IndyCar: Helio Castroneves vence no Texas

O brasileiro Helio Castroneves (Penske) venceu na noite deste sábado (08/06), o GP do Texas, em Fort Worth, nos EUA, oitava etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Castroneves no ano e 28ª na categoria. O norte-americano Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport) e o brasileiro Tony Kanaan (Andretti Autosport) completaram os três primeiros.

Com uma estratégia perfeita de pit stops (fez um a menos do que os rivais), em uma prova com apenas três bandeiras amarelas antes da metade, Castroneves venceu com 4s6919 de vantagem sobre Hunter-Reay.

O brasileiro ultrapassou o norte-americano Marco Andretti (Andretti Autosport) na 96ª, liderando as 132 voltas restantes. A Penske retardou ao máximo a segunda parada de Castroneves. No momento exato da parada, a bandeira amarela foi agitada.

Com a prova em bandeira verde desde a 122ª volta, Castroneves parou pela última vez nos boxes, para reabastecimento e troca de pneus na 175ª volta, uma antes de Hunter-Reay. O atual campeão, também com três paradas liderou 35 voltas.

Castroneves é o sétimo vencedor diferente em oito provas disputadas. Foi a sua quarta vitória no Texas Motor Speedway (2004, 2006, 2009 e 2013). 

Kanaan foi o terceiro, com a estratégia de paradas diferente dos dois primeiros. Parou pela quarta e última vez, na 198ª  volta.   

O norte-americano Ed Carpenter (ECR) terminou em quarto. Ele protagonizou o momento mais inusitado da prova, quando após deixar o pit uma luva do mecânico que fazia o ajuste da asa dianteira, ficou presa no carro. Carpenter deu várias voltas com a luva presa, tendo que retornar aos boxes, para retirá-la.

O norte-americano Marco Andretti (Andretti Autosport), que liderou 57 voltas, mas tinha a estratégia de paradas diferente de Castroneves e Hunter-Reay, foi o quinto. O escocês Dario Franchitti (Ganassi) com uma volta a menos, fechou os seis primeiros.

Pole-position, o australiano Will Power (Penske) terminou em sétimo, seguido pelo norte-americano Josef Newgarden (SFR). O canadense James Hinchcliffe e o venezuelano Ernesto Viso, ambos da Andretti Autosport completaram os dez primeiros.

Apenas dois pilotos abandonaram. A britânica Pippa Mann (Dale Coyne) e o neozelandês Scott Dixon (Ganassi). Mann ficou parada na pista, acionando a primeira bandeira amarela. Dixon ficou lento e provocou a segunda. Ele levou o carro para os boxes, os mecânicos tentaram recolocar o carro na prova. Contudo após o motor estourar e jogar fumaça preta no rosto dos mecânicos, o neozelandês desistiu.

A última amarela foi provocada pela rodada do espanhol Oriol Servia, que estreava pela Panther, na 113ª volta. Ele foi guinchado e retornou a corrida.

A relargada final aconteceu na 122ª volta. Foram mais 106 voltas em bandeira verde.

Castroneves assumiu a liderança isolada do campeonato, com 22 pontos de vantagem sobre Andretti.

A próxima etapa acontece em Milwaukee, no dia 15 de junho.

Final:

1. (6) Helio Castroneves, Dallara-Chevy, 228 voltas

2. (3) Ryan Hunter-Reay, Dallara-Chevy, 228
3. (13) Tony Kanaan, Dallara-Chevy, 228
4. (9) Ed Carpenter, Dallara-Chevy, 228
5. (2) Marco Andretti, Dallara-Chevy, 228
6. (4) Dario Franchitti, Dallara-Honda, 227
7. (1) Will Power, Dallara-Chevy, 227
8. (7) Josef Newgarden, Dallara-Honda, 227
9. (12) James Hinchcliffe, Dallara-Chevy, 227
10. (5) EJ Viso, Dallara-Chevy, 227
11. (21) Takuma Sato, Dallara-Honda, 227
12. (10) James Jakes, Dallara-Honda, 227
13. (23) Simon Pagenaud, Dallara-Honda, 226
14. (18) Sebastian Saavedra, Dallara-Chevy, 226
15. (20) Justin Wilson, Dallara-Honda, 226
16. (22) Simona De Silvestro, Dallara-Chevy, 226
17. (8) Charlie Kimball, Dallara-Honda, 226
18. (24) Tristan Vautier, Dallara-Honda, 225
19. (16) Oriol Servia, Dallara-Chevy, 225
20. (15) Sebastien Bourdais, Dallara-Chevy, 224
21. (17) Graham Rahal, Dallara-Honda, 223
22. (14) Alex Tagliani, Dallara-Honda, 223
23. (11) Scott Dixon, Dallara-Honda, 61
24. (19) Pippa Mann, Dallara-Honda, 2

Classificação do Campeonato:

1) Helio Castroneves 259 pontos
2) Marco Andretti 237
3) Ryan Hunter-Reay 232
4) Tony Kanaan 195
5) Takuma Sato 194

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *