II Super Kart Brasil: Alessandro Xavier conquista o bi-campeonato

Evento de enorme importância dentro do kartismo brasileiro, o Super Kart Brasil esteve na última semana em Registro, interior de São Paulo, levando o “circo” montado por sete dos maiores vencedores na história do esporte no Brasil para disputar sua 4ª edição. Dele fizeram parte mais de 70 pilotos, que buscavam a consagração e a vitória, além de mais de R$ 40 mil distribuídos através dos mais diversos prêmios. A prova serviu para homenagear Lucio Pasqual, o Tchê, preparador que cuidou de Ayrton Senna durante todo o tempo em ele competiu no kart.

O paranaense Alessandro Xavier (OLLA | Lillo | Sanifill | PomPom | Turma do Dudu | Neri Motorsport), campeão da edição número 2 disputada em Interlagos no mês de janeiro, foi um dos participantes. E tornou-se o único piloto fora do eixo Rio-São Paulo que conquistou um título em Registro.

Com uma vitória, dois segundos e um terceiro, Xavier sagrou-se bicampeão na categoria Sênior e somou este título a outras conquistas importantes, como, por exemplo, o tetra campeonato sul-brasileiro. “O Kartódromo de Registro é ‘show de bola’ e tem uma pista muito boa, de alta velocidade”, elogia Xavier. “Andamos lá pela primeira vez e nos adaptamos rápido. O nível dos adversários, como sempre, era muito elevado, e os pilotos da casa estavam muito rápidos por já terem o acerto ideal e conhecerem melhor a pista. Mas estivemos sempre entre os primeiros e andamos bem na chuva e no seco, liderando treinos”, lembra o paranaense.

O formato da competição previa a disputa de quatro baterias para cada categoria e a soma bruta dos pontos – não havia descartes – é que determinaria o campão do Super Kart Brasil 4. “É um formato que torna o campeonato bem interessante, pois a regularidade, estratégia e paciência são fundamentais para ser campeão. Traçamos nossa estratégia pensando nisso e deu certo”, recorda Alessandro Xavier, piloto da equipe Neri Motorsport, comandada pelo preparador Neri Cenci. “Minha equipe mais uma vez provou sua competência. Sem eles nada teria sido possível. Fizemos uma experiência com a Passoca Motosport, que também foi satisfatória, pois nos entregaram excelentes motores e carburadores e nos deram toda a assistência necessária. Muito profissionais”, agradece.

O acolhimento e a organização do evento, tanto por parte do Super Kart Brasil como pelo lado do Kartódromo de Registro, são pontos que o piloto OLLA | Lillo | Sanifill | PomPom | Turma do Dudu | Neri Motorsport destaca de forma entusiasmada. “A organização mais uma vez está de parabéns. Fomos muito bem acolhidos”, agradece. “Estamos muito felizes, pois queríamos muito ganhar este campeonato, já que a homenagem ao Tchê trouxe um brilho ainda maior ao evento se tratando de quem ele é. Quando comecei no kart, há 10 anos, estive na oficina dele e ele foi muito atencioso, me dando várias dicas e conselhos que pratico até hoje. Sem desmerecer as outras edições do SKB, vencemos as duas mais históricas, as que homenagearam Mario de Carvalho e o Tchê, história pura”, emociona-se Alessandro Xavier.

Bicampeão do SKB, Alessandro Xavier agora foca sua preparação em sua primeira corrida fora do Brasil. Em novembro, nos Estados Unidos, ele disputará o Super Nationals (Skusa), uma das mais importantes competições do kartismo americano. “Estamos ansiosos. Vou integrar a equipe J3, junto com o Leonardo Nienkotter e o Francesco Ventre. Com certeza será muito bom e faremos o máximo para trazermos o título para o Brasil”, encerra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *