IndyCar: Carlos Muñoz vence prova interrompida pela chuva em Detroit

O colombiano Carlos Muñoz (Andretti Autosport) venceu neste sábado (30/05), no circuito de rua de Belle Isle Park, em Detroit, a sétima etapa da temporada. Foi a primeira vitória do piloto na categoria. O norte-americano Marco Andretti completou a dobradinha da Andretti Autosport. O francês Simon Pagenaud (Penske) foi o terceiro.

Com a pista molhada, a prova começou com o Safety-Car a frente dos carros (todos calçados com pneus de chuva).

Pole-position, o australiano Will Power (Penske) manteve a ponta na largada. Mas logo na terceira volta, o atual campeão foi superado pelo japonês Takuma Sato (A.J. Foyt Racing).

Na mesma volta, a primeira bandeira amarela foi agitada. O venezuelano Rodolfo González (Dale Coyne) rodou sozinho e bateu na curva dois.

Na relargada na sexta volta um múltiplo acidente na curva um, provocou a segunda amarela. O britânico James Jakes (Schmidt Peterson Motorsports) e o monegasco Stefano Coletti (KV Racing) se tocaram, com o brasileiro Tony Kanaan (Chip Ganassi) levando um leve toque de Jakes e rodando. Na sequencia, o brasileiro foi acertado pelo norte-americano Graham Rahal (RLL). Rahal abandonou na hora, e Kanaan e Jakes, com os carros muitos avariados, indo para os boxes. Jakes perdeu uma volta. Kanaan permaneceu muito tempo nos boxes, retornando com 14 voltas de atraso.

Outra amarela foi agitada na 14ª volta, após o norte-americano Charlie Kimball (Chip Ganassi), com pneus para pista seca, bater forte na curva 2.

Com a pista secando, os lideres entraram nos boxes, para trocar os pneus. Andretti, que tinha antecipado a troca para os pneus de pista seca, assumiu a liderança.

Três amarelas, por detritos na pista, foram agitadas entre as voltas 21 e 31. A primeira por pedaços do carro de Sato espalhados na pista, depois de um toque entre o japonês e o norte-americano Josef Newgarden (CFH Racing). González provocou a amarela seguinte, ao bater novamente no muro, e deixar pedaços do carro espalhados.

O colombiano Gabby Chaves (Bryan Herta) levou um toque de Jakes, espalhou pedaços do carro na pista, e lento, provocou a sexta amarela.

Andretti teve um problema repentino (aparentemente na troca de marcha), e perdeu a várias posições.  Com os lideres indo para os boxes, Andretti retomou a ponta, com a parada de Power, que liderou duas voltas.

Andretti entrou nos boxes na 39ª volta, para reabastecer e trocar os pneus para os de chuva.

Muñoz assumiu a liderança, e permaneceu na pista por mais duas voltas. Construindo uma vantagem de 26 segundos sobre Andretti, até também entrar nos boxes, e colocar pneus de chuva. Muñoz voltou à pista com 21 segundos de vantagem sobre Andretti.

Com a chuva aumentando, a bandeira amarela foi novamente agitada. Acabando com toda a vantagem de Muñoz.

O italiano Luca Fillipi (CFH Racing) bateu forte na barreira de pneus. E a bandeira vermelha foi acionada. Depois de 20 minutos, a Direção de Prova encerrou a etapa, com 47, das 70 voltas programadas, disputadas.

Power terminou em quarto, seguido pelo neozelandês Scott Dixon (Chip Ganassi) e o brasileiro Hélio Castroneves (Penske).

Líder do campeonato, o colombiano Juan Pablo Montoya (Penske) terminou na décima posição. Kanaan chegou na 20ª posição.

Andretti liderou 23 voltas, Sato 12, Muñoz oito e Power quatro.

Amanhã acontecem os treinos classificatórios para a segunda prova. A prova está marcada para as 16h30min horas (horário de Brasília). 

Final:

1. Carlos Munoz Andretti Autosport Honda 47 voltas em 1h30m59s4501
2. Marco Andretti Andretti Autosport Honda + 30.2703s
3. Simon Pagenaud Team Penske Chevrolet + 32.3614s
4. Will Power Team Penske Chevrolet + 1:18.6078s
5. Scott Dixon Chip Ganassi Racing Team Chevrolet + 1:19.2517s
6. Helio Castroneves Team Penske Chevrolet + 1:21.8115s
7. Jack Hawksworth AJ Foyt Enterprises Honda + 1:23.1976s
8. Josef Newgarden CFH Racing Chevrolet + 1:23.7623s
9. Luca Filippi CFH Racing Chevrolet + 1:31.2735s
10. Juan Pablo Montoya Team Penske Chevrolet + 1 volta
11. Takuma Sato AJ Foyt Enterprises Honda + 1
12. James Jakes Schmidt Peterson Motorsports Honda + 1
13. Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Honda + 1
14. Sebastien Bourdais KVSH Racing Chevrolet + 1
15. Stefano Coletti KV Racing Technology Chevrolet + 1
16. Sage Karam Chip Ganassi Racing Team Chevrolet + 1
17. Tristan Vautier Dale Coyne Racing Honda + 1
18. Gabby Chaves BHA with Curb-Agajanian Honda + 1
19. Conor Daly Schmidt Peterson Motorsports Honda + 1

Abandonos:

Tony Kanaan Chip Ganassi Racing Team Chevrolet + 14 voltas
Rodolfo Gonzalez Dale Coyne Racing Honda + 22
Charlie Kimball Chip Ganassi Racing Team Chevrolet + 34
Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Racing Honda + 42

Volta mais rápida:

Jack Hawksworth AJ Foyt Enterprises Honda 1:19.8721s (105.919mph) na volta 30

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *