IndyCar: Ed Carpenter vence GP do Texas

O norte-americano Ed Carpenter (Ed Carpenter Racing) venceu neste sábado (07/06), o GP do Texas, em Fort Worth, sétima etapa da temporada. Foi a terceira vitória de Carpenter na categoria, e a segunda pela própria equipe. O australiano Will Power e o colombiano Juan Pablo Montoya, parceiros na Penske, completaram o pódio.

Faltando sete voltas para o final, o japonês Takuma Sato (A.J.Foyt Racing) teve o motor estourado, provocando a terceira bandeira amarela da prova. Naquele momento da prova, Carpenter tinha 16 segundos de vantagem sobre Montoya.

Power, que após a sua última parada nos boxes teve que cumprir um drive-through (por excesso de velocidade nos pits), foi o único dos que estavam na volta do líder, a entrar nos boxes. O líder do campeonato, que com a punição havia caído de primeiro para sexto, colocou pneus novos.

Na relargada, para duas voltas em bandeira verde, Carpenter manteve a liderança, com Power fazendo uma série de ultrapassagens e colando na traseira do norte-americano na volta final.

Carpenter venceu com 0s52 de vantagem sobre Power, que se tivesse mais uma volta, certamente iria superar o norte-americano. Power liderou 145, das 248 voltas disputadas.

Montoya conquistou o seu melhor resultado até agora, em seu retorno a categoria.

O francês Simon Pagenaud (Schmidt Peterson) terminou em quarto, seguido pelos quatro carros da Chip Ganassi: o neozelandês Scott Dixon, o brasileiro Tony Kanaan, o australiano Ryan Briscoe e o norte-americano Charlie Kimball.

O russo Mikhail Aleshin (Schmidt Peterson) e o brasileiro Hélio Castroneves (Penske) completaram os dez primeiros.

Com as punições impostas após a prova, Castroneves passou para oitavo lugar.

A prova teve apenas três bandeiras amarelas. A primeira logo na 3ª volta, após o motor do norte-americano Marco Andretti (Andretti Autosport) estourar, e o carro pegar fogo na entrada dos boxes.

Pouco antes da metade da prova, o britânico Justin Wilson (Dale Coyne Racing) e o francês Sébastien Bourdais (KV Racing) bateram, provocando a segunda amarela. O motor estourado de Sato acionou a última amarela.

Power lidera o campeonato com 370 pontos, seguido por Castroneves com 331.

A próxima etapa, em sistema de rodada dupla, acontece em Houston, novamente no Texas, nos dias 28 e 29 de junho.

Final:

1 – Ed Carpenter (Dallara DW12-Chevy) Carpenter – 248 voltas
2 – Will Power (Dallara DW12-Chevy) Penske – 0″5247
3 – Juan Pablo Montoya (Dallara DW12-Chevy) – 0″5771
4 – Simon Pagenaud (Dallara DW12-Honda) Schmidt – 1″1514
5 – Scott Dixon (Dallara DW12-Chevy) Ganassi – 2″1510
6 – Tony Kanaan (Dallara DW12-Chevy) Ganassi – 2″4464
7 – Mikhail Aleshin (Dallara DW12-Honda) Schmidt – 1 volta
8 – Helio Castroneves (Dallara DW12-Chevy) Penske – 1
9 – Ryan Briscoe (Dallara DW12-Chevy) Ganassi – 1*
10 – Charlie Kimball (Dallara DW12-Chevy) Ganassi – 1*
11 – Josef Newgarden (Dallara DW12-Honda) Fisher – 1 *
12 – Graham Rahal (Dallara DW12-Honda) Rahal – 2
13 – Carlos Munoz (Dallara DW12-Honda) Andretti – 3
14 – Sebastian Saavedra (Dallara DW12-Chevy) KV – 4*
15 – James Hinchcliffe (Dallara DW12-Honda) Andretti – 4
16 – Jack Hawksworth (Dallara DW12-Chevy) Herta – 4
17 – Carlos Huertas (Dallara DW12-Honda) Coyne – 4

*Punidos com 30 segundos de acréscimo por não seguirem ordens da direção de prova

Abandonos:

Takuma Sato (Dallara DW12-Honda) Foyt – 239
Ryan Hunter-Reay (Dallara DW12-Honda) Andretti – 137
Sebastien Bourdais (Dallara DW12-Chevy) KV – 119
Justin Wilson (Dallara DW12-Honda) Coyne – 119
Marco Andretti (Dallara DW12-Honda) Andretti – 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *