IndyCar: Band não transmitirá a Indy; Transmissão será exclusiva do DAZN

A Fórmula Indy passará a ter uma nova casa no Brasil após décadas de transmissão pelo Grupo Bandeirantes. O site especializado em automobilismo “Grande Prêmio” confirmou que a Band não transmitirá mais a Indy em 2020. Assim, a plataforma de streaming DAZN será o único lugar em que o brasileiro poderá acompanhar as disputas da competição.

A saída da Band encerra uma parceria de longa data da emissora com a Indy. Nos anos 80, por meio de Luciano do Valle, a emissora paulista começou a transmitir as corridas da Indy que tinham como principal atrativo a participação de Emerson Fittipaldi após sua aposentadoria da Fórmula 1. A Band ajudou a tornar a categoria famosa no Brasil e, desde então, passou a ter uma relação muito próxima dos organizadores da Indy.

Entre 2010 e 2013, inclusive, ambas foram sócias no projeto de realizar a Indy em São Paulo. A SP Indy 300 foi realizada no Sambódromo do Anhembi durante quatro anos. A partir de 2014, porém, depois que Luciano do Valle morreu, a Band começou a reduzir investimentos na transmissão da Indy e, assim, deixou de realizar a etapa brasileira da Indy. Agora, a emissora deixará a categoria que ajudou a popularizar no país.

Nos últimos anos, a Band já vinha transmitindo menos provas ao vivo da Indy. Nesta última temporada, foram seis corridas ao vivo na TV aberta e outras 11 no canal BandSports. O DAZN, por sua vez, exibiu ao vivo as 17 provas do ano. Para 2020, a plataforma de streaming manterá a transmissão de todas as provas da Indy, agora com exclusividade.

Fonte: Máquina do Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *