presença no momento mais importante até aqui, já que toda a sexta-feira e quase todo o sábado transcorreram sob forte calor entre 33ºC e 37ºC.

A etapa goiana pode acabar se tornando a mais importante da temporada, já que existe a possibilidade de uma definição antecipada do título. Os líderes do torneio, Paulo Bonifácio e Alceu Feldmann (Lamborghini Gallardo) possuem 13 pontos de vantagem sobre Mattheis e seu parceiro, Xandy Negrão – 56 contra 43 pontos, respectivamente. Como a categoria concede 10 pontos à dupla vencedora de cada etapa, e já que haverá apenas mais uma rodada dupla na temporada (em Interlagos), caso Boni e Alceu saiam de Goiânia com mais de 20 pontos de vantagem já terão garantido o título. Matematicamente outras duas duplas têm chances: Claudio Ricci e Walter Derani (36 pontos) e Luiz Paternostro e Renato Catallini (18).

Segundo colocados no campeonato, Xandy e Mattheis garantiram importante vantagem sobre os líderes Paulo Bonifácio e Alceu Feldmann, que partirão em terceiro nas duas corridas com a Lambo de número 7. Bonifácio e Feldmann ganharam quatro provas contra duas de Xandy e Mattheis. Somam 56 pontos, 13 à frente dos rivais mais próximos.

Pouco antes do início das sessões classificatórias, as nuvens se fecharam sobre o Autódromo Internacional Ayrton Senna. O vento era bem-vindo pelas equipes, pois ajudaria a esfriar o asfalto e melhorar o desempenho dos carros. “Foi exatamente isso o que aconteceu”, disse Moreno. “A pista ficou bastante bem mais rápida. Contudo, a poucos minutos depois do começo do primeiro treino, a chuva, ainda que de forma leve, caiu sobre o traçado, umedecendo-o o suficiente para atrapalhar a vida dos pilotos”.

Pilotando o seu carro substituto – um Dodge Viper, já que o oficial, Lamborghini Gallardo, teve o motor quebrado pelo excessivo calor da sexta-feira –, Andréas Mattheis foi o mais eficiente nas condições úmidas do asfalto e marcou 1min28s093 na parte final do treino. Parceiro de Alencar Júnior, Rafael Derani andou forte com a Ferrari F430 e marcou o segundo melhor tempo. Paulo Bonifácio (companheiro de Alceu Feldmann) colocou o Lamborghini Gallardo dos líderes do campeonato em terceiro lugar, com Renato Cattalini (Luiz Paternostro) em quarto e Carlos Crespo (Roberto Moreno) fechando os cinco primeiros colocados.

O segundo treino foi ainda mais atípico. Assim que a pista foi liberada, os pilotos se apressaram em fechar voltas rápidas, pois uma forte chuva se anunciava. Roberto Pupo Moreno cravou 1min28s377 em sua quarta volta e vai largar na frente na oitava etapa. É a primeira pole-position do ex-piloto de Fórmula 1 no Brasil GT3 Championship. Parceiro de Mattheis, Xandy Negrão marcou o segundo melhor tempo, com Alceu Feldmann colocando o Lamborghini Gallardo em terceiro e Alencar Junior fechando a segunda fila. Cláudio Ricci (Walter Derani), que havia dominado os treinos extras de sexta-feira, teve um pneu furado e quando saiu à pista a chuva já havia começado. Assim, fechou apenas uma volta rápida, em 1min47s427, correspondente à oitava posição.

O Dodge Viper número 13 da dupla Fábio Casagrande/Sergio Lúcio teve o câmbio quebrado após o quarto e último treino livre da tarde deste sábado e não saiu para a classificação. Assim, largará em último em ambas as corridas. A 7ª etapa tem largada prevista para as 10h30, enquanto a da 8ª acontece às 14h45.

Confira o grid de largada para a 7ª etapa em Goiânia:

1º)  A.Mattheis/ X.Negrão  (VC, RJ/SP), 1:28.093, média de 156,72 Km/h
2º)  R.Derani/Alencar Jr  (F4, SP/GO), 1:30.135
3º)  P.Bonifacio/A.Feldmann  (LG, SP/PR), 1:30.204
4º)  R.Cattalini/Paternostro  (F4, PR/SP), 1:31.237
5º)  C.Crespo/R.Pupo Moreno  (F4, SP/SP), 1:32.354
6º)  W.Derani/C.Ricci  (F4, SP/RS), 1:32.710
7º)  A.Hermann/V.Brito  (P9, SP/PB), 1:33.699
8º)  S.Laganá/M.Fernandes  (F4, PR/RS), 1:38.957

Grid de largada para a 8ª etapa:

1º)  R.Pupo Moreno/C.Crespo  (F4, SP/SP), 1:28.337, média de 156,217 Km/h
2º)  X.Negrão/A.Mattheis  (VC, RJ/SP), 1:28.423
3º)  P.Bonifacio/A.Feldmann  (LG, SP/PR), 1:29.233
4º)  Alencar Jr/R.Derani  (F4, SP/GO), 1:30.196
5º)  V.Brito/A.Hermann  (P9, SP/PB), 1:30.218
6º)  L. Paternostro/R.Cattalini  (F4, PR/SP), 1:32.132
7º)  S.Laganá/M.Fernandes  (F4, PR/RS), 1:32.176
8º)  W.Derani/C.Ricci  (F4, SP/RS), 1:47.427

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *