IndyCar: Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé terá exibição de caça antes da corrida deste domingo

Modelo A-1 AMX fará manobras logo após a execução do Hino Nacional Brasileiro

A Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé proporcionará ao público que for ao Anhembi assistir à corrida deste domingo, às 12h30, uma exibição com o caça aéreo modelo A-1 AMX. A operação acontecerá logo após a execução do Hino Nacional Brasileiro e será comandada pelo Tenente Figueiredo, que virá da Base de Santa Cruz, no Rio de Janeiro.

O modelo, um projeto binacional de Brasil e Itália, é de produção nacional, fabricado pela Embraer. Com velocidade máxima de 1160 km/h e de cruzeiro de 950 km/h, o A-1 AMX, que pesa 6.700 quilos, fará um voo sobre o circuito com duração de três a quatro minutos.

Para domingo, o planejamento é que o caça faça um rasante sobre o Sambódromo, a uma velocidade aproximada de 650 km/h, com altitudes variando entre 152 e 91 metros, respeitando as margens de segurança do local.
A distância da Base Aérea de Santa Cruz até o Anhembi é de 306 quilômetros, e o percurso será feito em pouco mais de 19 minutos, em uma velocidade de cruzeiro. E em linha reta.

Reconhecimento e ataque ao solo são as funções do caça, que já foi usado pela Itália em missões em Kosovo (1999) e Líbia (2011). Desde 2009, parte da frota italiana fica no Afeganistão.

O Brasil conta com 56 aviões desse modelo, divididos entre Rio de Janeiro e Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Os caças são utilizados em treinamentos de guerra, além de participação em Operações Ágata, de combate a crimes nas fronteiras. A aeronave é equipada com dois canhões DEFA de 30 milímetros, e até 3.800 quilos de mísseis, bombas e foguetes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *