IndyCar: Graham Rahal vence no Texas

O norte-americano Graham Rahal (Rahal Letterman Lanigan) venceu na noite de sábado (27/08), o GP do Texas, no Texas Motor Speedway. O canadense James Hinchcliffe (Schmidt Peterson Motorsports) e o brasileiro Tony Kanaan (Chip Ganassi Racing) completaram o pódio.

Marcada originalmente para a noite e sábado (11/06), a prova foi adiada para o dia seguinte, devido a uma forte chuva. Mas no domingo, depois de 71 voltas completadas, a chuva retornou, obrigando o adiamento da prova. Remarcada para a noite de sábado (27/08).

As primeiras 71 voltas foram marcadas pelo fortíssimo acidente entre os norte-americanos Josef Newgarden (Ed Carpenter Racing) e Conor Daly (Dale Coyne Racing). Os dois não participaram do recomeço da prova.

Após 76 dias, a prova recomeçou (como 14ª etapa da temporada) com o carro de segurança a frente dos carros (alinhados na mesma posição da hora da paralisação). Na 74ª volta, a bandeira verde foi agitada, com Hinchcliffe em primeiro.

Sem nenhuma bandeira amarela, Hinchcliffe dominava a prova, deixando a liderança apenas nas paradas nos boxes, para reabastecimento e troca de pneus.

Na 213ª volta a primeira bandeira amarela foi agitada. O neozelandês Scott Dixon (Chip Ganassi Racing) e o norte-americano Ed Carpenter (Ed Carpenter Racing) se tocaram, com Dixon batendo forte na barreira de proteção da curva um. Carpenter continuou na prova, em segundo lugar.

Na 224ª volta, pouco depois da relargada, a amarela foi novamente agitada. Carpenter tocou no brasileiro Hélio Castroneves (Team Penske) na curva quatro e rodou. Com o britânico Max Chilton (Chip Ganassi Racing) tendo que ir para a grama para não bater. Castroneves foi obrigado a entrar nos boxes, com a equipe reparando o carro aos poucos durante a amarela, para não perder a volta.

A terceira e última amarela aconteceu na 232ª volta. O russo Mikhail Aleshin (SMP Racing Schmidt Peterson Motorsports) rodou na curva quatro, acertando o britânico Jack Hawksworth  (AJ Foyt Enterprises).

A prova recomeçou na 240ª, de 249 voltas programadas. Hinchcliffe liderava, seguido por Kanaan, Rahal e o francês Simon Pagenaud (Team Penske).

Nas cinco voltas finais, Hinchcliffe e Kanaan fizeram um duelo roda a roda, com Rahal logo atrás. No começo da volta final, Rahal superou Kanaan na curva dois e foi para cima de Hinchcliffe na curva seguinte.

Rahal e Hinchcliffe cruzaram a linha de chegada, separados por apenas 0s0080. Rahal liderou apenas a volta final, contra 188 voltas na liderança de Hinchliffe.

A última vez que um piloto havia vencido, liderando apenas a volta final, havia sido Hinchcliffe no Brasil em 2013.

Pagenaud terminou em quarto, seguido por Castroneves e o norte-americano Charlie Kimball (Chip Ganassi Racing).

O colombiano Carlos Munoz  (Andretti Autosport), o australiano Will Power  (Team Penske), o colombiano Juan Pablo Montoya  (Team Penske) e o francês Sébastien Bourdais  (KVSH Racing) fecharam os dez primeiros.

Pagenaud lidera o campeonato com 529 pontos, 28 a mais do que Power.

A próxima etapa, no Watkins Glen International, acontece no dia 04 de setembro.

Final:

1    Graham Rahal    Rahal Letterman Lanigan    Dallara/Honda    248 voltas em 2h29m24s8886
2    James Hinchcliffe    Schmidt Peterson Motorsports    Dallara/Honda    0.0080s
3    Tony Kanaan    Chip Ganassi Racing    Dallara/Chevrolet    0.0903
4    Simon Pagenaud    Team Penske    Dallara/Chevrolet    0.4773
5    Helio Castroneves    Team Penske    Dallara/Chevrolet    9.3424
6    Charlie Kimball    Chip Ganassi Racing    Dallara/Chevrolet    1 volta
7    Carlos Munoz    Andretti Autosport    Dallara/Honda    1
8    Will Power    Team Penske    Dallara/Chevrolet    1
9    Juan Pablo Montoya    Team Penske    Dallara/Chevrolet    2
10    Sebastien Bourdais    KVSH Racing    Dallara/Chevrolet    2
11    Alexander Rossi    Andretti Herta    Dallara/Honda    2
12    Marco Andretti    Andretti Autosport    Dallara/Honda    3
13    Ryan Hunter-Reay    Andretti Autosport    Dallara/Honda    3
14    Gabby Chaves    Dale Coyne Racing    Dallara/Honda    3
15    Max Chilton    Chip Ganassi Racing    Dallara/Chevrolet    5

Abandonos:

16    Mikhail Aleshin    Schmidt Peterson Motorsports    Dallara/Honda 232 voltas
17    Jack Hawksworth    AJ Foyt Enterprises    Dallara/Honda 228   
18    Ed Carpenter    Ed Carpenter Racing    Dallara/Chevrolet 224   
19    Scott Dixon    Chip Ganassi Racing    Dallara/Chevrolet 212   
20    Takuma Sato    AJ Foyt Enterprises    Dallara/Honda 161   
21    Conor Daly    Dale Coyne Racing    Dallara/Honda 43
22    Josef Newgarden    Ed Carpenter Racing    Dallara/Chevrolet 42   

Campeonato:

1    Simon Pagenaud    529
2    Will Power    501
3    Tony Kanaan    416
4    Helio Castroneves    415

5    Josef Newgarden    406
6    Scott Dixon    397
7    Graham Rahal    394
8    James Hinchcliffe    392
9    Carlos Munoz    382
10    Charlie Kimball    361
11    Ryan Hunter-Reay    348
12    Alexander Rossi    346
13    Juan Pablo Montoya    345
14    Sebastien Bourdais    334
15    Mikhail Aleshin    301
16    Takuma Sato    275
17    Marco Andretti    273
18    Conor Daly    263
19    Max Chilton    219
20    Jack Hawksworth    191

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *