IndyCar: Helio Castroneves vence em Edmonton

O brasileiro Helio Castroneves (Penske) venceu neste domingo (22/07) o GP de Edmonton, no Canadá, 11ª etapa da temporada. Foi a segunda vitória de Castroneves no ano e 27ª na categoria. O japonês Takuma Sato (Rahal Letterman Lanigan) e o australiano Will Power (Penske) completaram o pódio.

O canadense Alex Tagliani (Bryan Herta Autosport), saindo da 4ª posição do grid, fez uma grande largada, e superou o pole-position, o escocês Dario Franchitti (Ganassi), assumindo a ponta.

Sem nenhuma bandeira amarela, Tagliani dominou a prova, mantendo a ponta nos dois primeiro períodos de pit stops. Na 51ª volta, Castroneves, que vinha em 2º, entrou nos boxes, para a sua última parada. Na volta seguinte foi a vez de Tagliani entrar nos pits, com Power assumindo temporariamente a liderança.

No retorno a pista, Tagliani acabou sendo superado por Castoneves na curva um. Com a parada de Power nos boxes, na 53ª volta, o brasileiro assumiu pela primeira vez a ponta. E de forma definitiva.

Sato superou Tagliani na curva cinco, na 54ª volta. Nas duas voltas seguintes, Power e o norte-americano Graham Rahal (Ganassi), também ultrapassaram Tagliani.

Sato começou a diminuir a vantagem de Castroneves, que usando na hora certa o “puss to pass” suportou a pressão do japonês nas nove últimas voltas. No final Castroneves venceu com 0s8367 de vantagem sobre Sato.

Após a decepção de receber a quadriculada em 2010, e levar uma punição controversa por bloqueio (e cair para 10º), Castroneves pode comemorar a vitória na pista de 2,224 milhas, montada em um aeroporto da cidade canadense.

Power, que alinhou em 17º por ter trocado o motor (punição de dez posições), fez uma grande prova, e completou o pódio. Rahal terminou em 4º, seguido por Tagliani (líder em 49 voltas) e Franchitti.

Líder do campeonato, o norte-americano Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport), que fez a pole, mas também levou uma punição dez posições por troca de motor, foi o 7º. O australiano Ryan Briscoe (Penske), o inglês Justin Wilson (Dale Coyne) e o neozelandês Scott Dixon (Ganassi), outro punido por troca de motor, fecharam os dez primeiros. Dixon comemorou 32 anos.

Entre os demais brasileiros, Rubens Barrichello (KV Racing) terminou em 13º e seu parceiro de equipe, Tony Kanaan na 18ª posição.

Tagliani liderou 49 voltas (1-25/28-51), Castroneves 22 (54-75), Power três (27/52-53) e Briscoe uma (26).

A melhor volta foi do norte-americano Josef Newgarden (Sarah Fisher Hartman): 1m17s3629 (103,491 mph) na 67ª volta.

Foram apenas dois abandonos, ambos por problemas mecânicos. O inglês James Jakes (Dale Coyne) na 43ª e o espanhol Oriol Servia (Panther/Dreyer & Reinbold Racing) na 65ª.

A prova teve 75 voltas e 1h38m50s9294 de duração. Nenhuma bandeira amarela foi agitada (a primeira vez desde Portland em 2007, ainda pela ChampCar).

Hunter-Reay lidera o campeonato com 362 pontos. Castroneves passou para 2º com 339, seguido por Power com 336. 

A próxima etapa acontece no dia 05 de agosto, em Mid-Ohio.

Final:

1º. Hélio Castroneves (BRA/Penske-Chevrolet) 75 voltas
2º. Takuma Sato (JAP/Rahal Letterman-Honda)
3º. Will Power (AUS/Penske-Chevrolet)
4º. Graham Rahal (EUA/Chip Ganassi-Honda)
5º. Alex Tagliani (CAN/BHA-Honda)
6º. Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi-Honda)
7º. Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Chevrolet)
8º. Ryan Briscoe (EUA/Penske-Chevrolet)
9º. Justin Wilson (ING/Dale Coyne-Honda)
10º. Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi-Honda)
11º. Mike Conway (ING/A. J. Foyt-Honda)
12º. James Hinchcliffe (CAN/Andretti-Chevrolet)
13º. Rubens Barrichello (BRA/KV-Chevrolet)
14º. Marco Andretti (EUA/Andretti-Chevrolet)
15º. Sébastien Bourdais (FRA/Dragon-Chevrolet)
16º. EJ Viso (VEN/KV-Chevrolet)
17º. Josef Newgarden (EUA/Sarah Fisher-Chevrolet)
18º. Tony Kanaan (BRA/KV-Chevrolet)
19º. Charlie Kimball (EUA/Chip Ganassi-Honda)
20º. Simon Pagenaud (FRA/Schmidt Hamilton-Honda)
21º. J. R. Hildebrand (EUA/Panther-Chevrolet)
22º. Ed Carpenter (EUA/Carpenter-Chevrolet)
23º. Simona de Silvestro (SUI/HVM-Lotus)

Não completaram:

Oriol Servià (ESP/DDR Panther-Chevrolet)
James Jakes (ING/Dale Coyne-Honda)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *