IndyCar: Helio Castroneves vence GP do Japão

O brasileiro Helio Castroneves (Penske) venceu neste domingo (19/09), o GP do Japão, em Motegi, penúltima etapa da temporada. Foi a segunda vitória consecutiva de Helio. O escocês Dario Franchitti (Ganassi) foi o 2º, seguido pelo australiano Will Power (Penske).

Saindo na pole-position Castroneves manteve a ponta na largada, seguido pelo parceiro de equipe, o australiano Ryan Briscoe. Na segunda volta o belga Bertrand Baguette (Conquest) perdeu o controle do carro na entrada da segunda curva, batendo no muro e acionando a primeira bandeira amarela da prova.

Na 11ª volta a prova recomeçou. Pouco depois Franchitti passou Briscoe, pelo segundo lugar, atrás de Castroneves.

A segunda amarela aconteceu na 44ª volta, com a rodada do britânico Alex Lloyd (Dale Coyne). Os pilotos aproveitaram para fazerem a primeira parada nos boxes, para reabastecimento e troca de pneus. Power diminuiu o ritmo antes de a amarela ser agitada oficialmente, caindo para a 10ª posição.

Na 68ª volta aconteceu o acidente mais forte da etapa. O brasileiro Mario Moraes (KV Racing) vinha sozinho quando perdeu o controle do carro, acertando violentamente o muro da curva dois, deslizando até parar no gramado interno. O piloto foi retirado do carro, pela equipe de resgate, consciente e colocado em uma maca. Reclamando de dores nas costas o piloto foi levado a um hospital, para exames, sendo liberado sem nenhum ferimento.

Mais uma vez os pilotos aproveitaram para mais uma parada nos boxes, antes da bandeira verde ser agitada. O brasileiro Raphael (de Ferran Dragon) e o japonês Hideki Mutoh (Newman/Haas), com uma estratégia diferente, não entraram nos pits, assumindo as duas primeiras posições.

Na relargada Castroneves foi ultrapassado por Franchitti e Briscoe, caindo para 5º. Não demorou e a dupla da Penske superou o atual campeão, reassumindo o comando da prova com as paradas de Matos e Mutoh nos boxes.

A quarta bandeira amarela foi provocada pelo raspada no muro do canadense Paul Tracy (Dreyer & Reinbold) na saída da curva quatro na 116º volta. Mais uma parada nos pits para os pilotos e desta vez Castroneves manteve a ponta no retorno a pista. Logo depois a prova recomeçou.

Com 16 voltas de atraso, Lloyd provocou mais uma amarela ao bater no muro. Na sequencia de paradas nos boxes Power ganhou três posições, assumindo a quarta posição, atrás de Castroneves, Franchitti e Briscoe.

A relargada aconteceu na 167ª volta, com Power ultrapassando Briscoe pouco depois.

Castroneves manteve o domínio nas voltas finais, com Franchitti muito pressionado por Power, que a quatro voltas do fim fez a última tentativa de superar o escocês. Os dois colocavam mais uma volta na venezuelana Milka Duno (Dale Coyne), quando Power tentou a manobra, sem sucesso.

Líder em 153, das 200 voltas, Castroneves venceu com 4s5 de vantagem sobre Franchitti. Power foi o 3º.

Briscoe terminou em 4º, seguido pela norte-americana Danica Patrick (Andretti Autosport) e o neozelandês Scott Dixon (Chip Ganassi). O brasileiro Tony Kanaan (Andretti Autosport) terminou em 7º com o norte-americano Graham Rahal (Newman/Haas) na 8ª posição. O norte-americano Ryan Hunter-reay (Andretti Autosport) e o britânico Dan Wheldon (Panther) fecharam os dez primeiros.

Entre os pilotos japoneses Takuma Sato (KV Racing) foi o 12º duas posições a frente de Mutoh. Norte-americano, de origem japonesa, Roger Yasukawa (Conquest) terminou em 20º.

O brasileiro Vitor Meira (A.J.Foyt) chegou em 17º, seguido por Matos.

Castroneves se tornou o recordista de voltas lideradas na categoria, com 3487, 59 a mais do que o norte-americano Sam Hornish Jr (atualmente na NASCAR, mas com possibilidades de retornar a Indy em 2011).

Power lidera o campeonato com 587 pontos, doze a maias do que Franchitti. Castroneves é o 3º com 501.

A última etapa acontece na noite de sábado (02/10) no oval de Homestead, em Miami.Final:

1.  Helio Castroneves Penske 200 voltas
2.  Dario Franchitti Ganassi  + 4.5746
3.  Will Power Penske + 5.0743
4.  Ryan Briscoe Penske + 6.4825
5.  Danica Patrick Andretti + 7.6057
6.  Scott Dixon Ganassi + 8.3641
7.  Tony Kanaan Andretti + 9.4093
8.  Graham Rahal Newman/Haas + 11.7163
9.  Ryan Hunter-Reay Andretti + 12.2125
10.  Dan Wheldon  Panther + 12.4720
11.  Marco Andretti  Andretti + 15.5007
12.  Takuma Sato KV + 16.0693
13.  Alex Tagliani  FAZZT  + 17.6774
14.  Hideki Mutoh Newman/Haas + 18.2811
15.  EJ Viso KV  + 18.7349
16.  Justin Wilson Dreyer & Reinbold  + 19.4293
17.  Vitor Meira Foyt + 20.1047
18.  Raphael Matos De Ferran Dragon + 21.2346
19.  Milka Duno Dale Coyne + 3 voltas
20.  Roger Yasukawa Conquest + 5 voltas

Abandonos:

Alex Lloyd Dale Coyne  131 voltas
Paul Tracy Dreyer & Reinbold  114 voltas
Simona de Silvestro HVM  85 voltas
Mario Moraes KV 66 voltas
Bertrand Baguette Conquest 1 volta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *