IndyCar desmente corrida no Rio; Prefeitura diz que está confiante em fechar contrato

Em sua conta no Twitter nesta quinta-feira, Marcelo Crivella afirmou que a Fórmula Indy voltará para o Rio de Janeiro em 2020 com um circuito que passará pelo Sambódromo e por trechos da Avenida Presidente Vargas. O prefeito anunciou a realização da prova atráves de um vídeo onde ele diz que recebeu os “organizadores da Fórmula Indy Americana”. A IndyCar, entretanto, desmentiu. O site americano “RACER” publicou que, apesar de o interesse do governo local ser “apreciado”, trata-se algo “unilateral no momento”, e não há planos para a realização desse evento.

A NBC Sports procurou a IndyCar e falou com o vice-presidente Stephen Starks, que confirmou que a categoria está sempre “em busca de cidades de alto nível para fazer os eventos, e o automobilismo teve corridas e pilotos excepcionais do Brasil. Contudo, no momento, está explorando as possibilidades que existem no país”. O site Motosport conversou com o CEO e presidente da Hulman & Company, dona da IndyCar, e ele disse que não sabia nada sobre a corrida, enquanto o presidente de operações afirmou: “Não há nada para comentar”.

Representante do Image Group, responsável pelos direitos da Indy no Brasil, Carlo Gancia falou que há uma “conversa inicial” e um “caminho a percorrer”. A assinatura do contrato para a realização do evento, segundo ele, precisa ocorrer até “meados de junho de 2019”. A previsão é de que a prova, caso seja fechada, aconteça entre abril e junho de 2020. O GloboEsporte.com procurou a assessoria de comunicação da Prefeitura do Rio de Janeiro, que afirmou que Crivella conversou com os organizadores, ofereceu ajuda para a realização do evento. A Prefeitura mantém confiança no fechamento do contrato.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *