IndyCar: Em Kentucky, Ed Carpenter vence pela primeira vez

O norte-americano Ed Carpenter(Sarah Fisher) venceu neste domingo (02/10), o GP de Kentucky, 19ª e penúltima etapa da temporada. Foi a primeira vitooria do piloto e da equipe na categoria. A dupla da Ganassi, o escocês Dario Franchitti e o neozelandês Scott Dixon, completaram o pódio.

Após a última relargada da prova, Carpenter e Franchitti fizeram um intenso duelo, lado a lado, nas 22 voltas restantes. Os dois carros receberam a bandeirada, separados por míseros 0s0098.

Franchitti alinhou em 11º, e contou com um trabalho perfeito da Ganassi nos boxes, para alcançar as primeiras posições durante os períodos em bandeira amarela. E ainda contou com o acidente do principal rival, o australiano Will Power (Penske).

Power, o pole-position, manteve a ponta da largada até a primeira parada nos pits, na 49ª volta. Dentro dos boxes, brasileira Bia Figueiredo (Dreyer & Reinbold) foi liberada pela equipe antes do tempo correto, colidindo com Power, que teve o Dallara-Honda danificado. O australiano caiu para a 23ª posição.

Com isso Franchitti assumiu o comando da prova, até a última bandeira amarela ser agitada, a menos de 40 voltas do final (Bia bateu forte no muro). Com a parada do norte-americano Graham Rahal (Ganassi) nos pits, na 170ª volta, Carpenter assumiu a segunda posição, duelando com Franchitti até a bandeira quadriculada, para vencer pela primeira vez depois de 113 provas disputadas na categoria. Ele liderou apenas oito voltas.

Franchitti, líder em 143 voltas, reassumiu a liderança do campeonato com 573 pontos, 18 a mais do que Power (19º colocado na prova).

Dixon completou o pódio. O canadense James Hinchcliffe (Newman/Haas) foi o 4º, seguido pelo norte-americano Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport) e o espanhol Oriol Servia (Newman/Haas).

O neozelandês Wade Cunningham (Sam Schmidt), em sua segunda corrida na categoria, terminou em 7º, seguido pelo australiano Ryan Briscoe (Penske). Se preparando para a prova de Las Vegas, o norte-americano Buddy Rice (Panther) foi o 9º, com a norte-americana Danica Patrick (Andretti Autosport) fechando os dez primeiros.

Vencedor da 500 Milhas de Indianápolis deste ano, o britânico Dan Wheldon (Sam Schmidt) tambem se preparando para a prova de Las Vegas, foi o 14º.

A prova não foi boa para os braisleiros. Vitor Meira (A.J.Foyt) foi o melhor em 16º, seguido por Tony Kanaan (KV Racing). Figueiredo abandonou, assim como Helio Castroneves (Penske).

Dos dois estreantes na categoria, ambos britânicos, Pippa Mann (Rahal Letterman Lanigan) terminou na 22ª posição e Dillon Battistini (Conquest) abandonou.

Além da batida de Figueiredo em Power, outros acidentes movimentaram os boxes. A suíça Simona de Silvestro (HWM), com os pneus frios, perdeu a traseira do carro, batendo no muro da KV Racing, e acertando um mecânico da equipe na sequência. Com a bandeira amarela agitada, vários carros foram para os pits. O norte-americano Marco Andretti (Andretti Autosport) e o britânico Alex Lloyd (Dale Coyne), se enroscaram, com ambos abandonando. Pouco depois o norte-americano JR Hildebrand (Panther) acertou um membro de sua equipe.

A última etapa, em Las Vegas, acontece no dia 16 de outubro.

Final:

1º. Ed Carpenter, Sarah Fisher – 1h42m02s7825
2º. Dario Franchitti, Ganassi – a 0s0098
3º. Scott Dixon, Ganassi – a 0s1048
4º. James Hinchcliffe, Newman/Haas – a 0s3007
5º. Ryan Hunter-Reay, Andretti – a 0s4040
6º. Oriol Servia, Newman/Haas – a 0s6806
7º. Wade Cunningham, Sam Schmidt – a 0s7020
8º. Ryan Briscoe, Penske – a 0s7895
9º. Buddy Rice, Panther – a 1s0011
10º. Danica Patrick, Andretti – a 1s0076
11º. Townsend Bell, Dreyer & Reinbold – a 1s1767
12º. Graham Rahal, Ganassi – a 1s2320
13º. Charlie Kimball, Ganassi – a 1s7795
14º. Dan Wheldon, Sam Schmidt – a 2s0668
15º. Takuma Sato, KV – a 2s1166
16º. Vitor Meira, Foyt – a 2s4294
17º. Tony Kanaan, KV – a 3s0101

18º. Mike Conway, Andretti – a 3s4607
19º. Will Power, Penske – a 6s4970
20º. JR Hildebrand, Panther – a uma volta
21º. James Jakes, Dale Coyne – a duas voltas
22º. Pippa Mann, Rahal Letterman Lanigan – a três voltas
23º. EJ Viso, KV – a oito voltas

Não completaram:

24º. Bia Figueiredo, Dreyer & Reinbold – 165 voltas (acidente)
25º. Simona de Silvestro, HVM – 141 voltas (mecânico)
26º. Alex Lloyd, Dale Coyne – 140 voltas (acidente)
27º. Marco Andretti, Andretti – 140 voltas (acidente)
28º. Dillon Battistini, Conquest – 124 voltas (abandono)
29º. Helio Castroneves, Penske – 34 voltas (mecânico)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *