Indy 500: Sexta sessão de treino – 19 de Maio, saiba como foi o dia dos Brasileiros

Sexta e última sessão “oficial” de treinos – Primeiro dia complete de treino na pista do Autódromo de Indianápolis, o tempo foi excelente, contribuindo para altas velocidades. Muito trabalho de tráfego com 34 carros no dia de hoje, últimos acertos foram feitos para a tomada de tempo para o Grid da 90a. Edição da Prova de 500 Milhas de Indianápolis. O Americano Sam Hornish virou a melhor velocidade do dia – 224.951mph, seguido pelo piloto Scott Dixon, da Nova Zelândia – 227.332mph.

Hélio Castroneves – São Paulo/SP/Brasil – Marlboro Team Penske – carro 3 e 3t, foi o 4o. mais rápido – 226.654mph / 39.7081seg: “Vai ser uma batalha….o Sam tá realmente um cara muito rápido pra dominar assim do jeito que ele dominou. E eu estando lá do lado e meu carro realmente não rendeu o que rendeu, vai ser muito difíci. Mas agora nunca se sabe, né?! O segundo, terceiro e quarto, vai ser uma briga bem legal e não há dúvida que nós vamos tentar tá lá na primeira fila.” – menos tempo de treino devido ao tempo – “ainda não, o carro não tava legal, a gente arriscou muito, pra te falar…hoje. Talvez foi um pouqinho…longe do que deveria ir, mas vamos voltar amanhã, amanhã é o dia que vale a pena arriscar, porque é o dia que vale. Mas eu tô confidante, ainda acredito que o cara lá de cima vai me dar uma mãozinha.”

Tony Kanaan – Salvador/BA/Brasil – Team 7-Eleven – carro 11 e 11T, foi o 6o. mais rápido – 226.104mph / 39.8047seg: “Bom, hoje finalmente a gente conseguiu andar o dia inteiro, acho que a gente achou umas duas ou três coisas no acerto do carro que realmente foram muito boas pro carro de corrida e a gente conseguiu transferir isso pro carro de classificação. Amanhã se a gente conseguir largar aí enter os nove primeiros eu tô contente eu acho que com certeza pra corrida a gente vai dar trabalho.“

Felipe Giaffone – São Paulo/SP/Brasil – ABC Supply Co./AJ Foyt Racing – carro 14 e 14T, foi o 25o. mais rápido – 219.519mph / 40.9988seg: “Hoje foi um dia muito difícil, acho que foi o dia que eu mais andei e acho que foi o dia pior. Eu acho que foi, na verdade. Não conseguimos fazer muita coisa boa no carro, muitas das mudanças não deram certo. Eu acho que agora pra amanhã eu tenho que tentar pôr o carro na corrida e tentar arrumar o carro pra corrida, porque realmente a gente não achou a Velocidade que devida de ter achado.“

Vítor Meira – Brasília/Brasil – Panther – carro 4 e 4T, foi o 8o mais veloz – 225.336mph / 39.9403seg: “Hoje foi bom, a gente melhorou bastante o carro, tudo que a gente veio trabalhando durante a semana a gente pôs junto agora. E agora é só vê o que vai acontecer amanhã. Eu espero que vai dar a primeira ou a segunda fila, bem a primeira fila eu acho difícil, mas a segunda fila eu acho que a gente é capaz de chegar lá…e denovo, tem que agora otimizar o que a gente tem e ir pra amanhã.”

Thiago Medeiros – São Paulo/SP/Brasil – PDM Racing – carro 18 – depois do incidente de ontem, põe o carro pista no “Bump Day”: “Um “cockpit” reserva nós vamos começar a montar ele agora. Acho que amanhã nós vamos tentar andar pra classificação pra poder fazer uma instalação, pra saber se tá tudo certo, no lugar e vamos pro “Bump Day” no Domingo. Acho que minha confiança não mudou, eu percebi onde foi o meu erro, que eu tentei mudar a minha linha pra dar espaço pro outro piloto poder me passer e eu sei onde estava o meu erro…eu saí da trilha, onde tem aderência e saí fora na sujeira, o carro perdeu aderência e eu perdi a traseira do carro. Então é, a equipe tá tentando o melhor possível pra trabalhar e vamos botar tudo junto e vamos pro “Bump Day”.”

Airton Daré – Baurú/SP/Brasil – Sam Schmidt Motorsports – carro 88, foi o 27o. no dia de hoje – 218.860mph / 41.1221seg: “O dia foi bastante produtivo hoje, tiramos bastante “downforce” do carro, bastante arrasto do carro e o carro continuou bom, então eu achei que. Então eu achei que foi bastante produtivo porcausa disso, e a gente fez algumas mudanças no carro, todas elas melhorarm o carro. E eu tô bem melhor, tô mais confiante no carro, tô mais solto dentro do carro também. Então acho que amanhã é tentar…acho que a gente podia ter melhorado mais um pouquinho, mas resolvemos parar mais cedo para não gastar todas as milhas que a gente tem no motor. E vamos ver amanhã, se consegui ficar entre os 20 primeiros, é o objetivo.”

Última sessão de treinos antes da tomada de tempo acontecerá amanhã, das 9 às 11hrs da manhã, seguida pelo início da tão esperada classificação para todas as posições do Grid. Domingo pilotos tem a última oportunidade de conseguir uma melhor colocação no “Bump Day”. Carb Day acontece no dia 26 e a largada para a 90a. Edição da Prova de 500 Milhas de Indianápolis acontecerá às 13hrs do horário de Indianápolis, 14hrs do horário de Brasília do dia 28 de Maio no Autódromo de Indianápolis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *